05 fevereiro, 2011

Até tu Margarida?


"Caímos na asneira de o amarmos sem exigir nada em troca."
(Margarida Rebelo Pinto)

...

Não é asneira nenhuma, o amor é assim mesmo Margarida!
É gostar-se de alguém incondicionalmente, sem esperar contrapartidas e sem nunca se exigir dele nada em troca!
Para escritora podes vender muitos livros, e até reconheço-te algum jeito para fazer frases bonitas, mas em questões de amor, desculpa-me que te diga, mas...
 percebes muito pouco.


2 comentários:

NI disse...

Completamente de acordo.

Beijos

Francisco o Pensador disse...

Obrigado. sinto-me lisongeado.

:) Bjs