12 outubro, 2008

Façamos um minuto de silêncio...

...Em memória deste esperado, mas tão triste chumbo no parlamento português, dessa tão grande causa humanitária, causadora de paixões avassaladoras, impulsionadora fulgurante das gerações futuras, principal depositária da esperança humana para uma vida melhor, factor determinante para o saudável desenvolvimento do mundo, motor indiscutível da procriação em catadupa e alvo predilecto do mais acérrimo e elevado interesse público, que é ( e continuará a ser durante os próximos anos para muitos rabetas camuflados deste mundo) o casamento Gay...



A minha Trollitada:

Pensador - Ó Trollitas!...Parece que o casamento Gay não conseguiu passar no parlamento.
Decidamente, a luso-política, ainda continua muito longe de mostrar-se interessada na causa homosexual, mas o crescimento gradual deste fenómeno não deixa de ser, de certo modo preocupante. Não concordas?
Trollitas - Mas o crescimento do quê? Das Fufas ou dos Rabetas??...
Pensador - Ambos. Quer-se dizer, as fufas ainda se percebe. Olhando às cenas que os homens fazem e a cambada de burros que anda por ai, até eu dava em fufa se fosse mulher, mas os rabetas...
Trollitas - Os rabetas são um fenómeno governamental.
Pensador - Fenómeno Governamental???
Trollitas - Sim!...São um exemplo materializado da Lei física do "Causa, consequência".
Passo a explicar..
Em Portugal, desde o nascimento da sua história, que a monarquia e os vários governos que ocuparam a cadeira do poder, tem forçado os portugueses a levar sucessivamente no bujão.
Primeiro foi doloroso, depois o povo resignou-se, depois, mesmo que a muito custo, lá conseguiu habituar-se, com o passar dos anos começou a gostar, depois viciou-se e agora...bahhh!....e agora estão a querer casar, normal não?

4 comentários:

Bird disse...

:))))

Tu tens cada uma!!!
Realmente dizem que só custa à primeira...

O pensador disse...

Prefiro morrer na ignorância!...hehehe

:-)))

NI disse...

Acho que vou sair de mansinho....


:-)

O pensador disse...

Pois...primeiro entra e só depois é que sai de mansinho....

:-)))))