14 janeiro, 2011

Homo...fobias...Parte II



Pior do que ser homofóbo, acho que só mesmo ser Português.
Gente, não pretendo ofender ninguém (pelo menos ninguém em particular...), mas o povo português deve ser seguramente dos povos mais estúpidos que habitam na face da terra. A sua estupidez consegue atingir - e ultrapassar - todas as formas possíveis do ridículo. E quando a gente pensa que ele atingiu o apogeu da idiotice, e que já não tem mais por onde evoluir, eis que ele se lembra de abrir novamente a boca e volta a dizer uma cagada ainda maior. Credo Jasuuus! É arrepiante.
A coisa chega a tais níveis que por vezes chega mesmo a ser assustador.

Vejam-me só o que esta gente - tão deprimente - se lembrou de fazer ontem...


Leram bem a notícia? Dá para acreditar neste insólito?
Quer se dizer...
Um tipo comete um assassínio, com contornos sádicos e macabros até mais não, e ainda leva com missinhas e homenagens do seu povo?
Mas o que é que esta gente tem na cabeça? Merda?
O Carlos Castro até podia ser um viperíno da pior espécie, um pervertido e velho sarnento, creio não arriscar demasiado ao dizer que a sua morte não terá causado grande tristeza para quase ninguém neste país, mas puxa!...O Renato Seabra cometeu um assassínio, carago! Um ASSASSÍNIO!!!!!!!
O que faz dele mil vezes pior do que o Carlos Castro!
Com ou sem razões, nada consegue apagar nem sequer suavizar a gravidade dos seus actos.
Ele é um homicida, minha gente! Um HOMICIDA!!!!!!

Pode um homem tornar-se um heróí, um santo, um mártír ou até um anjo, apenas por experimentar ser sodomizado por um velho e depois matar o atrevido só porque a experiência lhe causou nojo?
Homenagens a assassinos????????? Credo!!! Eu não acredito nesta porcaria!
Não admira nada que os nossos governantes e os políticos em geral tenham tão pouco respeito por nós.
Juro, Eu alucino com isto!

8 comentários:

Tinta Permanente disse...

Por aqui desculpa-se e premeia-se o crime ...

Francisco o Pensador disse...

E todo o crime que seja desculpado e premiado...acaba também por ser fomentado..

Estamos em Portugal.

S* disse...

Proteger o rapaz não faz o mínimo sentido. Da família sim tenho pena... muita pena.

Dysdaimonia disse...

Também fiquei parva...Até o padre!

maria disse...

Disseste tudo aquilo que eu penso.

Francisco o Pensador disse...

S*, Concordo contigo. Para a família, sobretudo para os pais, deve ser algo verdadeiramente trágico. Também sinto pena por eles.
Mas quem quer apoiar a familia, vai procura-los em casa e não junto à igreja de Cantanhede.

Dysdai, Acho que não só o Padre...acho que até Deus deve ter ficado parvo!

Maria, Obrigado menina. É bom saber que existe outras pessoas no mundo que partilham da nossa opinião. Volta sempre.

catarinanl disse...

Obrigada por existires!! Mesmo!
Começava a sentir-me uma louca por ser a única pessoa a dizer isso, mas afinal há mais loucos como eu que não deixam que o preconceito lhes consuma a capacidade de raciocínio.
Eu sempre achei que portugal era um país assim com umas certas pancadas... mas defender um assassino (que furou olhos e outras coisas com saca rolhas) porque a sua vítima era velho e gay é absolutamente impensável!!

Francisco o Pensador disse...

Catarinanl, não tens nada que agradecer, o prazer de "existir" é todo meu, acredita em mim....hehehe

Brincadeiras à parte, deixa-me louvar o teu comentário. Também passei a sentir-me menos só neste mundo.
Se o Renato Seabra fosse outro bicho feio como o Francisco Leitão, o que não faltaria por ai era quem o quisesse condenar sem provas e sem direito à julgamento sequer, mas como ele é bonito...e novo...e tem uma carinha laroquinha...é inocente jasuus! é inocente! Vamos todos rezar uma missinha por ele!
Mas que cambada de Pascassos!

Obrigado pela tua visita e volta sempre.
:)