06 fevereiro, 2008

Para mais tarde recordar...

" A amizade pode muitas vezes desenvolver o nosso sofrimento e duplicar a nossa dor ou não fosse a amizade um sinónimo do amor."

13 comentários:

  1. Mas entao que amizade e essa e que amor e esse???

    ResponderEliminar
  2. Pensadora,

    Compreendo a tua questão mas, a verdade, é que a amizade (a verdadeira, a genuína)não deixa de ser, para mim, uma forma de amor.

    O verbo “amar” em persa tem o mesmo significado que “ser amigo”. Quando se diz “Eu te amo”, numa tradução literal será “te considero um amigo”

    Thaty Costa disse uma vez: "Amizade verdadeira é assim... ama sem cobrar... nem precisa que seja recíproca... a amizade na íntegra, apenas sente o querer bem, sempre. Só se ama e ponto! Na verdade... a verdadeira amizade, é uma outra forma disfarçada do amor."

    Por seu turno, Lord Byron afirmou: "A amizade é o amor sem asas" enquanto Aristóteles disse que: "A amizade é uma alma com dois corpos."

    Finalmente, Deng Ming-Dao defendeu, mais ou menos, a ideia de que os verdadeiros amigos, as pessoas realmente ligadas não precisavam de ligação física. Por isso é quando se reencontravam, mesmo depois de muitos anos afastados, a amizade continuava tão forte como sempre.

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Ni...considero a amizade uma forma de amor. O que nao consigo entender e a razao dessa amizade causar sofrimento!?

    Tenho amizades genuinas e sei que o sao exactamente porque nao me causam sofrimento!

    Defendo o que Aristoteles e Deng Ming-Dao afirmao...para mim a amizade genuina e uma alma com dois corpos assim como o amor. So que no amor existe a paixao,o desejo sexual e assim deixa de ser so amizade.Talvez por isto Lord Byron disse que "a amizade e um amor sem asas".

    Quanto a Tathy Costa...trocaria a palavra amizade por a palavra bondade,caridade e ai sim faz sentido dares sem esperares que te deem de volta, caso contrario...vais sofrer.

    Lembro-me de um dia dizeres que tinhas aprendido a nao confundir a amizade com o amor...porque foi assim que perdeste um amigo...mas sinto que sofres exactamente por esta razao. Desculpa se me engano.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Pensadora,essa amizade que está em questão é a única amizade que eu conheço e reconheço.
    Tal como acontece com o amor, a verdade é que o termo "amizade" é muito confundido, vulgarizado..

    Tal como o amor, um amigo verdadeiro não nasce de um dia para o outro, leva muito tempo, se não anos..
    E é por isso é que os amigos verdadeiros são tão raros, porque nem toda a gente tem capacidade e paciência para investir numa verdadeira relação de amizade..

    Quando eu disse que: "A amizade pode muitas vezes desenvolver o nosso sofrimento e duplicar a nossa dor ou não fosse a amizade um sinónimo do amor.", queria com isso dizer que quando "amamos" verdadeiramente um amigo acabamos, nas horas infelizes, por sofrer também com ele!
    Um amigo não suporta ver o seu amigo sofrer..e sofre também com ele!
    Vou te confessar uma coisa, na minha vida tenho o previlégio de ter 2 amigos assim e quando me sinto em baixo ou magoado,tenho a reacção instintiva de esconder isso desses meus amigos.
    E porquê poderás perguntar tu?
    Porque sei que se os meus amigos sentem que eu estou a sofrer, vão se sentir preocupados e também vão sofrer por minha causa...e eu como amigo que sou, não quero de modo nenhum que os meus amigos sofram por minha causa..
    Percebestes a ideia?

    É amizade...é amor...
    Porque para mim a amizade não é mais se não outra forma de amar!

    Pensadora, esse tipo de amizade está ao alcance de todos nós mas para isso temos que ser suficientemente corajosos para abrir sem desconfianças as portas do nosso coração e dar uma oportunidade há quem deambula por aí e procura um amigo tal como nós..

    Bjs amigos.(Porque um noivo que se preze não se deve limitar a levar-te ao céu apenas no aspecto fisico...)

    :-)

    ResponderEliminar
  5. O Pensador antecipou-se e disse o que eu iria dizer pelo que pouco mais posso acrescentar.

    Contudo, e pegando na parte final do comentário da Pensadora, direi que, de facto, já confundi esses dois sentimentos e com isso perdi um amigo. O problema é que a linha que separa esses dois sentimentos é muito ténue e num momento de maior fragilidade pode ser ultrapassada. Mas estamos a falar de sentimentos e não de uma ideia e/ou projecto que possa ser racionalizado. Eu, pelo menos, tenho algumas dificuldades de racionalizar sentimentos e emoções. Não posso dizer que não possa cair no mesmo erro. Apenas posso afirmar que não sofro com o erro que cometi. Porquê? Porque não me arrependo de ter ultrapassado aquela linha. Apesar de tudo, valeu a pena o antes e durante.

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Pensador..quando dizes que tens a reacao instinta de esconder dos teus amigos os teus sentimentos de tristeza queres dizer que acabas por nao dizer ou ignoras o instinto?

    ResponderEliminar
  7. Tento esconder , mas na maioria das vezes eles acabam por se aperceber e sou obrigado a desabafar.
    (Mandamento nº1 - Nunca mentir a um amigo)

    Pensadora, um instinto pode ser controlado mas nunca ignorado..

    Bjs

    (Ps: Hoje fico apenas por cá e amanhã estou no "loiras")

    ResponderEliminar
  8. Pensador,
    Fiquei contente de saber que confias nesses teus amigos o suficiente para desabafares o teu sofrimento porque os amigos sâo para os bons e os maus momentos.

    Como muito bem disseste...um amigo vai sentir quando nâo estas bem e é nesse momento de desabafo que a amizade se solidifica e dá origem aquela amizade que dura anos mesmo quando não se vêm esses amigos.

    Tenho a sorte de ainda hoje ter esses amigos que sabem que não importa seja o que for eu estou là para eles e vice versa.

    Inicialmente, não concordei inteiramente com o teu texto dado ao uso da palavra 'desenvolver' pois esta involve a ideia de que o sofrimento que possa existir em ti aumente ao teres uma amizade,mas esta tua explicacao..."queria com isso dizer que quando "amamos" verdadeiramente um amigo acabamos, nas horas infelizes, por sofrer também com ele!"...fez toda a diferenca! :)

    Ps.Deixo aqui o que eu considero a receita para o comecço de uma amizade... Não trates o próximo de uma maneira que não gostarias que ele te tratasse a ti! :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Desculpa lá, mas tens mais um desafio lá no meu canto...

    Bjs

    ResponderEliminar
  10. É caraças...ó gentes...vocês andam um bocado sofridos porra!!!

    Amizade e amor são para mim sinónimo de algo positivo. Já o sofrimento e a dor...

    Tal como disse à Ni...isso é a vida!!! Já sabemos que nem tudo é um mar de rosas, né? É gozar isto que é realmente muito bom e não levar a coisa demasiado a sério...

    Abração

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."