11 agosto, 2008

"Pareceres" nada feitos ao acaso...

«..Parecer de Freitas do Amaral em livro..»

A ser essa, a ideia até que foi bem concebida.

Se um livro de fofoca como o da Carolina Salgado já conseguiu vender em terras lusitanas mais de 100 mil exemplares, é sinal de que existe neste país um mercado extremamente faminto por tudo o que seja Anti-Pinto-da-Costalhice mesmo que não passe de um simples nicho de suposições ou meras opiniões especulativas.
Logo...considerando que no pior dos cenários ele só tenha a sorte de vender uns míseros 10.000 exemplares (Ele até pode ser uma personalidade conhecida mas também não vamos fazer dele um Pablo Neruda ou um Oscar Wilde...) , representará sempre - no mínimo dos casos - uma receita extraordinária a rondar os 50.000 euros que lhe vai seguramente retirar algum tédio na caixa.
De seguida, se somarmos a este valor os 60.000 euros que ele vai receber da Federação Portuguesa de Futebol pelos seus serviços prestados em prol da comunidade benfiquista ao elaborar o dito parecer, será caso para se dizer: Hey Bicho!...Mas ca ganda pinta este Gajo!!

E também chegámos facilmente à conclusão que mesmo assim, o Pinto da Costa apesar de ser muito odiado, ainda consegue ser o abono de família de muita gente...

Sem comentários: