02 março, 2008

Como fazer uma mulher feliz

Está a decorrer uma discussão deveras interessante no cantinho desta gente maravilhosa que na sua reconhecida e admirável ausência de inteligência, decidiram de forma oportuna colocar um post a debater os requesitos minimos indispensaveís que um homem deve possuir para conseguir fazer uma mulher feliz.

O post até parecia bastante objectivo e conciso, com um "copy-past" perfeito (sem emendas nem rasuras) e alguns retoques pessoais de qualidade feitos pelo autor (nomeadamente a tradução de espanhol para português e a publicação de algumas imagens sugestivas perfeitamente enquadradas no conteúdo do post), mas a discussão que se gerou à volta deste tema revelou-se ser desde logo interessante no momento em que, entre os seus honrados comentadores, surgiu de forma extremamente eufórica um comentário delicioso que tomo agora a inteira liberdade de transcrever:

«..Pensador, não podias estar mais enganado. Põe esta obra prima da mãe natureza à minha frente que eu digo-te o que é uma mulher satisfeita...»

A emoção mergulhou nas profundezas da minha alma e forçou-me a sorrir...
Apercebi-me facilmente naquela hora que estava a testemunhar o maior tratado filosófico alguma vez concebido por uma mulher.
Quanta sabedoria!...quanta sublimidade!...quanta ciência!...quanta sapiência!...quanta...
Acreditem que a minha vida nunca mais será a mesma depois disto...

Acho até que só voltarei a erguer-me quando deixar de me sentir esmagado perante tanta pureza de raciocínio...

Mas até lá, na minha qualidade de amante confesso de um bom debate e porque sempre que posso gosto de contribuir de forma humilde para o desenvolvimento saudável de uma boa discussão, lembrei-me de apresentar também eu um exemplo ilustrativo de outra obra prima da natureza, que, a guiar-me pela expressão de contentamento estampada na face da mulher que se encontra visivel na imagem, demonstra possuir todos os condimentos necessários para deixar também ela...muitas mulheres satisfeitas...


De repente ocorreu-me uma dúvida..
Alguma vez cheguei a contar-vos de que também eu fui abençoado pela mãe natureza com um sentido de humor extremamente delirante?

Hummm......

5 comentários:

  1. Meu querido Pensador,

    Já tinhas a obrigação de me conhecer minimamente....

    Não sei se reparaste bem no termo utilizado "satisfeita" que é diferente de "feliz"...

    :-)))

    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Mas qual é a dúvida, meu amigo?!
    Essa é que te esqueceste de dizer...AHAHAH

    Ah, e só para que conste...acho que acabaste de meter a cabeça no cepo novamente...AHAHAHA

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. O que já é normal, não é verdade?


    :-)))

    Beijitos

    ResponderEliminar
  4. É CARAPAUUUUUU!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."