14 outubro, 2008

"Olha para o que eu te digo e não olhes para o que eu faço"...

D. António Marto, actual bispo responsável pela diocese de Leiria-Fátima e um dos homens fortes da Igreja Católica Portuguesa declarou em conferência de imprensa, que nos dias de hoje, tornou-se imperioso "rever os sistemas de remuneração e gratificação dos dirigentes de instituições financeiras", porque, no seu entender, são " verdadeiramente escandalosos" e contribuíram incisivamente para o nascimento da actual crise financeira que afecta diariamente o mundo inteiro.

O tipo não está a falar mal, não senhor. Mas ainda assim confesso que gostaria muito de poder lhe fazer esta pergunta um dia:

- Ó D. António, os ordenados dos dirigentes bancários são de facto extremamente escandalosos, já o são desde há muitas décadas mas só agora parecem estar a incomodar algumas pessoas, só que diga-me lá uma coisa!...
Na sua opinião, uma Basílica construída por 80 milhões de euros, toda paga com donativos do povo e que tem no seu interior um painel de 500 metros quadrados em oiro e terracota, não acha também, assim um tanto ou quanto pró escandaloso? Ou talvez um pouco exagerado quiçá??

(Ps:Sei que é claramente muito mais fácil encontrar uma agulha num palheiro, do que obter da sua parte, uma resposta coerente para esta questão, mas alimento a esperança, de que algum dia, você veja este post e se aperceba, que, já muita gente se deu conta, que afinal, o esvaziamento gradual das igrejas e o aumento constante de protestantes, agnósticos e ateus neste país, não são seguramente uma partida do demónio e muito menos uma obra do acaso. Não! Na verdade tem apenas a vossa exclusiva assinatura!)

4 comentários:

pinxexa disse...

Ai penasador desculpa mas vais-me permitir alongar-me um cadinho neste post!
O meu querido Padre Marto, meu professor na Faculdade, que bem sabe vê-lo por aqui...
Acredito que ele não tivesse resposta para te dar até porque não me parece possível existir uma resposta que acalme nosso espírito perante tamanha grandeza num país tão sofredor como o nosso! Não há razões! Apenas opções que, na minha opinião, não foram correctas!
Mas olha que ele bem tentaria explicar, com toda a sabedoria e honestidade que lhe reconheço, ah isso tentaria! Acredita que o gostavas de ouvir. É um doce de pessoa!
Bem haja Senhor Bispo, meu querido Padre Marto, pelas palestras tão enriquecedoras que tinhamos e pelo único 18 que tive na faculadade!!!!
:-)

NI disse...

Bem me parecia que tantos elogios ao Padre Marto trazia água no bico. Ahahahahahahah

MAs concordo com o Pensador.

:-)

Sadeek disse...

Pensador...meu menino...é por estas e por outras que te tenho em tão grande consideração (ok, és do Porto...mas ninguém é perfeito...).

Já agora podemos aproveitar e falar dos tectos do Vaticano... ;)

Hipócritas de merda....digo eu...( e com isto talvez tenha hipotecado a entrada no paraíso, não?!)

ABRAÇOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

O pensador disse...

Pinxexa, Não tens que pedir desculpas. Na verdade, as tuas palavras até me fizeram gostar mais do homem. De qualquer forma a Trollitada não visava particularmente este homem, mas sobretudo todo este conceito moderno que reveste actualmente a igreja católica em si.

bjs

Nina, tu ultimamente andas a concordar muito comigo...hehehehe

Sadeek, Haverá seguramente outras oportunidades para denunciar um leque de hipocrisias nascidas no seio da igreja católica.
Mas por respeito à Pinxexa, preferia resguardar-me e poupar o D. António Marto à caústicidade de outras considerações que teria todo o gosto em colocar...
Abs