30/01/2018

Quem disse que a Justiça anda a dormir?

Imagem da Net

João Correia, advogado do Benfica, tanto insistiu com o Ministério Público para que este interviesse no caso dos "Emails" e investigasse "os crimes sistematicamente cometidos às terças-feiras à noite" no Porto Canal, que este acabou por ser sensível aos sucessivos apelos e decidiu por fim tomar algumas diligências no sentido de satisfazer as pretensões do advogado encarnado. Esta manhã, o CM revelou em primeira mão que estavam a ser realizadas buscas na casa do desembargador Rui Rangel e no estádio da Luz, no âmbito da operação "Rota do Atlântico", por estar em causa algumas suspeitas de crimes de "recebimento indevido de vantagem, ou, eventualmente, de corrupção, de branqueamento de capitais, tráfico de influência e de fraude fiscal"...

29/01/2018

A fúria do açúcar...

Meus amigos, gostaria que prestassem uma particular atenção a esta notícia...



Resultado de imagem para nutella
Imagem da Net

Há quem diga que vivemos num mundo muito mais educado e civilizado, nada comparado com o clima de barbárie que só os livros de história podem relembrar do passado e, neste momento, acho que os franceses devem poder atestar essa verdade como ninguém. Enfim, bastou uma promoção de Nutella feita nas lojas do Intermarché - que disponibilizou potes de chocolate ao preço de 1,40 Eur em vez dos habituais 4,50 Eur, num país onde o ordenado mínimo é de 1480 Euros -, para que toda aquela gente ficasse logo enraivecida e decidisse libertar toda a sua natureza animal. Por causa da merda dum pote de chocolate com sabor a avelãs, andaram aos empurrões, enfiaram caixas de cartão na cabeça de gente idosa, desataram à porrada uns com os outros até as mãos ficarem ensanguentadas e arrancaram cabelos às pessoas, fora aquilo que ainda não sabemos porque ainda não figurou nas notícias. O que eu acho mais piada, e que também por vezes irrita-me um pouco, é que, depois disto tudo, vai continuar a haver alguns palhaços anónimos a condenar os comentários que gosto de fazer noutros blogues, acusando-me de ter uma ideia demasiado negativa sobre o valor das pessoas, de fazer demasiadas generalizações e de estar sempre a pensar o pior delas. Pudera, como é que eu consigo evitar tudo isso? Será que me deixa orgulhoso saber que aquela que já foi considerada a maior embaixadora da solidariedade viu-se transformada num dia para o outro num antro de parasitas obesos viciados em açúcar? Vi alguns vídeos na internet e aqueles que estavam a protagonizar esta vergonha humana não eram nenhuns casuals, drogados ou delinquentes, era gente com um aspecto perfeitamente normal. Ou melhor, deveria sê-lo! a não ser que o "normal" agora passou a ser representado por esta merda. Vou dizer-vos uma coisa. Nem quero imaginar no que poderia acontecer caso uma promoção deste género fosse realizada em Portugal. Aposto que nós também seriamos todos extremamente civilizados, educados, e essa treta toda.

28/01/2018

No segredo dos Deuses...

Resultado de imagem para iurd gaia
Imagem da Net

Quando era jovem, ou pelo menos, bem mais jovem do que sou hoje, a minha madrinha de baptismo, mulher devota e fiel seguidora dos ensinamentos da fé cristã, negava-se de todo a aceitar que eu tivesse decidido abandonar a via religiosa por ter ficado desiludido com tudo aquilo que ela representava para o mundo. Era uma mulher simples, de trato fácil, que eu admirava imenso, e que tinha opiniões quase sempre acertadas, esforçando-se por fazer o bem, tratar com respeito o mundo à sua volta e nunca carregar com ela o peso de ter sido injusta com alguém. O melhor que pode acontecer ao ser humano é poder dormir todos os dias com a sua consciência limpa, dizia ela e muito bem. Como ela achava que o meu afastamento tinha sido causado por acção e influência destas "modernices" agravada pela ideia imatura - muito propícia para rapazes da minha idade - de achar o conceito da Igreja Católica aborrecido, e como no país já estavam a ser implementadas outras opções bem mais divertidas de viver a nossa religiosidade, fazendo contraste com aquelas missas aborrecidas que nunca mais acabavam e tinham sermões de hora e meia, vai dai...lembrou-se de começar a seduzir-me com a possibilidade de assistir a programas religiosos diferentes, muito mais animados e modernos, com a promessa de haver sempre uma recompensa reservada para mim no final. O seu plano era simples mas terrivelmente encantador. Com a desculpa de não conhecer a cidade e ficar confusa com os horários dos transportes públicos, uma a duas vezes por mês, telefonava para a minha casa e pedia-me que a levasse certos domingos até ao Coliseu do Porto para assistir às missas da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus), já que, embora ainda estivesse a dar os seus primeiros passos por terras lusas, essa igreja já gozava de uma projecção considerável no nosso país, despertando o interesse de todos aqueles que moravam nas redondezas. Obviamente que a minha madrinha prometia pagar-me a gasolina e obviamente que também tinha direito a comer um lanchinho e meter uma notinha no bolso no final do espectáculo. Era assim aquela mulher, uma querida, e a nossa parceria conseguia satisfazer as necessidades de ambos. Ela vivia a ilusão de que estava a curar a minha alma, promovendo a minha "evangelização", e eu ficava com dinheiro extra no bolso para comprar tabaco, jogar bilhar de mesa e pagar uns copos às miúdas que ia conhecendo nas discotecas, antes de conseguir metê-las na traseira do meu carro para dar umas trollitadas junto ao rio e deixar os vidros embaciados por causa do calor. Tanto eu como ela mantínhamos um bom propósito, logo, como podem ver,  ele só podia receber a bênção de Deus.
Mas chegou uma altura em que nem sequer as notas conseguiam convencer-me e comecei a inventar desculpas para evitar essas saídas. De que o meu carro estava avariado, de que tinha outra saída programada com os amigos a qual não podia faltar, de que ia participar num passeio de autocarro até Fátima (hahahaha), de que tinha arranjado uma namorada e era um pouco cedo metê-la nesses caminhos, e outras coisas assim do género. Não é que não gostasse da companhia da minha madrinha pois adorava aquela mulher, mas eu já não conseguia mais representar aquele papel. Sentia-me uma pessoa hipócrita, mentirosa, suja, porque percebi que estava a aproveitar-me da ingenuidade de uma pessoa que apenas sentia amor por mim. Não estava a ser bonito para mim nem justo para ela. Era tempo de virar aquela página. Nos inícios tudo bem, ainda consegui achar alguma piada por ver todo aquele folclore bem ensaiado e muito melhor representado, de bispos a falar com sotaque brasileiro, que punham-se celebrar missas cantadas com  piano e guitarra por...brasileiros, com gente histérica toda ela aos gritos (normalmente brasileiros) por ver diabos a ser expulsos do corpo de...pois, mais brasileiros ainda. Era tudo brasileiro, que raio de coincidência mais milagrosa. Em poucas sessões percebi logo de que tudo aquilo era um espectáculo montado e pura charlatanice e de certa forma eu acabava por sentir-me em casa porque, pelo trabalho que eu estava ali a fazer, estava a ser outro charlatão tão grande quanto eles. O conceito da IURD era terrivelmente eficiente porque oferecia tudo aquilo que o ser humano adora receber. Sentimentos. Havia alegria, festa, sorrisos, tristeza, lágrimas, muita música, o ideal de que todos somos importantes e temos o nosso lugar no mundo e...também o medo. Sim medo, e daquele bem medonho, porque de cada vez que um Bispo conseguia expulsar o diabo do corpo de alguém ficava logo tudo apavorado com a possibilidade de ele não sair da sala e querer meter-se no corpo de outro. E para que isso não acontecesse, ficava bem perceptível de uma forma mais ou menos directa que era necessário pagar o dizimo. Com dinheiro, ouro, jóias, donativos, cheques ou cartões de crédito, tanto fazia, o importante mesmo era pagar para evitar qualquer desgosto e obter a protecção do nosso mui kirido e amado jasuus cristo nosso sinhor e salvador. Hey man! Enfim, no fundo eles não estavam a fazer nada que fosse diferente daquilo que a Igreja Católica tem feito ao longo dos séculos, a única diferença é que estavam a fazer tudo isso de uma forma mais descarada e desenvergonhada, com mais animação e com muito melhor ambiente de festa. Quando em 1977 o bispo Edir Macedo esboçou os primeiros traços daquilo que viria a ser muitos anos mais tarde esta máquina gigante de vender ilusões, deve ter tomado em consideração que havia 2,4 biliões de cristãos por todo o mundo e que isso dava um bolo demasiado enorme, logo, porque haveria de ser comido apenas por cerca de 1/2 dúzia? Havia lugar para mais um e assim foi formada uma nova empresa, e toda a empresa necessita de vender o seu produto para gerar dinheiro, nem que seja à custa da fé e da ingenuidade das pessoas.
E é por tudo isso também que não estou nada espantado com o teor das últimas noticias que tem surgido na praça pública e que envolvem o nome da IURD num alegado esquema de adopção ilegal de crianças, despoletadas por uma reportagem chamada "O segredo dos Deuses" que passou recentemente na TVI. Se acredito que eles estejam metidos naquela porcaria? Mas é claro que sim, devem estar enterrados nela até o pescoço. O tráfico internacional de crianças não rende muito dinheiro? Logo, é natural que ela esteja metida nisso. O dinheiro manda em tudo ó genti!
Mas tudo isso é fruto da minha subjectividade enquanto ser humano e num estado de direito com mecanismos próprios para fazer justiça, ela de nada serve e vale apenas aquilo que vale. Assim, como expectador interessado, irei manter-me na expectativa de ver o desenrolar dos próximos capítulos e saber que diligências a IURD irá tomar para conseguir sair desta embrulhada. Para já reconheço-lhe uma ideia inteligente. Como os próximos meses prometem ser muito ruins, com a revelação de vários casos de crianças raptadas e adopções ilegais que surgirão certamente na pública e poderão manchar irremediavelmente a imagem dessa igreja, a IURD tomou a opção inteligente de convocar um "jejum de notícias" à sua legião de seguidores. Como grande conhecedora das fraquezas humanas, essa organização religiosa sabe muito bem que todas as notícias que chegam ao expectador surgem sempre em momentos pontuais e nunca deixam de ter um efeito esporádico e passageiro. Quando o assunto ficar esgotado e a poeira assentar, tudo voltará à normalidade e a comunicação social irá tratar de morder os calcanhares a outro para arranjar um novo assunto. Assim, mais importante do que limpar a nossa casa da vergonha e atestar a qualidade do nosso produto, é saber manter as preferências da nossa clientela e não a deixar fugir. Aquilo que as pessoas não sabem, também não as pode prejudicar, logo, enquanto essa polémica andar no ar...há que fazer um jejum de notícias e manter tudo no segredo dos deuses...

E a justiça essa...bem sabemos a forma como ela funciona e aquilo que ela costuma valer em Portugal. Tal como já tinha dito em cima, o dinheiro manda em tudo ó genti!

26/01/2018

As comicidades do futebol...#06

O presidente da SAD do Belenenses, Rui Pedro Soares, afirmou hoje que... 
...os presidentes não deviam falar tanto...

Espantosa precisão de raciocínio...quase parecia que estava a pensar nele quando disse isso...

Rui Pedro Soares não se fica após acusações do FC Porto. Foto: Ricardo Castelo/Lusa
Imagem da Net

Gostava que ele também soubesse explicar ao país porque razão anda o Belenenses a pedir dinheiro emprestado ao Benfica (600 mil euros) através de uma figura de opção de compra de jogadores, mas se calhar ele ainda vai responder que foi para adoptar uma criancinha da IURD...

24/01/2018

A lotaria dos penaltis...


O FC Porto perdeu esta noite contra o Sporting a passagem para a final da Taça da Liga, através da marcação de grandes penalidades, uma vez que o jogo chegou aos 90 minutos com as duas equipas empatadas no marcador. Tivemos o azar de ver o Danilo lesionar-se logo nos minutos iniciais da partida mas ainda assim tivemos a sorte de ver um jogo muito bem disputado, com Alex Telles em grande evidência. Não é que este jogo tenha revelado um grande espectáculo de futebol - nenhuma equipa queria arriscar-se a perder e recorreu-se demasiado à falta e ao anti-jogo -, mas também não foi um jogo de "carneirada" como costumam ser os jogos contra o Benfica. Houve sim muito equilíbrio e respeito de parte a parte. Na primeira meia hora viu-se sobretudo o Sporting a pressionar os dragões e a partir do intervalo só se viu jogar o FC Porto, tendo-lhe pertencido também as melhores oportunidades de golo da partida. O Marega é um bom jogador mas continua a ser um grande trapalhão (credo Jasuus que tosco!) e o Soares está a demorar a recuperar a veia goleadora que revelou na época transacta. Com a qualidade que esta equipa revela, se tivéssemos um matador como o Das Bost e a história já seria outra. As grandes penalidades são extremamente ingratas porque na prática não passam de um bilhete de lotaria. É como se o vencedor de um encontro tivesse de ser tirado à sorte. Para quem remata, a baliza parece ser sempre demasiado pequena e para quem defende...ela parece ser sempre demasiado grande. Cada remate pode receber a sorte de fazer a bola entrar na baliza ou o azar de bater no poste, passar ao lado ou ser defendido pelo guarda-redes. O treinador dos leões Jorge Jesus disse que o Sporting tinha o melhor guarda-redes do mundo porque conseguiu defender dois penaltis, esquecendo-se porém que o guarda redes do Porto (Casillas) também conseguiu defender outros dois. A única coisa boa nos penaltis é que, embora haja um ganhador, nunca ninguém é considerado perdedor. Para as estatísticas apenas é considerado um empate. E é por isso que, embora tenha perdido o jogo...o FC Porto continua a ser invicto. Foi uma pena que não tenha conseguido passar à final, mas vamos ver se conseguimos ter melhor sorte para a Taça de Portugal.

23/01/2018

Fiquemos assim então...

Quero apenas dizer-vos que hoje não tenho nada para vos dizer.
E disse isso apenas para o caso de ainda estarem com dúvidas.
Pronto, está dito.

(Pensador em modo Off Line...)

Resultado de imagem para no comments

E não, não estou distraído com nada! 
Porquê que, quando fico em silêncio, pensam logo todos que estou distraído com alguma coisa?
Já não se pode meditar um pouco e admirar o esplendor da natureza? Ora essa!

21/01/2018

Nota mental...

Resultado de imagem para perfume cheiro a merda
Imagem da Net

Da próxima vez que fores fazer compras, escolheres a fila de uma caixa, e o perfume do tipo que estiver à tua frente tiver um sabor do tipo esgoto, nunca mais te ponhas a olhar para os pés dele porque quando uma coisa cheira a merda, normalmente é porque é...

...e ficas com o teu dia todo estragado.

Credo Jasuuus! Minha nossa...pronto, agora estás avisado!

20/01/2018

A escatológica razão de ser...dos outros!

Resultado de imagem para papel higienico reciclado
Imagem da Net


Antigamente eu não acreditava em pessoas burras mas ultimamente as minhas convicções ficaram estremecidas e estão a ser testadas ao limite. Como é que se pode respeitar o ser humano, e tomar em consideração a sua opinião, quando ele afirma convictamente, numa base de certeza absoluta, que o papel higiénico reciclado é feito a partir do aproveitamento do papel higiénico usado? 
Fiquei atónico a olhar para ele, nem sabia o que devia responder-lhe. E quando tentei explicar-lhe de uma forma quase infantil de que modo ele era feito, respondeu-me que era tudo conversa minha e que eu não percebia nada do assunto.

Depois dizem que sou arrogante, pois claro que tenho de ser...

17/01/2018

As comicidades do futebol...#05

Resultado de imagem para sergio conceição lamenta
Imagem da Net

Como eu adoro o mundo do futebol.

Gosto muito do Sérgio Conceição enquanto treinador, ou melhor, gostarei sempre dele enquanto a equipa continuar a ganhar e a praticar bom futebol, e nos faça acreditar que é possível conquistar os troféus que já escapam ao FC Porto há 4 anos, mas se ele começar a perder e não ganhar nenhum troféu, a única coisa que poderei dizer dele é...cagadeira com ele. Treinadores que não ganham nada, como esses já tivemos lá muitos e nenhum deles deixaram saudades. Mas vamos ser optimistas e acreditar que vamos ganhar tudo, inclusive a Liga dos Campeões Europeus. Bom, se calhar agora também já estou a ser demasiado optimista. Vamos lá reduzir isto para a simples conquista da Liga Nacional que é aquilo que todos os portistas desejam e a única coisa que conta verdadeiramente para eles. Dizia eu que gostava muito do Sérgio Conceição porque acho que aquele homem não tem medo de nada, tem uns tomates do tamanho de um boi, fala de uma forma terrivelmente apaixonada e não manda dizer nada por ninguém. Quando lhe apetece mandar alguém abaixo de Braga, manda simplesmente, quer ele seja o roupeiro ou o presidente do clube que o paga. É um tipo às direitas e tudo nele é genuíno. Não segue nenhuns estereótipos nem pode ser comparado a ninguém. Mas o Sérgio possuí também uma habilidade muito particular que pouca gente pode dar-se ao gozo de ter. A capacidade de meter os pés pelas mãos e dizer merda...para depois, mais tarde, arrepender-se. Foi o que aconteceu quando ele chamou o Rui Vitória de "boneco". Há uma coisa que sempre aprendi e que me tem safado de muitos problemas até hoje. Sempre que alguém mete o pé na argola, nunca pode recuar e tem que assumir o tamanho do passo que deu. Isso quer dizer que se eventualmente cometermos alguma asneira ou dissermos uma mentira, perante o mundo nunca podemos voltar atrás e temos que manter a nossa posição custe o que custar. Nunca podemos dar parte de fraco. Ora, para mim o erro do Sérgio não foi ter chamado o Rui de boneco mas sim lamentar publicamente que não devia tê-lo feito. Sei que ele deve ter sido pressionado a fazer isso mas acredito que isso lhe tenha custado os olhos da cara. E foi um erro porquê? porque o Sérgio é um personagem verdadeiramente genuíno, logo, tudo o que ele diz também acaba por sê-lo. E como podemos nós lamentar uma coisa que dentro de nós sentimos como verdadeiro? Pode alguém lamentar o facto de ter sido sincero? Não, dificilmente alguém pode...e o Sérgio então, nem se fala. Para ele é mais difícil ainda. Assim, quando alguém é forçado a justificar-se, mas, intrinsecamente, não se sente culpado de haver cometido qualquer tipo de má acção, muitas vezes a emenda pode vir a ser pior do que o soneto. E foi precisamente aquilo que aconteceu. Na ânsia de querer justificar-se, lamentou o sucedido mas não pediu desculpas porque não sente que tenha sido mal educado nem acha que as suas palavras sejam razão suficiente para ofender o Rui Vitória. Não quis ofender ninguém e respeito toda a gente disse ele...

Ó sérgio, sérgio...mas é claro que respeitas toda a gente. Longe de mim pensar o contrário. Apenas chamastes o homem de "boneco" e é sabido que esse tipo de adjectivos está muito longe de traduzir uma falta de respeito porque não constitui nenhuma ofensa. Aliás, se alguém te chamasse isso tenho a certeza que ficarias logo a irradiar de felicidade...

16/01/2018

Quem diz tudo o que pensa, sujeita-se a ouvir aquilo que não quer...

Ontem de manhã fui chamado ao escritório para participar numa formação importante com o meu chefe, e enquanto o formador não chegava...

- Ana, podes pedir à Sofia Queirós para vir cá acima assinar alguns recibos?
- Eu sei-lá quem raio é a Sofia Queirós!?
- Sabes caramba, é aquela baixinha mal ajeitada e feia de cara que está na linha de produção.
- Feia de cara?...ah! já sei de quem estás a falar. E achas a mulher assim tão feia?
- Então não é? Chiça, é de meter medo ao susto.
- Acho que estás a exagerar um bocadinho...
- Não estou nada e não sou só eu a dizer isso, não é Francisco?

(pois...tinha que sobrar para mim...)

- Não é o quê?
- Não é verdade que toda a gente diz que a Sofia é feia de cara?
- Não sei, não costumo ligar aquilo que "toda a gente" diz. (pimba!)
- Hummm...conversa tua, acho que não queres é dizer...
- Falo a sério, venho aqui para trabalhar não para alimentar fofocas. (toma!!)
- Ohhh, então?! nós também não estamos aqui para fazer isso, mas sendo homem não achas a Sofia feia como mulher?
- Sim, terrivelmente! nem sei como ela conseguiu casar e tu ainda continuas solteira. (pumba, matei-te !!!)

(resultado... grande gargalhada na escritório...e acho que ganhei mais uma inimiga...)


Resultado de imagem para falsidade mulheres

15/01/2018

Pensador...o pai mais engraçado do mundo... :)

Ontem, mais ou menos por esta hora, estava eu no Pingo Doce com o meu filho mais novo...

Resultado de imagem para pizzas inverno pingo doce

Filhote - Pai, pai...olha aqui! O Pingo Doce tem uma "Pizza Inverno".
Pensador - Não tinhas visto ainda? é uma "Pizza Inverno" porque estamos no inverno, percebes? Depois vai aparecer uma "Pizza Primavera", uma "Pizza Verão" e uma "Pizza Outono"...
Filhote - É uma ideia engraçada, mas estás a sério ou estás a brincar?
Pensador - Estou a sério filhote. E sabes o que é que que acontece se juntarmos essas pizzas todas?
Filhote - Não, não faço ideia.
Pensador - Passamos a ter uma Pizza 4 estações...
Filhote - Oh pai?! sempre a brincar!!

13/01/2018

The Shit Holes of Trump...


Imagem da Net


«...They used to call it the "White House" but, after Donald Trump won the presidency of the United States and went to live there, a lot of people started to call it the "Trump's House of Shit."...»

Deste sujeito já não precisamos de estar a dizer mais nada porque cada atitude dele representa um insulto à inteligência humana e uma afronta ao mundo civilizado. Cada palavra que pronuncia é  um tiro que ele acaba por dar dá no seu próprio pé. Não se trata de subjectividade, é apenas uma evidência que está perfeitamente visível para qualquer ser humano. De cada vez que o nome deste sujeito aparece nas noticias é sempre pelas piores razões ou pelos mais fracos motivos. Desde que ele foi eleito presidente da América, não me lembro de uma única vez que ele ficasse bem na fotografia nem de uma única medida que ele tivesse posto em prática que fosse alva de elogios. Muito pelo contrário, acho que as únicas medidas que ele tomou até hoje - que representam também o único pensamento que vive na cabeça dele - foi no sentido de destruir todas as coisas boas deixadas pelo seu antecessor. Vejam lá que a sua cisma por Barack Obama é de tal ordem que, na hora de responsabilizar alguém por algum negócio mal feito...ele só consegue lembrar-se do nome deste último, chegando ao ponto de acusá-lo de ser o autor de politicas falhadas realizadas por George W. Bush. Desta vez, para não fugir à miséria intelectual das suas atitudes anteriores, numa reunião recente entre membros do estado realizado na Casa branca sobre a reforma imigratória, lembrou-se de referir-se a Haiti, El Salvador e outras nações africanas, como "países de merda". Ficou desfeito o mistério, agora já se percebe a razão que o leva a odiar tanto o Obama. É por ele ser de raça negra. A expressão correcta utilizada foi "Shit Holes Countries", que em tradução portuguesa significa "países de merda" ou "buracos de merda". Obviamente que estas declarações caíram que nem uma bomba e foram prontamente condenadas pelo mundo inteiro, tendo sido talvez o maior erro cometido por Trump desde que foi eleito presidente. E de nada lhe serviu desmentir o sucedido através da sua conta no Twitter, como ele costuma fazer sempre que mete o pé na argola, porque um senador democrata (Durbin) que estava presente na reunião tratou logo de confirmar a veracidade desta afirmação. Quer-se dizer, andou toda a gente indignada com as camisolas da H&M porque, na publicidade que fizeram em alguns sites da marca, mostraram a fotografia de um miúdo de raça negra vestindo uma sweatshirt verde que dizia "coolest monkey of the jungle" (macaco mais fixe da selva), o que levou alguns pessoas desocupadas da vida a comprovar através de algumas teses de mestrado e mais alguns pareceres jurídicos de que havia ali um manifesto sintoma de racismo e aparece agora este pinguim dizer à boca podre: "Sou racista e nem sequer precisam de ser inteligentes para perceber isso"? Será que esse magnata estúpido não é capaz de perceber que tudo aquilo que ele diz enquanto estivar a liderar os destinos da América tem um efeito borboleta com claros reflexos mundiais? mas que julga ele que isto é afinal? Uma escola primária ou algum tipo de infantário? Nos últimos tempos tem crescido na sociedade americana o sentimento de que Donald Trump não tem as competências politicas necessárias para liderar a maior potência do mundo e há inclusive quem comece a suspeitar de que ele pode estar a sofrer de demência, o que eu concordo em absoluto. Ninguém sabe ao certo se aquilo que vem mencionado no livro "fire and fury: Inside the Trump White House", escrito por Michael Wolff, retrata com exactidão as verdadeiras intenções de Trump, quando afirma que ele nunca quis ser presidente e que só queria promover a marca "Trump", mas uma coisa é certa: Quando ele abandonar finalmente o poleiro, não só a marca "Trump" vai sofrer grandes danos em termos de imagem, como ainda por cima a América vai levar muitos anos senão mesmo décadas para recuperar o respeito perdido e o crédito internacional que este palerma inconsciente conseguiu destruir em meia dúzia de meses. Antes da chegada dele, nunca ninguém acharia ser possível o mundo inteiro gozar com a figura do presidente da América e virar costas à antiga "Casa Branca". Sim, não foi nenhum engano, disse "antiga" e posso perfeitamente explicar-vos a razão. É que antigamente chamavam-lhe a "Casa Branca", mas depois que o Donald Trump ganhou a presidência dos Estados Unidos e foi viver para lá, agora muita gente passou a chamar-lhe a "Cagadeira do Trump". E é bom que se saiba que de "merda" deve perceber este homem como ninguém, porque, porco e gordo como ele mostra ser, aposto que já conseguiu entupir todas as sanitas da Casa Branca, e felizmente que a merda ainda não consegue sair pela boca, porque se conseguisse sair e vivesse uns dias na Holanda , ele sozinho seria capaz de entupir todos os canais de Amesterdão...

12/01/2018

Quem te avisa teu amigo é...

Imagem relacionada
Imagem da Net

Há determinados erros que o dono de um carrinho-novinho-em-folha nunca se pode dar ao luxo de cometer...porque, por vezes, podem atrair alguns azares que nenhum dono de um carrinho-novinho-em-folha gostaria de sofrer e que, normalmente, trazem também muitas lágrimas à mistura.

O erro:

Estacionar o seu carro ao lado de um "charuto" velho que aparente ter pelo menos 15 anos de circulação, deixando pouco espaço para que o proprietário do dito "charuto" possa entrar no seu veiculo com a toda a tranquilidade.

O azar:

Pode correr o risco do "charuto" velho ser meu ou então de alguém que seja tão tolerante e paciente distraído como eu, percebem?

É que, para mim, é mais riscadela menos riscadela, pancada ou amolgadela, mas para o dono de um carrinho-novinho-em-folha...pode muito bem vir a ser uma tragédia!
Reconheço que esta minha atitude tem muito pouco de civilizada mas tudo o que ela perde em termos cívicos acaba depois por ganhar em termos pedagógicos. Sim porque, depois de passar por uma experiência traumática destas, qualquer um aprende a respeitar as linhas delimitadoras que estão marcadas no chão e a estacionar melhor o seu carro da próxima vez que for fazer compras...


10/01/2018

Duas faces da mesma moeda...

...ou de um mesmo mundo neste caso...

Enquanto na Austrália a população enfrenta temperaturas na ordem dos 50º celsius...

Resultado de imagem para australia onda de calor 50º


Na Argélia, caiu neve no Sahara...o deserto mais quente do mundo...



Estamos a fazê-la bonita, estamos...

08/01/2018

Francisco...o "soberbo" Pensador..

Imagem relacionada
Imagem da Net

«..O maior mal do ser humano não é quando ele tenta parecer mais inteligente do que todos os outros à sua volta, mas sim quando ele consegue anulá-los e os faça parecer mais estúpidos do que são na realidade...»

(Francisco o Pensador)

07/01/2018

Dos fracos não reza a história...

Resultado de imagem para mario soares
Imagem da Net

Faz hoje um ano que morreu Mário Soares, Doutorado "Honoris Causa" pela Universidade do Porto, antigo Presidente da República, fundador do Partido Socialista Português, figura marcante e incontornável da luta anti-fascista e pai da democracia portuguesa. Um homem cujo labor politico, dedicação e esforço de trabalho para a construção do nosso país foi de tal modo reconhecido e importante, que, pelo menos a julgar por aquilo que tive a oportunidade de presenciar no meu meio social, conseguiu transformar os 3 dias de Luto decretados pelo Governo em honra à sua morte...em 3 dias de contentamento e verdadeira festa celebrados no país inteiro. Na história que conhecemos do nosso mundo contam-se pelos dedos os homens que, através da sua morte, conseguiram realizar a proeza de pôr uma população inteira a chorar de alegria em vez de tristeza. Algo verdadeiramente impressionante, sobretudo se atendermos ao facto deste homem contar no seu currículo a maior quota de responsabilidade por ter libertado Portugal da opressão salazarista. Mas há sempre uma parte da história...que a própria história não gosta de rezar e por alguma boa razão, no mesmo ano em que Salazar foi eleito o melhor português de sempre no programa "Os Grandes Portugueses" realizado pela RTP, o Mário Soares acabou por ser eleito num programa homólogo realizado pela SIC Noticias (Eixo do Mal) como tendo sido o 2º pior português de sempre.
Consta-se que pelos lados de Lisboa há quem esteja a pensar fazer-lhe uma estátua em forma de homenagem - como resposta à petição "insultuosa" que vai ser discutida a 18 de Fevereiro no parlamento a pedir que o nome de Mário Soares seja afastado do futuro Aeroporto do Montijo ou de de qualquer outra obra de grande envergadura -, mas dizem que o projecto ficou estagnado e ainda não avançou porque existem demasiados pombos nas ruas da cidade e estes poderiam eventualmente manchar a memória deste grande homem ao cagar-lhe em cima...

Certo dia o Papa Francisco também disse que era pecado não rezar pelos políticos...mas quando olhamos para certos casos acho que existe determinados pecados que Deus deve perdoar com compreensível facilidade.

03/01/2018

A beleza de ser livre...(e mulher!)

Para abrir o novo ano gostaria de comentar uma noticia que surgiu ontem ou anteontem no JN e que dava conta de uma fotografia publicada no Instagram da Madonna que tem estado a originar grande polémica nas redes sociais do mundo inteiro e muito particularmente no nosso país. Na dita foto a rainha do "Pop" surge ao lado da sua filha Lourdes Maria de 21 anos que por sua vez aparece na imagem de braços bem levantados e com as axilas por depilar. Obviamente que as pitinhas rapadas deste país ficaram logo todas indignadas e insurgiram-se imediatamente contra esta "heresia" mundana tremendamente infeliz, debitando todo o tipo de insultos e comentários pouco ou nada abonatórios sobre a aparente boa relação que a filha da cantora gosta de manter com os seus pêlos. Chegam mesmo ao cúmulo de acusá-la de querer roubar todas as atenções para ela e de ser pouco natural, o que é uma perfeita idiotice. O que pode ser mais natural para o ser humano do que ele poder exibir livre e orgulhosamente todos os atributos do corpo dentro o qual nasceu? Pouco naturais poderiam ser as tatuagens que ela ostenta nos braços, mas nunca os seus pêlos!
Vou confessar-vos uma coisa, as mulheres são umas queridas mas estão sempre a inventar palermices de todo o tipo. Peço-vos antecipadamente desculpa mas não tenho outra forma de dizer isso. Ao longo dos séculos as mulheres tem travado uma luta sem igual, com muito suor, lágrimas e sacrifício, para ver o seu valor ser reconhecido com pleno direito pela sociedade mas por mais que elas tentam emancipar-se estão sempre a inventar novas jaulas, prisões, algemas e "cadeados" para auto-mutilarem-se socialmente e permanecerem prisioneiras da eterna subserviência face aos homens. Querem quebrar a corrente, e possuem força e coragem suficiente para fazer isso, mas, em simultâneo, elas parecem também apostadas em perpetuar o ciclo.


Imagem relacionada
Gabriela, Cravo e Canela

No tempo da "Gabriela, Cravo e Canela" que, para quem não conhecer, foi a primeira novela brasileira difundida em Portugal, era muito comum, para não estar a dizer tremendamente sensual, usar-se pêlos nas axilas, os homens gostavam das mulheres do jeito que elas se apresentavam e no segredo da noite, com mais ou menos chiar na cama, aquilo que não faltava por este país fora eram filhos a nascer todos os dias. Assim, se tomarmos em consideração a opinião da geração "Kim Kardashians" actual (ai deixa-me tirar uma selfie que sou tão linda!), as mulheres, mães, tias, avós, e tias-avós de antigamente eram todas umas grandes badalhocas porque tinham os sovacos carregados de pêlos. Que interessa se elas tomavam banho todos os dias? aquilo era um perfeito horror, nem sei como é que elas conseguiam arranjar tão facilmente os maridos. Mas felizmente que tudo isso mudou. Hoje as mulheres como são muito mais limpas do que foram as suas progenitoras, e as progenitoras das suas progenitoras, gostam de depilar as pernas e as axilas por uma questão de higiene, aparam as sobrancelhas para não parecerem lobas, rapam os pêlos na zona da virilha para ficarem sexys e poderem usar um bikini fio dental na praia e tem outras ainda que rapam a vagina toda para que ela possa parecer o pipi de um bebé doce e macio. Há quem diga que o próximo passo da evolução é rapar o sulco entre as nádegas (mais conhecido por rego do cu) e pintar a zona envolvente do ânus com batom vermelho para parecerem mais apetitosas aos olhos do seu parceiro sexual. E daqui a 100 anos então nem se fala, a tecnologia nessa altura será de tal ordem que vai permitir fazer com que a mulher possa nascer sem um único pêlo no corpo (nem cabelos, nem pêlos, nem sobrancelhas, nem pestanas...wuaauuu, um sonho!). A sério minha gente, há mais algum preconceito que a mulher também goste de alimentar dentro dela e que me tenha esquecido de referir aqui? Já conseguiram perceber o ridículo desta questão? Se a mulher nasce livre e aposta cada vez mais fortemente na sua emancipação, porque continua a tentar inibir-se, maltratar-se e a criar obstáculos para si própria no seu caminho de desenvolvimento? Porque é disso que se trata no fim de contas. Por cada mulher que esteja a maltratar outra por esta querer exercer o seu direito de escolha segundo o que ela entende ser a sua escolha de mulher, é a consciência de que a liberdade individual da mulher não existe e a afirmação de que a sua própria vontade como critério de decisão...não funciona. Continua e continuará aquilo que sempre foi, subserviente ao homem...porque ela está sempre preocupada com tudo aquilo que fere a sua imagem e possa desagradá-lo/afastá-lo, e o homem, por sua vez, nunca fica preocupado com nada disso.
E talvez seja mesmo essa a ideia que a Lourdes Maria esteja a tentar transmitir ao mundo de cada vez que decide divulgar este tipo de fotos. A ideia de que as mulheres não podem apenas limitar-se a defender a sua liberdade. Elas têm que acreditar verdadeiramente nela. Têm que senti-la em toda a sua plenitude, saber usá-la, praticá-la e gozá-la em todo o seu esplendor. Têm que ser livres e autonomas, de uma vez por todas, sem amarras, sem julgamentos, sem preconceitos, sem sentimentos de culpa, sem inibidores de consciência. Libertar-se de todas essas mordaças sociais que elas criaram desde os inícios dos tempos para si próprias, para que deixem de morrer sufocadas...e possam finalmente respirar. Eis a Lourdes Maria, uma mulher que sabe exibir sem rodeios nem receios toda a beleza da sua personalidade sem estar preocupada com aquilo que o mundo pensa dela e os juízos que poderá eventualmente recolher das pessoas à sua volta. Eis uma mulher que não tem medo de assumir e viver a sua liberdade...

Resultado de imagem para lourdes maria sovacos
Imagem da Net

PS: E sabem o que é que tem mais piada? Ficaram todos tão escandalizados e preocupados com os pêlos da filha Lourdes Maria que pouca gente deve ter reparado no mamilo do seio esquerdo que a mãe Madonna deixou tão inteligentemente à vista por baixo da sua camiseta transparente. Mas vão vão reparar agora que falei nisso...

01/01/2018

Feliz Ano 2018!

Imagem relacionada
Imagem da Net


Impressionante. Eram 9 horas da manhã e nem vivalma na rua. Apenas eu e um constrangedora calma profunda. Como se o homem e a natureza tivessem celebrado entre eles um pacto de tranquilidade absoluta. Acredito que o primeiro dia de Janeiro deva ser o dia mais amigo da natureza e do ambiente porque não só contribui para que os carros estejam todos parados na respectiva garagem - reduzindo dessa forma as emissões de CO2 para a atmosfera -  como ainda por cima combate o desperdício alimentar e a obesidade no mundo já que as pessoas só se levantam da cama muito depois do meio dia, ainda enfastiadas com os excessos da noite anterior, e não conseguem ganhar fome suficiente para petiscar seja o que for. Para muitas delas, a primeira vontade será sobretudo de deitar carga ao mar. Enfim, trata-se de uma óptima exemplificação de como deve ser feita uma boa poupança de energia; aquilo que não consumimos também não tem necessidade de ser produzido. Nas ruas vejo alguns cacos espalhados pelo chão, seja de garrafas partidas ou de alguns pratos que alguém decidiu quebrar para cumprir a velha tradição de romper com o velho passado e celebrar a chegada de um novo e auspicioso futuro. Sim, pobreza nova decerto porque para além de perder os velhos a verdade é que os pratos novos costumam custar dinheiro. Ninguém sabe se esse truque funciona de facto mas não há dúvidas de que se trata de um bom método para limpar a casa de algumas velharias desnecessárias. Só é pena isso não se aplicar a tudo e assim poderíamos livrar a sociedade de muita carcaça velha e desnecessária que teima fazer do mundo um lugar concebido só para ela e gosta de espalhar todo o tipo de ódios por ai. Dou alguns passos em direcção ao meu carro e vejo uma cuecas de lingerie no chão, o que me leva a crer que a primeira noite de Janeiro seja também a mais quente do ano. Que outro motivo levaria alguém a desfazer-se de algumas peças de roupa sem ser o terrível excesso de calor? Certamente que não terá nada a ver com o invólucro da DUREX rasgado pelo picotado que estava depositado a dois passos dela. Parece-me bastante evidente que os balões festivos devem ter esgotado nas lojas e que alguém foi forçado a encher a sua casa com preservativos para criar um ambiente de festa. Dizem os especialistas e os srs entendidos da matéria que o Carnaval e o primeiro dia do ano são os dias que mais fazem aumentar os índices de natalidade mas desconheço se essa informação terá algum fundo de verdade. Pergunto-me até como é que eles conseguem chegar a esse tipo de conclusões...