Seguidores

20 fevereiro, 2018

Tudo preparado para uma noticia bombástica?

Oh alegria extrema...oh felicidade louca!
Anónimos da blogosfera, mais especialmente do Shiuu e da Pipoca Mais Doce, toquem os sinos a rebate e cantem todos aleluias, preparem os bombos, as serpentinas e os foguetes, pois a boa nova chegou!

Sim...é verdade. 
Estou oficialmente gripado.
Damn it! quase que conseguia escapar este ano...


Imagem relacionada

19 fevereiro, 2018

Nas saias do Papa Francisco...

Imagem retirada daqui

José Carlos Coelho, escultor de Freamunde, em Paços de Ferreira, construiu uma estátua de granito com quatro metros de altura e nove toneladas de peso para homenagear o Papa Francisco, numa obra que demorou cerca de um ano a ficar concluída. O escultor pacense afirma-se como um admirador confesso das qualidades humanas do Sumo Pontífice e diz que esta obra teve o propósito de homenagear a "simplicidade" e "proximidade às pessoas" reveladas por ele, assim como o seu papel histórico na história recente do nosso país com a beatificação dos 3 pastorinhos de Fátima, o que é extremamente errado como propósito. Como pode a "simplicidade" de alguém ser representada por uma estátua tão grande e imponente (isso não seria antes a grandiosidade?), e como pode ela tornar-se próxima das pessoas se toda a gente irá precisar de vergar o pescoço para ver-lhe o rosto e a única coisa que consegue levar de frente é a zona dos seus genitais? Dizer que esta estátua representa a simplicidade de uma pessoa é o mesmo que dizer que a Basílica da Santíssima Trindade, em Fátima, que custou cerca de 80 milhões de Euros, também representa a pobreza, discrição e humildade. E em seguida vamos ter que levar com o quê? Com um padeiro que decide fazer um bolo com 20 metros de diâmetro para homenagear o seu desapego e abnegação? Um cozinheiro que decide cozinhar um Arroz à Valenciana dentro de uma "Paellera" com 50 metros de diâmetro para homenagear a sua sobriedade e contenção? Ou ainda uma empresa de brinquedos eróticos que decide construir um vibrador com 2 metros de comprimento e 50 centímetros de grossura com a imagem do Papa Francisco estampada para homenagear a sua castidade e abstinência? Tenham mas é juízo, isso sim!
Obviamente que José Carlos Coelho apenas pretende ganhar dinheiro e ser famoso à custa de uma figura pública, do seu trabalho, e das qualidades artísticas que manifestamente tem, mas eu sentiria mais respeito por ele se assumisse de forma clara, sem fingimentos e sem falsas demagogias, de que esse é o seu verdadeiro propósito.

18 fevereiro, 2018

Bruno de Carvalho, o "grande líder"...



Primeiro foram os responsáveis da IURD que ordenaram pediram à sua legião de fieis que fizessem um jejum de noticias para serem poupados à tristeza de ter que enfrentar a verdade que prometia revelar-se, quando se viram confrontados com as acusações vergonhosas lançadas pela imprensa de que estavam por detrás de uma rede internacional de adopção ilegal de crianças, e agora...temos o nosso querido homenzinho verde, Bruno de Carvalho, ainda presidente do Sporting - o único homem conhecido à face da Terra que possui 3 olhos e que, segundo ele, estão sempre fechados quando dorme - que lembrou-se de instar à sua legião de adeptos a fazer um boicote e manifestar o seu sentido de militância, deixando de comprar jornais desportivos, ver canais de televisão portugueses (excepto a Sporting TV), assim como o abandono imediato de todos os comentadores sportinguistas dos programas televisivos nos quais foram convidados a participar. É oficial, essa coisa da democracia é uma grande porcaria e urge combatê-la, senão mesmo matá-la de vez! Como é que os manda-chuvas das grandes instituições deste país podem continuar a fazer merda no seu dia a dia se tudo aquilo que fazem passa a ser do domínio público e pode ser constantemente avaliado por qualquer pessoa que seja que tenha meio palmo de testa? Já chega! isto tem que acabar. Abaixo a liberdade de imprensa e abaixo o jornalismo sensacionalista que não faça sensacionalismo ao Sporting! Tem que haver censura, poças! A democracia e a liberdade de expressão é muito linda mas só devia valer para um determinado universo de pessoas, e verde de preferência, nunca para toda a gente. Sim amigo Bruno, fica sabendo que podes contar comigo. Fui sensível às tuas palavras. Para mim um "boicote" não é apenas um boi a olhar para um decote, mesmo que possa sê-lo para a maioria dos 3,5 milhões de adeptos sportinguistas que dizes ter nas tuas fileiras! Quando vir um sportinguista a ler um jornal desportivo ou o Correio da Manhã, espanco-o na hora! A sério, não fico nada preocupado de que possa parecer feio, e é para o lado que durmo melhor!
Mas ainda que possa parecer-te um bocadinho egoísta da minha parte, confesso que a única coisa que me preocupa verdadeiramente é essa porra da contagem dos milhões de adeptos. Quer-se dizer, o Benfica farta-se de dizer que tem 6 milhões ou mais, o Sporting ao que parece tem 3,5 milhões, o que tudo somado dá cerca de 9,5 milhões, no mínimo, logo, o que é que vai sobrar para o meu Porto? Se somos 10 milhões de portugueses, isso quer dizer que só temos direito a meio milhão de adeptos? Mais ou menos o equivalente à população da cidade do Porto (216 mil) mais alguns que conseguimos roubar nos concelhos limítrofes? Credo! A ser verdade confesso que ficaria um bocadinho desiludido porque julgava que éramos muitos mais. E dai, se calhar até ficava contente, porque, se somos apenas 1/2 milhão e conseguimos ainda assim oferecer 110 mil sócios ao FC Porto, o que dá uma taxa de amor ao clube na ordem dos 22%, isso faz de nós (portistas) os melhores adeptos do mundo. O Benfica, por sua vez, como tem 6 milhões de adeptos e apenas 157 mil sócios, isso faz dele o pior clube do mundo na que a taxa de amor ao clube diz respeito (2,62%)....

Como se já não soubéssemos todos disso! :)))

17 fevereiro, 2018

Francisco, o "Pensador" a 20%...

...e sarcástico, brincalhão e gozão, todo o resto do tempo...

De acordo com a 3ª Lei de Newton, toda ação provoca uma reação de igual ou maior intensidade, mesma direção e em sentido contrário, e eu devo ser a constatação materializada de que essa lei é bem verdadeira...

Sei que um dia o pessoal do Shiuuuu também irá acabar por perceber isso mas até que esse dia chegue...posso sempre rir-me mais um bocado. :)


Anónimo15 de fevereiro de 2018 às 10:55

Bom dia Francisco o Pensador(!?) Já chegou com as suas teorias fantásticas!? Deve ter ando desesperadinho durante os dias em que o Shiuuuu esteve de ferias.
Estou ansiosa por ler os seus palpites!
ES

Francisco o Pensador15 de fevereiro de 2018 às 15:59

Anónimo(10:55), de facto durante o tempo todo que o Shiuuuu esteve de férias andei muitas vezes desesperadinho. Mas foi sempre nas vezes que precisava de ir à casa de banho e ela estava ocupada.
Se quiser ler os meus palpites acho que escrevi alguns no papel higiénico... :)

(Ps: Já fostes...)

(PS:Já foste...(?)) Não percebo Francisco? Já fui aonde?
Mas realmente tem razão numa coisa, 80% dos seus pensamentos estão escritos no papel higiénico e grande parte da malta descarrega o autoclismo depois do Francisco os escrever!
ES


  1. ES, quer então dizer que "grande parte da (sua) malta" passa o dia a escrever no papel higiénico cerca de 80% dos pensamentos que debito, apenas com o propósito de puxar o autoclismo e ver tudo ir pela sanita abaixo? Credo!...não me sabia tão importante...

    E os 20% que sobram servem para quê, para fazer charros comigo? :)))

    (Ps: Já foste...outra vez..)


Resultado de imagem para já fostes

Vejam a discussão toda aqui.

15 fevereiro, 2018

Francisco no império dos sentidos...

Resultado de imagem para bouquet

Ontem foi um dia formidável. Mal acordei, fui logo coberto de muitos beijinhos pela minha chérie. Não porque ela tencionasse fazer-me uma surpresa para abrir em grande o dia de S. Valentim, mas sim para agradecer-me a surpresa que recebeu quando se levantou de manhã e dirigiu-se à cozinha. Na véspera tinha deixado sobre a mesa um enorme bouquet de rosas dentro de uma jarra e uma caixa de bombons de chocolate da Ferrero Rocher que ela tanto adora, devidamente equipados com um cartãozinho anexado onde se podia ler:"Bom dia Princesa! Feliz dia de S. Valentim. Isto é apenas um aperitivo, mas não te esqueças que logo à noite eu vou ter que ser a sobremesa!". Pelo vistos ela gostou da mensagem e para mim isso era óptimo. Adoro quando a minha mulher fica feliz e bem disposta porque o retorno nesses dias costuma ser também igualmente bom. Fui trabalhar, um dia de trabalho normal como qualquer outro, mas desta vez parecia-me que as horas não passavam e o dia nunca mais acabava. Seria ansiedade de ver o Porto jogar contra o Liverpool? É que eu sentia uma vontade brutal de marcar golos. Até que, mais ao menos a meio da tarde, fui invadido por um pensamento persistente. E se eu levasse a minha chérie a jantar fora? É verdade que sou sempre obrigado a sair tarde do trabalho mas quando a vontade é grande...não há barreiras que consigam demovê-la. Por um momento pensei no Porto e no quanto seria óptimo beber umas bejecas com os amigos e cantar os golos todos, mas depois lembrei-me que não bebia álcool e os amigos estão todos emigrados no estrangeiro. Eu já sabia que, no final, ia optar por comer no restaurante com a minha chérie, mas, para que não seja apenas favas contadas, gosto de pensar que tive de ser convencido à isso. Liguei à minha mulher e dei-lhe a boa noticia. Ela ficou tão feliz que quase dava para sentir o quanto o seu forninho ficou quente do outro lado do auscultador. Neste dia estava em grande. Só sabia somar pontos.
Quando cheguei a casa, já estava tudo pronto à minha espera. A sogra na cama, a minha mulher toda boneca e bem produzida e os meus dois rapazes para servirem de velas. Querias ir ao chinês sem nós?perguntaram eles. Claro que sim não, respondi eu. Vamos todos juntos, até porque vestidos dessa maneira pareceis dois bonitos candelabros. Ha...ha...ha...que piada, retorquíram...
O jantar correu às mil maravilhas. Não há como um restaurante chinês para servir comida chinesa (credo, esta veio mesmo do fundo da alma). A decoração, somado ao bom ambiente do restaurante, transpirava um romantismo tão bonito que quase fazia lembrar o "Império dos sentidos". Depois de algumas manteigas barradas em pão seco aquecido no forno, comemos crepes, sopas com barbatanas de tubarão, um Chop-suey de vaca, outro de gambas e outro de porco e um prato qualquer de carne de vaca com molho de lostras. Ostras, isso!...e tudo comido com faca e garfo porque se viessem com a porcaria dos pauzinhos eu saberia dizer ao garçom chinês onde é que podia enfiá-los. A nossa mesa tinha 2 velas acesas e quando olhei para elas e depois para os meus rapazes, com ar matreiro e sorridente, eles deixaram de falar para mim a noite toda. Mas o ambiente estava óptimo e no fim até tiveram direito a gelado frito. E eu à conta, claro. Mas vá-lá, tive direito a café de borla que o chinês esqueceu-se de metê-lo na conta.
Quando voltamos para casa a família estava toda de papinho cheio. Ou melhor, quase, porque faltava a minha sobremesa. Dei uma olhada no programa da TV e fiquei a saber que ia dar as "50 sombras de Grey". Óptimo, pensei eu. Assim enquanto a cama aquece e não aquece posso sempre aprender mais alguns truques de cinema. Fui tomar um banho e quando voltei ao quarto a minha mulher já estava deitada na cama. Sabia que ela estava em lingerie e pronta para mim porque não tinha vestido o pijama. Fiz de conta que não sabia aquilo que me esperava para depois parecer surpreso e liguei a televisão para ver o Grey. Era só uma coisa de 15 ou 20 minutos, tempo suficiente para deixar a cama aquecer. Aquilo que eu não estava nada à espera...é que fosse também tempo suficiente para eu e a minha mulher adormecer-mos os dois. Que tristeza. Parece mentira mas é verdade (juro!), o filme era tão bom que acabamos por adormecer. Nunca mais caio noutra.

Está decidido. Da próxima vez, em vez de ficarmos os dois a ver as "Sombras do Grey", vamos nós fazer amor e pôr o Grey a aprender uns truques comigo...

Isto há cada um, que mais parece uma meia dúzia...

Resultado de imagem para pastelaria bolos


Anteontem passei por uma situação bastante caricata. Há já alguns anos que eu e a minha Jolie-lá-de-casa-credo-mulher-que-só-me-apetece-apertar-essas-bochechas-e-beijar-te-toda ganhamos o hábito de levantar o nosso rabinho da cama um bocadinho mais cedo ao domingo e percorrer as redondezas à procura de uma pastelaria que fosse digna da nossa presença, e do nosso calor humano, a fim de tomar o nosso pequeno-almoço matinal. Sim, eu sei, não foi um domingo mas como era feriado e todos os feriados parecem ser domingos, nesses dias gostamos de aplicar também a mesma rotina. A minha mulher sempre foi particularmente gulosa, enquanto que eu, talvez devido à minha condição masculina que não consigo renegar, sou mais do tipo guloso, o que nos leva a procurar sempre os sítios com a melhor reputação da zona, a fim de sermos surpreendidos e convencidos pelas mais extraordinárias e aprimoradas expressões de criatividade pasteleira, que é como quem diz, adoramos comer bolos. Depois de algum tempo à deriva e alguns litros de gasolina queimada, conseguimos avistar algo que parecia bastante interessante à vista porque exibia um espaço deveras aconchegante e convidativo para casais românticos e amorosos como nós e todo o género de boas famílias. Pedimos uma meia de leite para cada um, um croissant com chocolate para ela e uma nata brasileira para mim. Estava tudo uma perfeita delícia, tão perfeita que nenhum de nós sentiu vontade de refilar quando vimos o valor da conta que foi colocada sobre a mesa, no final. Para quem leva uma vida recatada e ganha milhares de euros todos os meses como eu, o que é que representa uma miserável despesa de 5,20 Euros? isso é o que nós costumamos oferecer ao padre todos os domingos quando vamos à missa, ainda que seja só em sonhos para já, porque, embora tenha casado dentro de uma, nunca me recordo onde é que fica a igreja. Mas aquilo que conta é a intenção, dizem.
Depois daquele momento "Zen" e uma boa meia hora de conversa, decidimos retornar ao nosso "Chez moi". Voltamos para o nosso carro, iniciámos a marcha, contornamos a praceta para tomar a direcção certa e de repente começamos a ver pessoas a sair de uma igreja (era ali a missa?). Como vinha imensa gente, abrandei a minha marcha e fiquei alerta a todos os movimentos exteriores porque conheço demasiado bem o meu povo e sei que nestas horas nunca ninguém se lembra da passadeira nem dos passeios. É sempre tudo ao molho e fé em Deus, e é também por isso que acontecem tantas desgraças. De nada serve ter fé em Deus se alguém estiver no meio de uma rua com carros a circular nos dois sentidos. Mas por mais que sejam ensinados, há sempre gente que não consegue perceber isso e, para o nosso grande azar, calhou-nos um desses na rifa. Já toda a gente tinha passado por nós e estava devidamente arrumada nos passeios, mas um homem de certa idade teimava em caminhar à nossa frente em passo mediano sem mostrar sinais de querer arrumar-se. De casaco de cabedal preto, calça bombazine castanha e sapatilhas Skechers (que me pareciam de senhora), era vê-lo que nem um senhor doutor da mula russa convencido de que a cidade toda lhe pertencia. Buzinei uma vez, olhou-me com desdém e peito cheio e fez de conta que não era nada com ele. Voltei a dar outra pequena buzinadela e ele voltou a cagar-se para o assunto. Normalmente sou uma pessoa muito tolerante nestas situações. Compreendia perfeitamente que aquele sujeito tinha acabado de sair da missa e que a homilia do padre podia ter sido particularmente extasiante ao ponto de levá-lo a encher o peito e achar que tem muito mais valor do que os outros à sua volta por ser filho de Deus. Compreendo também que para muita gente a velhice torna-se sinónima de teimosia, rabugice e fraca lucidez, sobretudo se essa pessoa estiver amargurada por ter levado uma vida de privações em contraste com o clima de libertinagem e a vida privilegiada que a sociedade de hoje parece gozar. Compreendo tudo isso e muito mais ainda, só que, aquele tipo, naquele fraco e preciso momento, estava a estorvar o meu caminho. Vai dai, e totalmente contra a vontade da minha mulher, dei uma valente buzinadela na direcção do sujeito e não descolei a mão da buzina até que o tipo deixasse de se armar em palhaço e saísse da minha frente. O meu plano tinha tudo para resultar e resultou. Depois de perceber que estava a rua inteira a olhar para ele, parou repentinamente, virou-se para mim com um ar terrivelmente ameaçador e proferiu algumas palavras imperceptíveis ao mesmo tempo que gesticulava fervorosamente os seus braços. Mais um nabo armado em super-homem, pensei eu. Mais uma manhã linda que vai ficar estragada, deve ter pensado a minha mulher. Muito francamente não sei explicar o que aconteceu ou porque razão isto tinha que acontecer, só sei dizer que mal sai do carro para falar com o homem e o fulano me viu de pé, o peito dele esvaziou-se que nem uma boneca insuflável furada e desatou a correr que nem um maluco como se estivesse a fugir de algum demónio. Foi incrível, nunca tinha visto um velho a correr tão depressa. Voltei a entrar dentro do carro, olhei incrédulo para a minha mulher e disse. Compreendestes alguma coisa? Não, respondeu-me ela. Vale a pena tentar compreender alguma coisa? perguntou-me ela de volta. Não, respondi eu. E seguimos viagem...

Pergunto-vos agora a vós. O que é que raio se passa com as pessoas?

13 fevereiro, 2018

É preciso acreditar no amor...

Hoje, numa conversa com a catequista do meu filho mais novo, foi-me feita esta pergunta...


- Francisco, você acredita no Amor?

Ao que eu respondi...

- Se acredito? mas é claro que acredito! 
Eu e a minha mulher fartámo-nos de fazer amor todos os dias... :)


Imagem relacionada
Imagem da Net

11 fevereiro, 2018

Portugal o conquistador da Europa!

Resultado de imagem para portugal campeão europeu
Imagem da Net


Depois de ter conquistado o Campeonato da Europa de Futebol com a selecção A e ter ganho o Festival Europeu da Canção, Portugal conseguiu ontem o feito inédito de sagrar-se Campeão da Europa de Futsal, na Eslovénia, depois de bater na final a sua congénere espanhola, no prolongamento, por 3-2, depois de ter estado a perder a poucos minutos do fim e revirar o resultado de uma forma totalmente épica. 
Desportivamente, não há dúvidas de que Portugal parece agora destinado a estar em todas e tornou-se uma potência a vários níveis, o que só pode ter sido feito à custa de muito suor, trabalho e sacrifício, não só dos atletas como também dos treinadores, do Staff e todos os agentes envolvidos na preparação das equipas durante estes últimos anos. Ricardinho, aquele que muitos consideram o "Cristiano Ronaldo" do Futsal, capitão da selecção, vencedor de 5 bolas de Ouro e melhor marcador da competição com 7 golos, teve que sair lesionado durante o jogo mas não cabia em si de contente quando soou o apito final da partida e pude abraçar finalmente o "caneco", tendo-lhe sido atribuído também pela organização do evento o troféu de melhor jogador do Europeu de 2018. Para toda a equipa, quero endereçar os meus grandes parabéns e fazer votos para que esta seja o primeiro de muitos outros títulos para Portugal no mundo do futebol de salão.

10 fevereiro, 2018

E a Melhor Frase de Amizade é...minha, pois claro! :)

A minha grande amiga Ni, autora do blogue "SIMPLESMENTE NI", decidiu organizar mais um fantástico concurso/passatempo, dirigido a toda a blogosfera, e no qual é lançado o desafio de escrever uma linda frase sobre a Amizade. As regras deste concurso podem ser encontradas aqui e são muitos simples. Até ao dia 11 de Fevereiro de 2018 (amanhã!) quem estiver interessado em participar terá que enviar para o mail "Ni.entreamigos@gmail.com" uma frase genuína da sua autoria sobre o valor da amizade e o nome de uma música que gostariam de ouvir. À medida que elas forem chegando, a autora do blogue compromete-se a publicá-las no seu blogue para que possam ser apreciadas pelos restantes internautas.

No blogue dos participantes, deve ser colocado o selo de participação que será remetido por mail (quem não tiver blogue recebe o selo na mesma para memória futura mas sem obrigatoriedade de o publicar). Depois, nos dias 12 e 13 de Fevereiro as frases serão colocadas à votação e no dia 14 de Fevereiro a frase vencedora será colocada em forma de post, acompanhada da música escolhida. Ah! mas quase esquecia-me de referir a parte melhor. É que este passatempo também vai dar direito a receber um prémio para as 3 melhores frases votadas...yupiii!

À semelhança do que já tinha feito com a "Melhor frase de Amor", voltei a contribuir para esta humilde iniciativa, dentro daquilo que as minhas visíveis limitações me permitem fazer, tentando homenagear de uma forma simples, sentida, mas sobretudo muito sincera, a imensurável amizade e presença que só uma grande amiga tem capacidade de oferecer. Espero que sintam tanto prazer em ler esta frase como eu senti em escrevê-la.




"És a mão estendida, o sorriso na hora certa, o silêncio que fala sempre que a voz se cala, para escutar a alma, com a ternura que salva, e uma porta sempre aberta."
(Francisco o Pensador)

07 fevereiro, 2018

A força do Dragão

Alguém consegue explicar-me como foi possível o Sporting conseguir sair do Dragão esta noite, num jogo a contar para as meias finais da Taça de Portugal, sem ser goleado no mínimo por 3 golos de diferença? Achei o resultado muito curto, demasiado infelizmente, se olharmos as estatísticas do jogo e o abundante futebol praticado pelos dragões. Mas pronto, é a vida. Em Abril temos direito a mais e até lá vai-nos valendo a cabeçada certeira do Tiquinho Soares...


Mas pior foram as declarações do Jorge Jesus, treinador do Sporting, que para justificar a sua derrota considerou que o árbitro João Pinheiro não teve uma actuação muito feliz, apesar de, na opinião do mesmo, não ter tido influência no resultado. Nunca hei-de perceber estes indivíduos. Se o árbitro não teve influência no resultado, porque raio se lembrou Jorge Jesus de falar mal da sua actuação? É a porcaria do vício de estar sempre a falar mal de alguém para justificar os erros próprios.

06 fevereiro, 2018

O misterioso 3º olho do Bruno...

599A0106-9E2E-4526-9BDA-B80533DBFF8E.jpeg
Imagem retirada do blogue da Quarentona...

Devo ser dos últimos a falar sobre este assunto mas vou sempre a tempo de acrescentar mais uma acha na fogueira. Bruno de Carvalho (BDC), presidente do Sporting Clube de Portugal, confidenciou aos jornalistas ontem à noite que não dormia com nenhum olho aberto e que tinha os 3 sempre bem fechados, para poder levantar-se às 4, 5 e 6 horas da manhã para ir trabalhar. Ora, se atendermos ao facto do ser humano dispor actualmente apenas de 2 olhos responsáveis pela visão e não ter sido provado ainda, pelo menos cientificamente, a existência do 3º olho defendido por Lobsang Rampa, creio que foi perceptível para toda a gente, ou pelo menos para a maioria dela, que o BDC estava a referir-se ao seu olho do cu. Percebi perfeitamente o que ele quis nos dizer, embora, mesmo tratando-se de uma criatura um bocadinho estranha tanto no tipo de discurso que utiliza como na forma como ele se movimenta no mundo do futebol, nunca acreditasse que ele fosse capaz de tiradas tão grosseiras. Ele quis apenas dizer que mesmo que seja apanhado a dormir nunca permitirá que haja alguém que queira fodê-lo, o que, para um homem da sua posição, muito francamente...é dose. Haja algum decoro. Acho que é melhor aquele homem tirar alguns meses de férias porque está visto que o mundo do futebol está a deixá-lo completamente grosseiro e maluco.

05 fevereiro, 2018

A hipócrita facilidade de amar o bonito...

E aquelas pessoas que dizem amar imenso os animais e que adorariam ter muitos em casa mas que depois quando vêem um cão vadio a passar na rua com o aspecto de quem está cheio de fome e a precisar urgentemente de um dono e lhes perguntamos se querem levar o coitado do bichinho para casa, respondem-te assim:

- Uii...não, aquele não que é feio que dói.


Resultado de imagem para cão lindo
Bonita exemplificação dos animais que podem ser amados...

02 fevereiro, 2018

Bom fim de semana!...*

De todos os estilos de música existentes à superfície da terra, este é seguramente aquele que eu mais aprecio ouvir...

 

*....e oxalá seja desta que o Pensador ganhe o Totoloto ou o Euromilhões (ora nem mais, contrariamente ao que possam pensar, não sou esquisito. Gosto de ambos por igual!)

30 janeiro, 2018

Quem disse que a Justiça anda a dormir?

Imagem da Net

João Correia, advogado do Benfica, tanto insistiu com o Ministério Público para que este interviesse no caso dos "Emails" e investigasse "os crimes sistematicamente cometidos às terças-feiras à noite" no Porto Canal, que este acabou por ser sensível aos sucessivos apelos e decidiu por fim tomar algumas diligências no sentido de satisfazer as pretensões do advogado encarnado. Esta manhã, o CM revelou em primeira mão que estavam a ser realizadas buscas na casa do desembargador Rui Rangel e no estádio da Luz, no âmbito da operação "Rota do Atlântico", por estar em causa algumas suspeitas de crimes de "recebimento indevido de vantagem, ou, eventualmente, de corrupção, de branqueamento de capitais, tráfico de influência e de fraude fiscal"...

29 janeiro, 2018

A fúria do açúcar...

Meus amigos, gostaria que prestassem uma particular atenção a esta notícia...



Resultado de imagem para nutella
Imagem da Net

Há quem diga que vivemos num mundo muito mais educado e civilizado, nada comparado com o clima de barbárie que só os livros de história podem relembrar do passado e, neste momento, acho que os franceses devem poder atestar essa verdade como ninguém. Enfim, bastou uma promoção de Nutella feita nas lojas do Intermarché - que disponibilizou potes de chocolate ao preço de 1,40 Eur em vez dos habituais 4,50 Eur, num país onde o ordenado mínimo é de 1480 Euros -, para que toda aquela gente ficasse logo enraivecida e decidisse libertar toda a sua natureza animal. Por causa da merda dum pote de chocolate com sabor a avelãs, andaram aos empurrões, enfiaram caixas de cartão na cabeça de gente idosa, desataram à porrada uns com os outros até as mãos ficarem ensanguentadas e arrancaram cabelos às pessoas, fora aquilo que ainda não sabemos porque ainda não figurou nas notícias. O que eu acho mais piada, e que também por vezes irrita-me um pouco, é que, depois disto tudo, vai continuar a haver alguns palhaços anónimos a condenar os comentários que gosto de fazer noutros blogues, acusando-me de ter uma ideia demasiado negativa sobre o valor das pessoas, de fazer demasiadas generalizações e de estar sempre a pensar o pior delas. Pudera, como é que eu consigo evitar tudo isso? Será que me deixa orgulhoso saber que aquela que já foi considerada a maior embaixadora da solidariedade viu-se transformada num dia para o outro num antro de parasitas obesos viciados em açúcar? Vi alguns vídeos na internet e aqueles que estavam a protagonizar esta vergonha humana não eram nenhuns casuals, drogados ou delinquentes, era gente com um aspecto perfeitamente normal. Ou melhor, deveria sê-lo! a não ser que o "normal" agora passou a ser representado por esta merda. Vou dizer-vos uma coisa. Nem quero imaginar no que poderia acontecer caso uma promoção deste género fosse realizada em Portugal. Aposto que nós também seriamos todos extremamente civilizados, educados, e essa treta toda.