23 novembro, 2008

Quem vem "Com curso" não precisa de "Concurso"..

«..O filho do presidente da Câmara de Cascais, António Capucho, foi nomeado director municipal de Ordenamento e Planeamento Estratégico daquela autarquia..»

Trollitada:

- Toponímicamente falando, não há dúvidas de que "Capucho" (Cá puxo) parece assentar na perfeição ao pai, mas já ao filho, se calhar, teria sido melhor ideia baptizá-lo de "Cachucho" (Cá chucho)...

6 comentários:

  1. Sempre é preferível que assumam que se trata de uma "cunha" do que andarem com concursos fictícios porquanto já existem vencedores antecipados mesmo antes da prestação de provas.

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Tenho de concordar com a Ni. E assim evitam-se as desculpas esfarrapadas como "habilitações não coincidentes com o cargo a desempenhar" ou "excesso de habilitações para o cargo a desempenhar" como eu ouvi!!

    ResponderEliminar
  3. É portugal....e o homem até pode ter ganho de forma limpa mas à mulher de César não basta sê-lo, certo?!

    Dasseeeee....

    ResponderEliminar
  4. Os concursos já eram... agora só há amigos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. E eu que sou desse Concelho nem sabia de uma escandaleira dessas!

    O look do teu blog está o máximo Pensador! (leia-se com sotaque à tia de Cascais!!) loll

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."