29/09/2018

Hoje é o dia do vibrador!

Isto é, vai ser para muita gente espalhada por este mundo fora, pelo menos...mas penso sobretudo naquela que vive mais próxima de nós ou não fosse este dia também conhecido como o "Dia dos Solteiros" em Portugal. Já outros vão ter que continuar a contentar-se com a mão ou com os dedos por mais algum tempo a fim de eternizar o dia do "TOB" (Toca ó bicho) que se repete vários dias em cada mês e é também conhecido como o dia mais celebrado do ano, uma vez que a aquisição de um vibrador requer sempre um certo tipo de investimento e 10 minutos de coragem para entrar numa Sex-shop - de óculos de sol e chapéu, mesmo que "lá fora" seja inverno e esteja a chover - e nem toda  a gente consegue fazer isso...

Resultado de imagem para vibrador contentamento
Pensador, como foste capaz de dizer uma escabrosidade destas???

Pronto...pronto...ok...descansem que estava apenas a brincar. Acho que fiz uma pequena confusão entre o "Dia dos Solteiros" e o "Dia dos Celibatários" que, se não existir, não deve demorar muito tempo a ser inventado. O que eu quis realmente dizer é que devíamos trazer mais alegria e vibrações positivas para a nossa vida, já que este pessoal, ultimamente, parece andar um tanto ou quanto nervoso e deprimido quanto baste...e no que toca a vibrações, é indiscutível que nada bate um vibrador. :)

28/09/2018

E quando não houver nada para dizer...

...Faz-se aquilo que a maioria das pessoas ganharam o hábito o hábito de fazer, isto é, publica-se uma musiquinha fixe e deseja-se um bom fim de semana a todos. 


Bom fim de semana a todos por falar nisso! :)

26/09/2018

21/09/2018

Cristina Ferreira, a princesa do povo...

And it seems to me you lived your life, like a candle in the wind... 
 (E dá-me a parecer que tens vivido a tua vida, como se fosses uma vela ao vento...)

Imagem retirada da Net

Por terras de Queluz de Baixo, havia um desalentoso cenário de puro desanimo e consternação. Na Rua Mário Castelhano, nº 40, toda a armada tinha sido mobilizada e ninguém ousou faltar à chamada, ainda que, permanecessem incrédulos com tudo aquilo que acabava de acontecer. Cada rosto ali presente era ilustrativo da dor, raiva e tristeza, que reinava por toda a parte e unia aquele mar de gente. O mundo que conheciam ameaçava ruir, qual castelo de cartas exposto ao vento, e pouco mais ou até nada havia a fazer para conseguir salvá-lo. A sua queda era iminente. Subitamente, toda a alegria que ainda ontem rodeava toda aquela gente apagou-se que nem aquelas lâmpadas LED que-fundem-ao-fim-de-um-dia que muitas vezes compramos na loja do chinês. Toda a gente gritava. Toda a gente lamentava. Toda a gente chorava. Era um espectáculo deprimente e desolador. Mas de todos, era Manuel Luís Goucha quem mais despertava a minha atenção. De sapatos Rosa Choc, Blazer lilás e calça branca que deixava transparecer um String bege sensual e provocador, nada do que lhe foi dito conseguia tranquilizar a sua alma nem apagar a sua dor, que era notória e demasiado arrebatadora. Inconsolável, e visivelmente transtornado, sucumbiu à tristeza e procurou refúgio nos braços de alguém. Primeiro abraçou-se a Bruno Santos (Director Geral de antena) e chorou que nem uma coelhinha da Playboy depois de ter partido uma unha, o que obrigou o Bruno - pressionado perante a presença das câmaras - a ter que chorar também. Depois abraçou os dois pivôs José Alberto Carvalho e Pedro Pinto e voltou a deitar água pelo chafariz, num choro (quasi)sincronizado que só terminou quando um deles mostrou inadvertidamente o ranho que jazia no lenço da mão. Chorou na careca do Eduardo Beauté e depois nos ombros do amigo Luís Borges cuja cabeleireira ao melhor estilo "Afro" também foi aproveitada para limpar alguma caspa que tinha junto ao colarinho da camisa. Chorou no João, chorou no Miguel, chorou no Pedro, e chorou no José. Chorou com todos eles, e todos eles choraram juntamente com ele, uns por tristeza, outros por educação e outros ainda que, por ver tanta choradeira junta, acabaram por chorar sem ter qualquer intenção. Choravam, choravam, e choravam...e fugiam logo depois, na primeira oportunidade que lhes permitissem fugir. E quando o Manuel Luís Goucha percebeu, por fim, de que já só havia mulheres à volta dele e mais nenhum outro homem nas imediações com quem partilhar um abraço...pôs-se a chorar com mais afinco e depois disso nunca mais se calou. Paulo Cardoso, de entre todos o mais discreto, desdobrava-se em previsões, de entre as quais a mais perceptível e verdadeira pareceu ser: "Isto agora vai ser uma merda!". A Michelle Fannon, por sua vez, depois de ter invocado a compaixão dos astros e lido algumas cartas de Tarot, atirou as "Cartas da Alma" todas para o ar, de tão inúteis que mostravam ser e tão massacrada que estava pelo desgosto. O destino estava traçado e era terrível. Tão terrível que preferiu nem sequer olhar para ele. Os dados estavam lançados e a noticia era demasiado fraca de engolir. E num momento raro de pura resignação, enfrentaram todos - juntos - a triste realidade que o destino lhes deu. Tinha morrido a Lady Cris Tininha, a princesa do povo, rainha da TVI...

Agora chora Portugal....

(Ps: Julia Pinheiro que seguia atrasada para as manhãs da SIC e que, inadvertidamente, viu-se presa naquela confusão, esqueceu por momentos a sua aflição, e, envolvida pela tristeza do Goucha, num gesto puramente altruísta decidiu retirar o megafone da boca, pousou-o dentro do carro e foi ao encontro do seu melhor amigo de sempre, que beijou na face e abraçou dizendo: "Deixa-lá, meu grande amigo, não chores mais, bem sabes que ela agora está num sitio muito melhor"...)

19/09/2018

Regresso à normalidade... :)

Lembram-se de eu ter dito há poucos dias, neste post, que o meu blogue estava a sofrer uma ascensão meteórica? Pois...afinal parece que foi um sol de pouca dura. Foi tesão do mijo ou um peidinho de ocasião, sei-lá. Daqueles pestilenciosos, que aparecem e desaparecem num instante, mas que pelo cheiro que deixa a gente sabe sempre que passou por cá. Enfim, o certo é que eu estava animado perante a possibilidade do mundo vir a render-se finalmente à magnificência dos meus encantos, mas pelos vistos ela era tanta que conseguiu assustar todos aqueles que vieram aqui visitar-me, afugentando-os logo de seguida. Com a mesma velocidade com que cresci, voltei a encolher, e foi de tal ordem que quase ficava ao nível do chão. Enfim, parece que regressei à normalidade assim sendo e como já costuma dizer o proverbio...tudo fica bem quando acaba bem...




16/09/2018

A minha ilha...

Onde gosto de estar só...
Imagem da Nina


Estou nesse lugar onde o sol se deita,
Naquela ilha onde a lua já só brilha sem a noite.
Dissimulada na natureza, que me acolhe, abraça, 
E me trata como sua igual,
É na sombra que me escondo e permaneço, em silêncio,
Protegida de todo mal.

Na quietude desse momento,
Que só o canto das gaivotas 
E a agitação do mar ousariam quebrar, 
Ainda sinto remanescer em mim,
Já desfeitas e sem vontade,
Todas as lágrimas que não pedi
E os sorrisos que perdi,
Quando na penumbra dos meus dias 
Fui magoada sem piedade.

Estou nesse lugar onde a alma se renova,
Naquela ilha onde ninguém consegue chegar.
Mas é na sombra que me escondo e permaneço, em silêncio,
Até que o sol decida se levantar,
A lua volte a beijar a noite
E um dia possas me encontrar.

(Francisco o Pensador)

Imaginem que...

Resultado de imagem para gravida fila supermercado
Imagem da net

...Algures neste país, mais concretamente, perto da minha área de residência, havia um sujeito numa fila da caixa de pagamento do Pingo Doce (que só por coincidência, foi também onde eu estive esta manhã), que, depois de ter olhado em volta, apercebeu-se sem grande esforço que por detrás dele estava uma mulher bastante nova e magra com um rico "pipinho" na barriga bem salientado - que revelava claramente uma potencial gravidez -, e que, depois de se aperceber que o tempo de espera na fila previa ser bastante grande, ficou cheio de pena da moçoila e com intenção de ser prestável virou-se para ela dizendo...

- A senhora se quiser pode utilizar a caixa 10  que vai ter logo prioridade.
- Ah não, obrigada. Levo comigo 15 produtos e a caixa só aceita 10.
- Não, não é isso. Não é a caixa rápida. Referia-me à caixa prioritária para mulheres grávidas.
- Mas eu não estou grávida!
- Não????......(xiiiiiiiiii que raio fui eu fazer????)
- Oh minha senhora, peço-lhe mil desculpas por aquilo que acabei de fazer.
- Não tem mal, não se preocupe. Já estou habituada...
- E pronto...se me sentia mal, agora fiquei ainda pior.

Sejam sinceras. Se fosse com vocês, seriam capazes de perdoar uma imbecilidade* destas?
É sabido que as mulheres passam a vida a dizer que os homens são uns broncos insensíveis...e, verdade seja, agora já começo a entender o porquê...

(* Por objecção de consciência recuso-me a revelar a identidade do imbecil...)

08/09/2018

Vai uma rapidinha?

- Bom dia, dê-me uma rapidinha por favor.
- Uma quê?
- Uma rapidinha.
- Desculpe?
- Uma rapidinha de 2 euros.
- Uma raspadinha de 2 euros, quer você dizer?
- Sim, não foi isso que eu disse?
- Não.
- O que é que eu disse, então?
- Que queria uma rapidinha.
- Uma quê?!!! (Pensador coloca a mão na cabeça). Você desculpe mas não sei onde é que estava com a minha cabeça.
- Eu também não sei mas deu perfeitamente para ficar com uma ideia...

(Que tristeza...)

Resultado de imagem para rapidinha

06/09/2018

Mas que raio se anda a passar com o meu blogue?

A sério? de repente as pessoas ficaram doidas e começaram a interessar-se por mim, foi? Hummm...não sei não, acho tudo isto demasiado esquisito. Como é possível que as minhas visitas tenham aumentado tanto? É um aumento que anda na ordem dos 800%, isto é mesmo escandaloso. Cá para mim isto foi obra de algum "bug" ou um vírus informático qualquer que anda a querer pregar-me uma linda partida, mas a ser verdade que as pessoas passaram a gostar ou a sentir mais curiosidade por mim, nem sequer estou muito certo de ficar encantado com tudo isso...
A seguir vou ter que levar com o quê afinal? querem ver que vai começar a aparecer por aqui gente uma chuva de gente anónima, oriunda dos 4 cantos mais esquisitos do planeta, para falar bem de mim ou até, quem sabe, tecer-me alguns elogios? Dizer coisas do tipo: "Ai Pensador, tu és tão lindo, interessante e divertido..."? Ai credo, que a ideia por si só deixou-me o cérebro todo esturricado! E senti, inclusive, um arrepio tão grande que até fiquei com pele de galinha! Ninguém merece ter que passar por um vexame desses. Ou pior ainda! E se alguém ficar com a ideia de que eu, afinal, até sou boa pessoa? Ai mãeeee....

Credo Jasus Malia que Dios me guarde e libra!


Imagem da Histats

05/09/2018

Tic tac...tic tac...tic tac...tic tac...

Lembram-se do antigo presidente do Benfica, o Dr Vale e Azevedo? Sim...foi aquele sujeito muito desonesto, para sempre odiado e amaldiçoado, que ficou conhecido como o pior presidente benfiquista de sempre e a besta negra que provocou uma dor dilacerante ao clube da Luz, devido a todos os danos que causou na saúde financeira do clube - cujas feridas levaram muitos anos a cicatrizar - e por ter estado a dois passos de conseguir afundá-lo completamente. Mas se olharmos para a história recente do clube das águias e para aquilo que está na iminência de acontecer...ou muito me engano ou ainda vão fazer-lhe uma estátua a homenageá-lo, em jeito de pedido de desculpas, mesmo ao lado do "Pantera negra"...quando um dia o seu trabalho for comparado com a gloriosa herança que o Luís Filipe Vieira deixou aos benfiquistas... :))))


CORRUPÇÃO

Benfica e Paulo Gonçalves acusados no caso e-toupeira. Clube arrisca suspensão de participação em provas desportivas

Clube da Luz, assessor de Luís Filipe Vieira e mais dois arguidos foram acusados de corrupção. MP pede pena acessória por comportamentos que terão afetado a verdade desportiva.
Imagem retirada daqui


(Noticia retirada do site "observador")

04/09/2018

A ocasião...faz o ladrão...

E aquele momento em que...esbarramos na interminável fila dum hipermercado para pagar uma lata de salsichas e um pacote de leite do mais barato, olhamos para o chão e damos de caras com um carrinho cheio de alimentos "dieta light e iogurtes 0%" no meio do caminho como se estivesse ali para marcar a vez de uma barbizinha qualquer, depois olhamos à nossa volta para tentar descortinar quem foi a tonta que teve aquela brilhante ideia, e, não surgindo ninguém nas proximidades de ar suspeito ou com cara de boneca, aprontamos o nosso pé para dar um valente biqueiro na porra do carrinho para arrumá-lo da nossa frente quando de repente surge uma senhora ao nosso lado com cara de quem parece estar bastante aflita - sem ser aquela que fazemos quando precisamos de ir à casa de banho -, que se anuncia como sendo a dona do engenho e convida-nos a passar à sua frente já que andava à procura da carteira que pousou algures dentro do Hyper, por cima de uma prateleira, mas que infelizmente já não conseguia lembrar-se onde? Talvez naquele momento, encorajada pelo meu ar altruísta e amistoso, que apesar dos meus incessantes esforços...nunca perdi definitivamente, estivesse na realidade a apelar pela minha ajuda no sentido de procurar a carteira juntamente com ela, mas desencorajado pelo tamanho infindável da fila, limitei-me apenas a agradecer-lhe toda a sua gentileza e passei-lhe à frente sem mais demoras, fazendo-lhe tantas vénias como faria se fosse chinês. E é nesse momento que vejo o casal "Pipas" que vegetava à minha frente, ele a meia pipa e ela a pipa e meia, que decidem sair quase espontaneamente da fila, deixando escapar um "Oh, esqueci-me do leite" (sim, de soja, suponho...) para justificar tal atitude, quando bastava que tivesse sido um a ir buscá-lo e o leite estava mesmo ali à mão de semear. Assim, num repente ganhei 2 posições na escala dos afortunados, como se de uma lotaria se tratasse, e a fila deixou logo de me parecer longa quando senti que já podia pousar a minhas compras sobre o tapete rolante, e enquanto abençoava essa inesperada e pouco habitual sorte que me calhou na rifa, não deixei de pensar naquela doce e simpática mulher, de olhos verdes, voz meiga e cabelos brancos aos caracóis, que naquela hora ainda devia andar à procura da sua carteira, e fiz figas para que fosse ela a encontrá-la primeiro em vez daqueles dois mastronços obcecados por leite de engorda, porque se tiver o azar de ser eles...Ciao...Ciao Maria...adeus viola...