28 dezembro, 2008

Não sei se repararam que..


...Aquela imagem que ficou publicada no post abaixo deste, não foi nada mais nada menos, senão...euhhh...uma forma vanguardista de cunho ateísta, agnóstica ou deísta (Para vos dizer ao certo, nem eu sei bem o que sou!) para vos desejar a todos um grande e feliz Natal.(Oram digam lá se não tenho bastante jeito para disfarçar os meus esquecimentos, hein!?)
Aliás, Feliz Natal seria cosa pouca...eu diria antes, Feliz dia da Família!
Sim, porque o verdadeiro sentido do Natal, e o seu maior valor, reside na forma como essa cerimónia simboliza a importância da Família.
E tudo o que defende o valor da Família...só pode ser coisa boa!

Cá em casa anda tudo aos pulos, claro (Pudera!), nem sei como é que a cama ainda consegue se manter de pé, e antes que haja algum tarado sexual a desembocar neste espaço através da Google, por vias daquilo que acabei de dizer, acho bem salientar o facto de estar a referir-me aos pulinhos de alegria que os meus filhos deram na minha cama quando vieram me mostrar - efusivamente - os presentes que receberam do Pai Natal.
Já agora, para quem ainda não souber, o Pai Natal sou eu.(Sempre tive ares disso...)
A minha Jolie também deu alguns pulos (Vestida de Mãe Natal, que querem?...Cada qual tem o seu fetiche...hehehe), mas escuso-me a dar mais pormenores ou poderia dar azo a que o dito "tarado" saísse daqui a extasiar de felicidade, e, eu cá sou um homem de respeito.( Com alguns cabelos no peito...)

Não vou nomenclaturalizar os presentes que foram distribuidos, até porque este ano foi particularmente difícil para nós (Moi e ma Jolie) e aqui na Net é sabido que somos todos Doutores bem abastecidos, estando por isso, longe de mim a ideia, de passar uma imagem menos abonatória à meu respeito ou dar sequer um ligeiro ar de roto.(Até porque o termo "roto" conduz sempre a outras designações pouco recomendáveis)
Sei apenas vos dizer que fomos cobertos de muitos miminhos e muitos beijinhos!!
E agora a famosa dúvida:
Mas porque razão recebemos nós tantos beijinhos, se quem deu os presentes foi o Pai Natal?????
Hummmmmmm.....tenho a sensação esquisita de que algo está a escapar-me por aqui...

Mas que interessa a razão? O que interessa realmente, é que nos soube mesmo bem....hehehe
Espero de todo o coração, que com vocês, também tenha sido igual.

E agora...música maestro!

1 comentário:

  1. Entao recebe mais um beijinho, sem til porque em Espanha é assim.

    :-)

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."