04 junho, 2008

O mau aluno

Quando no mês passado foram divulgadas as deliberações finais do chamado "Apito Final" que como toda a gente bem sabe, são o resultado dos processos disciplinares que foram instaurados pelo CD da Liga Portuguesa de Futebol Profissional a 3 grandes clubes de futebol que participam na 1ª Liga, na sequência do processo judicial por corrupção no futebol que decorre nas barras dos tribunais, vulgo "Apito Dourado", ocorreu-me de imediato uma observação engraçada.
- Já? Hummmm!...isto tem de certeza água no bico!

Não era por nada, mas pareceu-me de todo improvável que o CD da Liga (apesar de ter lá um jurista de renome, mas a verdade é que em Portugal toda a gente é de renome...até os arrumadores de carros!) conseguisse trabalhar mais depressa que os tribunais judiciais.
E ainda por cima em tempo recorde!!!
- Anda a equipa da Morgado desde há 3 anos sem conseguir rigorosamente nada e este génio conseguiu descobrir a caverna do Ali-Baba sozinho?
Hummm...ou é de mim ou alguém vai ficar com o rabo a escaldar e não vai ser o Pinto da costa...
A minha suspeita acabou por ficar ainda mais vincada após tomar conhecimento que o Ricardo Costa, presidente do CD da Liga e maior responsável pelo desenlace do "Apito Final" era Benfiquista.

- Eu vi logo...Mais um que deve ter deixado o coração ultrapassar a razão...

E na verdade até senti um misto de graça e de intriga..
Como é que podem deixar um Benfiquista julgar questões que envolvem o F.C. Porto?
Podemos nós acreditar na isenção do seu estatuto de Jurista?
Sim! poderíamos de facto confiar nela (porque competência já prefiro não me pronunciar..) caso ele exercesse as suas funções no mundo judicial...mas jamais no mundo do Futebol!!!

E poderão vocês dizer: Mas ele é ou deve ser ajuramentado!
Sim, acredito que seja...mas os policias também o são e no entanto o que não falta por ai é Policias presos na cadeia!

Portanto, acabei por ficar na expectativa de saber a que bom porto (sem ser o clube castigado ou o vinho) este barco poderia chegar.
Hoje as noticias que nos chegam na imprensa, já mostram alguns sinais do que está na eminência de acontecer.
Nomeadamente, parece-me que vai ser algo assim deste género:



Acontece que o F.C.PORTO (ou Pinto da Costa, o que acaba por ser igual) pediu um parecer a 4 reputados juristas portugueses ( Sim, eu sei...por aqui parece que também somos todos "Reputados" menos uma mulher chamada Carolina cujo esforço pessoal permitiu-lhe ficar sem o "Re" e com o "dos" ligeiramente afastado..) e entre os mesmos, parece que surgiu um assinado por Manuel da Costa Andrade que não é mais senão Professor Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, e cuja argumentação logrou arrasar por completo toda a credibilidade do trabalho desenvolvido pela comitiva do Ricardo Costa.
Este parecer tem uma maior relevância porque foi assinado pelo homem que outrora foi um dos professores do próprio Ricardo Costa e visa essencialmente o trabalho realizado pelo mesmo, acabando por rotula-lo de certa forma como sendo uma espécie de "Mau Aluno".

A minha parte preferida é quando Manuel da Costa Andrade entende que "O acordão da Liga valorou o princípio da presunção de culpa, e não o da presunção de inocência".

Ohhhh!..Não me digam!...Um Benfiquista que presumiu que o Pinto da Costa era culpado....

Quem diria.....

2 comentários:

NI disse...

Subscrevo, na íntegra, o parecer do Prof. Dr. Vieira Andrade, que tive o privilégio de ter como Professor.


Bjs

O pensador disse...

Vieira de Andrade??
De certeza que é o mesmo?

:-)