28 janeiro, 2008

Ainda sobre a Natalidade..

Tal como tinha prometido (.. e embora tenha demorado de caralho..) venho por esta via contribuir um pouco mais para este debate deveras apaixonante (qualquer discussão sobre fazer filhos leva-nos sempre a pensar no acto em si..) sobre a baixa taxa de natalidade que tem sido uma das maiores características das sociedades de todo o mundo em geral e do nosso país em particular.

Tentemos pois (mesmo que não passe disso...) analisar as causas/origens deste fenómeno.
Creio de que é uma ideia bem assente para todos nós de que os valores sociais mudaram drasticamente.
E quando se fala em valores,refiro-me essencialmente ao novo estatuto que a mulher veio ocupar na sociedade que conhecemos.
Mas vamos por partes!
Numa época cultural não muito distante da nossa, o papel da mulher era visto no nosso país quase da mesma forma que é visto actualmente nos países fundamentalistas islâmicos.
A diferença é que por cá, nunca chegou a ser obrigatório usar-se uma Burca...(Mas se calhar não devia faltar por cá quem sentisse o desejo de lhes impor essa aberração..)
A verdade é que só os homens tinham verdadeiramente valor e os seus direitos consagrados.

Salazar era uma personagem antiquada e bastante retrograda mas ainda assim era suficientemente inteligente para saber que o seu modelo social/politico seria totalmente aniquilado caso houvesse uma emancipação da mulher.
É uma hipocrisia, eu sei, mas basicamente a ideologia Salazarista (Novamente à semelhança dos países fundamentalistas islâmicos..) sobreviveu durante largos anos graças à exploração/escravidão feminina, que obviamente era do inteiro agrado dos homens.(Quem não gosta de ter um saco de boxe pessoal lá em casa para despejar o stress e as frustrações do dia a dia?)
Mas paradoxalmente fazia-se filhos com farturinha!!...
É verdade!...era muito comum ver famílias muito numerosas e algumas chegavam mesmo a ter 20 filhos!

Mas como é possível? Perguntam vocês.
Como é possível que numa época de extrema miséria e fome (e muito ouro no Banco de Portugal..), tivessem a infeliz ideia de fazer tantos filhos para alimentar,vestir e cuidar??




Os portugueses sempre foram pródigos para criar estes paradoxos, aliás...ainda hoje os cria!! Basta para isso que nos perguntemos como é possível sermos o povo mais mal pago da Europa e no entanto só vemos o pessoal com carros topo de gama, telemóveis sempre de última geração, roupas de marca, casas repletas de luxo, etc..etc...(e o frigorifico vazio..)

Mas a resposta até nem é assim tão difícil de obter e para isso basta apenas que analisemos com atenção.
Primeiro temos que nos relembrar que as mulheres não tinham qualquer poder de decisão, logo a maternidade não era encarada como sendo uma opção mas sim uma obrigação que girava exclusivamente em volta da vontade do marido.
No fundo, ela era considerada como se fosse apenas o forninho onde se metia o pãozinho para cozer.(pois..mas o pior é que também derivado a isso, o "pãozinho" nem sempre era da casa..)
De seguida, existia um certo "comodismo" social que fazia as pessoas partir de um pressuposto, quanto a mim errado, de que se devia fazer muitos filhos para coloca-los a "servir" (trabalhar) logo aos 8/10 anos de idade, afim de ganharem dinheiro para os respectivos pais e garantirem desse modo a sua sobrevivência. (Quanta gente não ficou rica explorando os filhos!)
Quem não gostasse tinha o cinto como alternativa!..
Pensavam eles também desse modo (por causa do tal "cinto"..) que quanto mais filhos tivessem, maiores seriam as hipóteses de mais tarde (quando eles fossem velhos) um filho sentir pena e cuidar deles na derradeira etapa da vida.
Por fim, existe uma razão fundamental que foi a principal causadora da alta natalidade de outrora e da baixa de agora.
De seu nome: Analfabetismo!

Não duvidem minha gente, o Analfabetismo é o principal responsável pela variação dos índices de natalidade de qualquer país do mundo.
Se olharem para o gráfico que publiquei em cima, poderão facilmente verificar que quanto mais um pais é analfabeto, maior será a sua população!
Não era por acaso que no passado o Salazar não queria desenvolver demasiado o ensino, facultando ao povo apenas uma vertente muito básica do mesmo.
E através disto muita gente poderá compreender também a razão que o levava a proferir aquela conhecida citação:"Um povo culto é um povo infeliz ".(Para a felicidade dele...entenda-se...)

Passemos pois, a minha conclusão.
Não considero que de hoje em dia as pessoas estejam mais egoistas, frivolas, individualistas e que só pensam num plano puramente materialista.
Considero sim é que as pessoas sentem mais amor aos filhos!!

Passo a explicar:
A alfabetização de um povo não é apenas o maior carrasco das ideologias politicas nacionalistas, como também é o maior inimigo de toda e qualquer religião existente na terra.
Ora..o analfabetismo fazia com que as pessoas acreditassem (sem ousarem questionar!) de que a vida era uma dádiva de Deus.
Só que a alfabetização trouxe o conhecimento e a cultura, e esses 2 factores levaram as pessoas a questionarem-se, a analisarem mais seriamente a parametragem da vida e do mundo.
O conhecimento leva as pessoas a afastarem-se dos preceitos religiosos.
O conhecimento origina um turbilhão de perguntas e uma sede de respostas!
E o argumento de "acreditar sem ver e sem questionar" já não satisfez e deixou de ter a sua habitual influência.

As pessoas depressa se aperceberam de que a vida ao invés de ser uma dádiva, é uma condenação.

E quando existe amor, quem é o pai ou a mãe que quer condenar um filho?
Vejam bem como está o nosso mundo!
Isto está assustador lá fora!!
....reina o medo, a insegurança, mortes, tragédias, droga, violações, assassinatos, pedofilia, abusos de toda a ordem, fome.....

Não podemos confiar em ninguém!! Muitas vezes nem sequer na nossa própria família!!
Vamos trazer um filho para um mundo destes??
Para ele passar o mesmo que nós ou pior??

Porquê? Para quê? Em nome de quem? Com que sentido?

Acredito que todos vós conseguiram perceber onde eu quero chegar.
As pessoas estão cada vez mais a evitar de ter filhos, porque deixaram de acreditar no futuro ...e porque no intimo delas... também devem desejar que isto acabe de uma vez por todas...

Obrigado pela vossa paciência..

Os espinhos da indiferença...

Para uma amiga especial...


"Se a indiferença provém de quem amas,tenta conhecê-la mais profundamente e aprende a amá-la.."

18 janeiro, 2008

Um peidinho em pantufas...

Isto já se passou em Julho do ano passado mas só agora ganhei vontade de me pronunciar sobre esta matéria.

O nosso "Malabarista" do momento anunciou no parlamento com toda a pompa e circunstância o seu fantástico e horripilante programa de apoio à família e à natalidade,que seria supostamente colocado em prática a partir de 01 de Setembro (Nessa altura ele não chegou a mencionar o Ano,o que me deixou logo apreensivo..).
Estranhamente (e para espanto do mundo inteiro) o nosso primeiro-ministro José Socrátes conseguiu mesmo cumprir a sua palavra e o dito programa começou na data prevista.
Em face disso,surgiu logo em cena as felicitações do nosso "corta-fitinhas" do momento,invadido seguramente por um momento fugaz de grande euforia,que suspeita-se ter sido provocada pelo enorme aparato do anúncio(as benesses concedidas ao povo costumam ser tão raras neste país que até os presidentes da republica saltitam de alegria quando aparece algumas..)..ou talvez... por nessa altura ele desconhecer ainda os pormenores do programa em questão.(Que será o mais certo de ter acontecido).

E como defino eu, sendo assim, a importância das medidas que foram postas em prática?
O titulo deste post já responde por mim,mas vale a pena repeti-lo para não haver lugar a equívocos.
Assemelha-se a um peidinho em pantufas!...silencioso,fugidio e extremamente fedorento!
Mais uma vez a montanha pariu um rato!
Mas verdade também seja dita,que em nenhum momento do meu viver cheguei alguma vez a esperar que este governo (a semelhança dos anteriores) fosse capaz de me surpreender!
Para surpreendermos,temos que possuir talento e engenho para o fazer e esses atributos,ao contrário do que muita gente julga,não são o género de coisas que se consegue comprar facilmente como os diplomas de engenheiro.

Mas vamos lá recordar as tais 2 medidas poderosas (Para incentivar o pessoal a fugir para Espanha,entenda-se..) que tanto orgulho provocaram no José Sócrates:

A primeira medida consiste na atribuição de uma nova prestação de abono de família, que será paga às futuras mães a partir do 3.º mês de gravidez.

«Garantido o acompanhamento médico, as mulheres grávidas, que preencham os requisitos para receber o abono, passarão a ter direito a seis meses de apoio financeiro adicional. Com esta prestação apoiaremos mais de 90 mil famílias e o valor do abono dependerá dos rendimentos. Mas para cerca de 32 mil famílias isto significará um novo apoio de 130 euros», sustentou José sócrates.

A 2.ª medida de apoio à natalidade, destina-se a apoiar as famílias mais numerosas nos segundo e terceiro anos de vida das crianças - «período em que o acréscimo de despesas é mais relevante e onde o actual abono de família é substancialmente mais baixo».
O Governo vai por isso «duplicar o abono de família, neste período de vida das crianças, para segundos filhos e vamos triplicá-los para os terceiros filhos e seguintes. Trata-se de envolver mais de 90 mil crianças e respectivas famílias num apoio social muito mais efectivo, durante um período em que isso é particularmente necessário», sustentou.


Até parece uma fortuna não parece?
E podem acreditar que eles estão plenamente convencidos de que estão a fazer um grande favor aos portugueses!
Essa gente é mesmo assim,não há nada a fazer!
É a mentalidade do "Torna-se fundamental para a sobrevivência da nossa classe, que os portugueses permaneçam sempre pacóvios"..


Mas minha gente.
No meu entender este programa de apoio do governo é tão insignificante que chega mesmo a ser insultuoso!
Não se esqueçam que estamos a falar de apoios cuja aplicação dura 24 meses no máximo e cujos aumentos rondam valores na ordem dos 20/30 euros para quem pertencer ao primeiro escalão!
E quem é que pertence ao 1ª escalão? Aquele cujo rendimento não consegue atingir 198,93 euros por mês!

Nem metade do ordenado mínimo!!

E o nosso primeiro-ministro ainda tem o desplante de dizer em pleno parlamento de que existem 32 mil famílias nessa situação??
Como pode ele sentir orgulho em dizer isso??
Quem ganha 198,93 euros por mês vai passar a ganhar mais 130,62 euros e está quase a atingir o ordenado mínimo??
É esse o orgulho do sócrates??
Essas 32 mil famílias vão começar a fazer mais filhos porque estão quase a ganhar o ordenado mínimo??


Francamente... isto entristece-me...
Mas que raio julgam eles? Que vamos continuar a ser burros toda a vida?
Que os portugueses ainda fazem filhos por amor à pátria??
Essa mentalidade já morreu!..hoje em dia a nossa família vale mais do que qualquer pátria!
Hoje são os governos que estão ao serviço das pessoas e não o contrário!
Os governantes são nossos empregados! É bom que eles nunca se esqueçam disso!!!!
Chama-se a isso:"Viver em democracia"!

Não à sério!..esta gente está mesmo a precisar de ajuda psicológica!

A Alemanha em desespero já oferece um subsidio que pode ir até os 25.ooo euros,a Espanha que já dava um abono de 100 euros passou recentemente a atribuír um "cheque-bebé" de 2.500 euros por cada nova criança nascida no país e estes tipos vem para aqui acenar com trocos???

Na pior das hipóteses,fazemos as bagagens e vamos fazer filhos para a Espanha,certo?
Mas existe um problema,depois de começarmos a conhecer e viver na Espanha,já ninguém quer voltar a Portugal!

De que nos serve voltar se os nossos filhos ficam lá?
Vamos voltar para envelhecermos sozinhos?
A pátria é a nossa família,sem ela,a nossa vida deixa de fazer qualquer sentido.


Eu não vou dizer que estou muito preocupado porque já sei de antemão o que vai acontecer em Portugal nos próximos anos e resta-me apenas aguardar que o tempo me dê razão.
Daqui a 4/5 anos os abonos vão quintuplicar e o governo irá também acenar (em desespero) um "cheque-bebé" de 3000 euros por ano!!
E porquê?
Porque nessa altura o governo terá percebido finalmente a real dimensão do problema e as consequências dramáticas que daí poderão advir.

Perceberão que um país sem filhos é um país condenado à morte!

Se não houver filhos para pagar impostos,quem vai assegurar o pagamento das futuras 7 ou 8 reformas que os deputados, gestores bancários e respectiva descendência familiar pretendem usufruir no futuro? pensarão eles.(Que sejam menos chupistas. Pensaremos nós)

Então nesse altura o "corta-fitinhas" do momento gritará do alto da sua varanda de cristal:

- Pelas almas!..pensem no futuro de Portugal!

E responderá o povo:

- Assim faremos...quando vocês pensarem no futuro dos nossos filhos!!!

A minha trollitada:

MisterX - Não percebo!...se o nosso governo está assim tão preocupado com a baixa taxa de natalidade,porque não segue ele o exemplo da Espanha e passa a atribuir um prémio de pelo menos 1000 euros por cada nova criança nascida em Portugal?

Trollitas - É simples!... Porque o dinheiro não chega para tudo e o governo vai precisar muito dele para subsidiar os abortos...

16 janeiro, 2008

Quanto a morte passa a valer mais do que a vida..


Afinal eles desistiram da proposta para fazer um filme....


"Parece que os McCann já só admitem vender a sua história à imprensa!!"


Não...não vou cair na tentação de especular.
E não o faço porque esta matéria é demasiado sensível para ser analisada de forma simplista.
Não o faço porque a minha actual opinião não se baseia em factos concretos..
Não o faço porque não se brinca com os sentimentos de quem sofre..
Não o faço porque me faltam argumentos sólidos para o fazer.

Apetecia-me tanto Falar.. Desabafar...Protestar!...Desabafar os meus protestos!!
Mas não o farei.
Não o farei para alimentar a minha fé...
Fé de que possa ver um dia...este sorriso renascer.
Fé de que possa ver um dia... as estrelas cintilarem nestes olhinhos verdes.
Fé de que possa ver um dia... o sol ser ofuscado por estes cabelinhos loiros.

Fé de que eu esteja errado...

Como eu gostaria de vê-la saltar sobre as dunas e correr contra o vento.
Como eu gostaria de vê-la fustigar as gaivotas que tranquilamente repousavam na areia.
Como eu gostaria de vê-la confessar os seus segredos às ondas do mar..
Como eu gostaria de vê-la sonhar..

Como eu gostaria....

...de ouvir-te chorar pequena Maddie...

13 janeiro, 2008

Tão simples como a felicidade...

Hoje,foi mais um dia em grande!
Como o tempo desta feita estava tendencialmente chuvoso e não tinha ares de querer melhorar,sentimos dentro de nós como que um apelo súbito e irresistível que nos convidava a passarmos uma emocionante tarde em família no conforto do nosso doce lar.
Mal a noticia foi oficializada,o meu filho mais velho não se fez de rogado e com toda a esperteza que lhe reconheço,apareceu-nos num abrir e fechar de olhos com uma das prendas que tinha recebido no Natal.


O brilho que reluzia nos seus lindos olhos era tão intenso que me senti incapaz de o desiludir.
- Grande ideia filhote! As vezes até parece que lês o meu pensamento.
(Ele adora quando eu digo isso e eu adoro vê-lo adorar...)

Colocamos o Trivial Pursuit Junior na mesa e entrámos imediatamente em acção!
Já sabia que ia encontrar perguntas muito difficeis...hehehe...mas como sempre me reconheci como sendo uma pessoa muito aplicada (Gaba-te cesta!),não temi,pedi um copo de água com açúcar e senti-me preparado para dar o meu melhor.
A primeira pergunta fez-me quase cair da cadeira!..mas como felizmente não estava armado em nenhum Salazar,consegui suportar os efeitos do impacto inicial e já com os pés bem firmes no chão,consegui manter (com muito custo) o meu equilíbrio.
O tema era desporto e a pergunta era mais ou menos assim:

- O estádio de futebol do F.C.Porto chama-se "Estádio das Antas","Estádio do Dragão" ou "Estádio Pinto da Costa"?

Hesitei um bocadinho...
Nunca pensei que o grau de dificuldade dum Trivial Pursuit Junior já fosse assim tão elevado...hehehe...
Os meus olhos quase a chorarem de rir,estavam prestes a denunciar-me,mas como também sei ser um bom actor quando vejo ser necessário (Eu como actor e o Zé Cabra como cantor),contive as minhas lágrimas e respondi em jeito de engano:

- Estádio das Antas!....não!...não!...que digo eu?...enganei-me!...é estádio do Dragão!

De pronto surgiu a resposta que eu pretendia.

- Não,não!...é tarde!...não podes te enganar!..perdeste...hehehe...


O meu filho ficou feliz e eu senti-me orgulhoso de mim.

E foi desta forma que lá conseguimos passar uma tarde magnifica.O meu filhote ganhou 8 partidas,mamãe ganhou 3 e Paipai ganhou uma...(Yupie aí aí,yupie yupie aí aí!)
Por fim e Já por volta das 16h30,a mamãe querida esmerou-se e preparou uma bela Pizza para toda a família lanchar.(família essa que estranhamente se multiplica por 3 nesses momentos,apesar de continuarmos a ser o mesmo número de pessoas!)
E nesse quadro gravado para a eternidade,lá figuramos nós comendo,rindo e cantando em família.

Para quê complicar quando é tão simples ser feliz....

11 janeiro, 2008

Mas qual é a mulher que consegue aturar um homem destes?



Pois é,pois é...Hoje,por insistência do meu dentista (a 7ª para ser mais concreto), fui obrigado a tirar uma radiografia à minha placa dentária.
Eram 18 horas quando entrei na Clínica e como já vai sendo usual acontecer nessas ocasiões,apanhei um frete tão grande na sala de espera (apesar de ter uma consulta com hora marcada) que acabei mesmo por adormecer sentado num banco e com a cabeça encostada à parede.
São 19h30 e finalmente alguém resolve chamar por mim.
Sigo a enfermeira,tiro o casaco numa cabine,entro num consultório,cumprimento a Doutora,olho para o seu decote generoso que ficou acidentalmente exposto quando ela se baixou,coloco o meu queixo no aparelhómetro indicado,abro a boca,encosto a minha fronha contra o visor,olho para o decote generoso da enfermeira que também ficou inadvertidamente exposto quando se debruçou à minha frente,fecho a boca, tiram-me a chapa e passado mais 2 minutos sou literalmente despachado.
- Já??? (Exclamei eu).. Isto é sempre assim tão rápido? (Perguntei eu)..Não é mesmo preciso mais nada? (Lamentei eu).
- Agora devem querer fazer um "coffee-break" de 20 minutos até chamar o próximo,né? (PENSEI,EU!!!...nada de enganos,ok?).


Bem,mas ao menos já tinha resolvido a minha vida e assim ia conseguir chegar a tempo de ajudar a minha mulher à preparar o jantar,limpar os quartos,fazer as camas,lavar a cozinha,dar banho às crianças,meter a roupa a lavar na máquina,estender no arame aquela que já estava lavada, limpar a casa de banho e engomar alguma peças de roupa.(Esperem!...isso já sou eu a delirar um bocadinho..)
Sei que de repente o meu telemóvel toca.
Era a minha chérie!


L - Amor,ainda vais demorar muito?
P - Não linda,estou quase a vir-me!
L - Parvinho! Fala a sério!
P - Ok,ok!.. está bem...estava a brincar,não estou nada a vir-me!
L - (Alguns segundos de silêncio) Falta muito para vires embora?
P - Não princesa,podes abaixar as cuecas que já vou a caminho.
L - (suspiro ou pareceu-me ouvi-la suspirar) Olha...eras capaz de fazer algo?
P - Tudo coração,é só pedires!
L - No caminho,podes tentar arranjar 2 pepinos e 1 kg de tomates?
P - Precisas de pepinos e tomates? Mas quê,eu não sou suficiente para ti??
L - Tu hoje estás mesmo demais....anda-lá! Vou fazer um assado no forno e queria fazer uma salada para acompanhar. Consegues arranjar isso no caminho?
P - No caminho não,tenho que ir à loja ou ao Modelo.
L - Para de brincar,caramba!...estou cheia de fome,sabias?
P - Já vou paixão!! vou o mais rápido que posso!...podes aquecer o forno que não tarda vês-me a entrar por aí adentro!!
L - Tu não existes......


Hein?..Que foi que eu disse??

10 janeiro, 2008

As 1000 palavras de uma imagem...

Imagino a comichão e os arrepios que este dedo do Katsouranis deve ter provocado na comunidade Gay...


...e então aquela mãozinha do Maxi Pereira no cuzinho do luisão!!....Xiiiiiiiiiiii!!!!!!!! Ganda Maluca !!!!



(Ps: E o nº 99 não faz lembrar um gajo a enrabar outro? com um pouco de óleo "ESSO" para ajudar a escorregar melhor??...pronto..pronto...OK! desisto!!)

08 janeiro, 2008

Vejam-me só esta rica prenda...

E eu que pensava que ninguém conseguia ser mais feio do que a Lili Caneças!!
Acreditem...já vi muita coisa esquisita na minha vida mas confesso que este ou esta (ou lá o que isto seja!) José Castelo Branco consegue bater aos pontos todas as aberrações que vi até hoje..
Analisando ao pormenor esta foto que foi publicada na revista "Caras" diria que só lhe falta mesmo pendurar umas luzinhas à volta para parecer um pinheiro de Natal!

A Betty por sua vez,parece quase uma múmia que foi retirada recentemente do sarcófago!!!

E então,como não podia começar o ano sem proferir uma burrice fresca e original,presenteou o país com aquilo que já promete ser a maior parvoíce do ano!..da década!!..do século!!!

«..Aos 45 anos, já atingi a perfeição..(..)..sinto-me perfeito interior e exteriormente..(..)..Sempre me soube renovar e considero-me uma Fénix ..»

Um estrondo,não é? Uma das figuras mais ridículas e mais gozadas de Portugal considera-se perfeito.
E não é que ele tem razão?? Posso procurar no mundo inteiro que estou certo que vai ser difícil de encontrar um anormal tão perfeito!!

Mas isto as vezes chateia um bocadinho..
Se não bastasse aturar as pancadas do patrão e do governo,também temos que ser constantemente maltratados pela imprensa?
Só aparece disto nas revistas??
Em vez de aparecer fotos de gente optimista, risonha,alegre,interessante,enfim... bonita!! para alegrar a malta e fazer crescer um pouco o nosso baixo astral,somos confrontados com esta cambada de trombudos??
Será que em Portugal não existe gente bonita???

Será que estamos condenados a ser constantemente bombardeados com Castelos Brancos,Bettys Grafstein,Lili Caneças e Duques D.Duarte??

Credo!!!...que gente mais sisuda!!..parece uma loja de horrores!!

Por favor,tirem-me deste filme!!

A minha trollitada:

Mister X - Porquê que eles usam uns gorros tão grandes na cabeça?

Trollitas - Não sei...deve ser para esconder as joias quando passarem novamente no aeroporto da Portela...

06 janeiro, 2008

Porquê na mesa? Não seria bem melhor se fosse em si próprio???




Grande manchete que apareceu hoje no jornal "A Bola" em referência à reacção ainda quente do actual presidente do Benfica após ver a sua equipa ceder nos derradeiros minutos mais um frustrante empate (1-1) diante da formação do Setúbal.

«..Vieira vai dar murro na mesa..»

O quê???Só agora???
Mas o quê que deu ao homem? Lembrou-se de acordar finalmente??
Terá ele perdido as esperanças na Carolina e no "apito dourado"?
Será mesmo verdade??
Ele vai mesmo olhar para a equipa???

Caramba!! Agora que estava tudo a correr tão bem,ele lembrou-se de estragar tudo!!!

Será que ele vai tentar meter disciplina na equipa?
Será que ele vai pedir ao Camacho para pôr a equipa toda a correr um bocadinho para que ela perceba finalmente o significado do termo "Suor"?
Será que em vez de passar o ano inteiro à pensar na "fruta" do Pinto da Costa (alguém deve lhe ter dito que era uma banana e nunca mais conseguíu tirar essa ideia do pensamento...),vai começar a reparar nos "paus secos" que não dão quaisquer frutos em benefício do clube??

Espero bem que não! Isso poderia fazer com que o Benfica voltasse a ganhar campeonatos!!

Mas só nos resta aguardar ansiosamente pelo desenrolar desta tragédia e pelas cenas dos próximos capítulos...

A minha trollitada:


«(Pinto da costa): Bravo Vieira!..tens sido de uma grande utilidade para mim e um portista de excelência! Continua a gerir o Benfica desta forma e para o ano ganhas o Dragão de Ouro!»

04 janeiro, 2008

A atribulada vida dos famosos


A noticia apareceu ontem nos principais jornais diários portuguesas e acredito que a mesma só venha dar continuidade à polémica que foi criada à volta da suposta Homossexualidade do famosissimo actor Tom Cruise desde que o mesmo ficou nas luzes da ribalta em resultado da sua participação no mítico "top-gun"(asas indomáveis).
O referido actor ameaçou processar o escritor britânico Andrew Morton (conhecido por ter escrito a controversa biografia da falecida princesa Diana) caso se concretize os rumores de que o mesmo se prepara para insinuar no seu novo livro que a orientação sexual do actor norte-americano era Gay.

Parece que o escritor
contratou o ex-astro do cinema Pornográfico Gay Paul Barresi,que hoje exerce funções de detective privado,para conseguir provas inegáveis sobre a alegada homossexualidade do actor,mas pelos vistos as conclusões finais de Paul Baressi não foram do seu inteiro agrado, já que o mesmo após 5 anos de investigação afirmou não ter obtido qualquer indicio de que o Tom Cruise fosse Gay.
É verdade minha gente!!!
Paul Barresi, o mesmo homem que há 20 anos atrás chocou o mundo do cinema quando afirmou ter tido um "affair" de 2 anos com o mediático actor John Travolta (que lhe valeu um processo por calúnia e o deixou teso!) e que actualmente está a escrever uma biografia pessoal (Pellicano's Enforcer) onde relata as relações "intimissimas" que ele jura ter mantido com nada mais nada menos do que Tom Cruise, Antonio Banderas, Eddie Murphy, Sylvester Stallone, Arnold Schwarzenegger, Randy Travis, Garth Books e Andréa Boccelli entre outros (Chiça!! Como pôde ele se esquecer do João Baião e do Luis Goucha?), vem agora dizer que tem a certeza absoluta que o Tom Cruise é muito macho!!
Quer-se dizer...jura que dormiu com ele no passado mas agora afirma que ele não é rabichola!!
Hilariante....
Mas que grande detective me saiu este Barresi!!!


Enfim...

O ditado já é bem antigo mas ainda assim está cada vez mais actual:"Não deixes que a verdade venha a estragar uma boa história" e hoje em dia, o conceito de "boa história" passou a ser destruir as vidas alheias.
Para mim,este caso que envolve o actor Tom Cruise está muito longe de ser sequer um caso!

Todos nós sabemos que a maioria das pessoas envolvidas no mundo da TV,sétima arte e "show-business" possui uma orientação sexual nitidamente Homossexual ou pelo menos Bissexual!
E daí? é preciso fazer um drama por causa disso? Eles não possuem esse direito?
Será que, a confirmar-se as suspeitas de que o Tom Cruise gosta de levar no pacote de vez em quando,isso vai passar a afectar a nossa vida??
Que interesse tem isso? Não temos mais nada em que pensar?Vai encher o nosso frigorífico? Vai afectar a nossa auto-estima? Vai condicionar a nossa performance sexual?
O Andrew Morton poderá até ser um grande escritor (não o nego),mas acabou de provar ao mundo inteiro de também ser uma pessoa extremamente mesquinha!!!.

Eu estou muito longe de ser um defensor dos direitos homossexuais (aliás,a maioria das vezes até gozo com eles) mas sou suficientemente adulto para entender que uma coisa é mandar umas piadas no café,no autocarro,no metro,no local de trabalho ou na Internet ...e outra coisa é escrever-mos um livro cuja única finalidade seja fazer juízos de valor e explorar as possíveis fragilidades de um ser humano para de seguida obter benefícios próprios à conta delas.

Por isso...só espero que um dia o Andrew Morton venha a ser também ele envolvido numa actividade sexual "embaraçosa" e sinta in persona a agonia de ser destruído pela sua própria mesquinhez!!

01 janeiro, 2008

Chegou 2008!!!

Apesar das tormentas e tempestades que assolam o mundo inteiro...




Este ano promete ser muito interessante...




Seguramente que não faltarão motivos para festejar...



Nem luzes para abrilhantar a nossa vida...



Mas para isso... temos que saber dedicar um pouco do nosso tempo,das nossas energias e atenções naquilo que consideramos verdadeiramente importante para a nossa vida...




Ainda por cima...parece que o ar vai ficar mais puro por estas bandas...


Por isso SORRIA!!!


.....e acredite no futuro!!!!!!!!!!!!

White side and black side of the moon...

Donald Trump and Pope Francis represent the white side and the dark side of the moon...  Trump is smilling and Pope Francis seems a l...

Para recordar...