25 julho, 2011

Era só uma questão de tempo...


Amy Winehouse foi encontrada morta no passado sábado, na casa onde vivia em Camden, norte de Londres, supostamente vitima de uma overdose.
Cumpriu-se assim a minha profecia sobre a morte anunciada da cantora que aqui deixei transcrita neste blog em 2008 quando, falando sobre a actuação desastrada e completamente falhada que deixou na abertura do Rock in Rio em Lisboa, deu-me para descarregar isto dela:
" Muito francamente não sei o que é que o futuro reserva para esta miúda, mas se ela continuar a este ritmo, bem pode começar a escolher a cor do seu próprio caixão porque não vai conseguir aguentar mais do que 5 anos".
Confesso que nessa época estava mais inclinado para sugerir 3 anos, mas, pelo vistos, esse foi um dos raros momentos em que me deu para ser optimista. Além do mais, se tivesse acertado nos 3 anos, à esta hora acho que ficaria em muitos maus lençoís. Estúpido como o ser humano costuma (ou gosta de) ser, ainda se ia dizer por ai que a morte da Amy foi obra ou culpa minha.

12 julho, 2011

Portugal, terra de amor e fraternidade



Numa altura em que os Portugueses ainda tentavam recuperar da azia deixada pela Moody's que, como bem sabem, teve o atrevimento de avaliar como "Lixo" quase tudo o que é produzido em solo lusitano, eis que surge agora a OMS a colocar Portugal na "lista negra" dos países que mais maltratam os seus idosos.
Segundo a mesma, 39% dos idosos portugueses são vitimas de violência ou abusos diversos, sendo os mesmos perpetrados essencialmente por membros da própria família, sobretudo filhos e netos.

Quer-se dizer...
Se para uns somos "Lixo", para outros somos maus, egoístas e negligentes. Já não há mesmo nada que seja digno de orgulho ou que se possa salvar neste país?
Sem querer plagiar ninguém, permitem-me copiar o que Rui Rio afirmou há dias sobre a Moody's, e dizer que me parece bastante óbvio que a OMS não está a fazer, também ela, um trabalho sério. É sabido que nós, os Portugueses, não somos nada assim. É sabido que nós, os Portugueses, somos um povo de brandos costumes, de alma generosa, bondosa e amiga de toda a gente.
 É sabido que sabemos sempre tudo, só não percebemos é a ponta dum corno, mas isso são pormenores.

Olhem, tive uma ideia. E se a gente boicotasse também a OMS por estar a dizer essas mentiras vergonhosas?
De hoje em diante, vamos fazer sempre assim. De cada vez que aparecer alguém a dizer mal de nós, boicotamos o tipo!
Assim, podemos ficar sozinhos, mas ficaremos orgulhosamente sós.
Novamente...


"Você pode enganar algumas pessoas o tempo todo ou todas as pessoas durante algum tempo, mas você não pode enganar todas as pessoas o tempo todo." (Abraham Lincoln)

09 julho, 2011

Continuo a preferir as "Maminhas de Freira"...


Em Amarante, nada mais doce para homenagear a figura de S.Gonçalo, santo casamenteiro milagreiro e padroeiro da fertilidade, do que confeccionar uma réplica, com 21 metros de comprimento, do Doce tradicional que lhe deu fama, devido ao facto curioso de possuir a forma dum pénis.
Como é do conhecimento geral, o Doce "original" mede apenas alguns centímetros, fazendo com que a sua eficácia não esteja devidamente certificada, mas é espectável que esta versão mais "futurista" - que se propõe entrar no Guinness Book como um dos maiores Doces do mundo com forma fálica - faça crescer grandes expectativas, pelo grau de envoltura que é capaz de criar à sua volta, ajudando a combater o despovoamento cronico que aflige todas as regiões do interior.
Não sei se, no decorrer das missas dominicais, costuma haver da parte dos Padres alguma receptividade para este fenónemo, deixando escapar algumas referências aos benefícios milagrosos deste Doce, mas é muito natural que haja por ser um produto típico da região.
Mais para mais, Amarante não é Valpaços, é gente mais liberal, e logo que as "pichas" sejam todas elas doces e boas de comer e os decotes "pronunciados" não fujam da versão "Paizinho deu-me esta Burka", o padre não se ofende e não há perigo de lhes ser negada uma eventual Comunhão.

03 julho, 2011

Mas que droga!


No dia em que se assinalou o 10º aniversário da entrada em vigor da lei que despenaliza o consumo de drogas, caiu que nem uma bomba a notícia de que os jovens estão a consumir cada vez mais heroína e alucinogénios.
João Goulão, director do IDT (Instituto da Droga e da Toxicodependência) diz não conseguir entender este fenónemo (e quem diz este...), nem as razões que levaram o consumo da Cocaína a tornar-se tão comum como a Canábis, entre os jovens a partir dos 13 anos (sei-lá...assim de repente deu-me para pensar se isso não será consequência da lei que despenaliza o consumo de drogas..), mas, apesar dos resultados obtidos neste recém inquérito que revelam exactamente o contrário, está convicto de que “A toxicodependência está a diminuir em Portugal” e que este problemático aumento de jovens a meter-se nos trilhos da droga se resolve com mais um inquérito alargado a toda a população para analisar a evolução do consumo das drogas em Portugal (hahahahaha) . Para isso, aguarda-se apenas que o Estado seja capaz de libertar uma verba a rondar o meio milhão de Euros. (Vão contratar a Oprah Winfrey e o Obama para realizar o inquérito).

Ai Joãozinho, Joãozinho...
Que não percebas o suficiente da poda, isso toda a gente compreende, porque mesmo que sejas Médico de profissão e que tenhas mais de 20 anos de experiência a nível da prevenção e do tratamento da toxicodependência em Portugal, uma coisa é prevenir/tratar/cuidar de quem sofre de problemas originados pelo consumo de drogas e outra coisa é combater quem vive/enriquece à custa delas e promove a liberalização das mesmas. No entanto, confesso que não consigo perceber esse teu aparente espanto. Então não sabes que a delinquência juvenil abarca sempre o consumo de drogas e vice versa? Que resposta - satisfatória - esperarias obter de uma sociedade cujos índices de desemprego, criminalidade, delinquência, marginalização, desigualdades e inadaptações sociais, são extremamente altos e crescem cada dia mais de forma deplorável e alarmante?
Queres nos convencer de que esperavas ver, da parte dos "novos" delinquentes - filhos de pais desempregados e revoltados contra o sistema -, um pouco mais de juizo e serenidade?
Bahhh...deves ser crente, deves. Olha, vai mas é contar essa à outro!

02 julho, 2011

Toda a malta gritou, até o Padre chorou...


Foi um Mar de gente no funeral de Angélico vieira...




Trollitas - Já vistes Pensador? Diz aqui no jornal que até o Padre chorou no funeral do Angélico Vieira.
Pensador - É...por vezes as câmaras de TV conseguem provocar algumas reacções bizarras nas pessoas...sobretudo quando as mesmas estão rodeadas de actores.
Trollitas - Não sejas mau.
Pensador - Ok, como queiras. Não irei brincar mais com isso porque, para te ser franco, sinto muita pena do Angélico. Mas uma coisa te digo, se eu fosse Padre e visse toda aquele amontoado de gente, com familiares, amigos, colegas, fãs, artistas, cantores, actores e muitos outros famosos a berrar de tristeza por não estarem na 1ª fila, e só visse a Mãe e o Pai do Angélico a rezar uma "Avé Maria" pela alma dele, acho que também era capaz de chorar um bocadinho...