29/04/2018

La justicia machista...

Imagem da Net

Primeiro a humanidade tomou contacto com o "Ménage a Um", por ser a técnica de relaxamento mais difundida no mundo inteiro e também comummente conhecida por "Prazer solitário" ou técnica do "Toca-o-bicho". Depois a Argentina deu a conhecer o "Ménage a Dois", porque seja nas pistas de dança, nas relações amorosas como em tudo o resto na vida sempre foram precisos dois para poder se dançar o Tango. Mais tarde a França sacudiu o mundo com o "Ménage a Três", porque uma vida por vezes ganha mais significado se receber um bocadinho mais de aventura, ousadia, atrevimento e uma pitada de frisson. Mais tarde ainda, foi a vez da América apresentar o seu "Ménage a Quatro", um conceito sexual poligâmico e poliglótico também conhecido por "Poliamor", ou sexo entre pelo menos dois casais, porque toda a palavra que leva o termo "Amor" no final não só corre menos riscos de ser censurável como parecerá também menos condenável. E agora, por fim, na Espanha, país inventor da punheta espanhola e candidato ao prémio Nobel do Forrobodó, ficamos a saber que quando uma manada de 5 jovens delinquentes se lembrar de violar uma mulher indefesa isso já não constitui um crime de violação punível com 20 anos de prisão. Não meus amigos, como agora somos uma sociedade mais informada e evoluída, isso agora passou a ser conhecido por "Ménage a Cinco"...e para alguns juízes muito respeitáveis e amigos da comunidade, também é facilmente confundido com técnicas de prazer e relaxamento...

Agora já percebo porque razão muitas Paellas já começaram a ser servidas com salsichas e o Gaspacho é feito com tomates inteiros bem maduros. Uns verdadeiros tarados estes espanhóis...

C´est pas la "meme" chose...

...sem Jonas e sem a ajuda dos Padres, nunca é...


Imagem retirada da Net com algumas alterações ao conteúdo original 

28/04/2018

A procissão esborrachou-se no Adro...

Quando há dias foi noticiado que o Benfica fez entrar uma acção no Tribunal Cível do Porto contra o F.C. Porto (FCP), exigindo uma indemnização na ordem dos 17,7 milhões de euros por concorrência desleal e violação de correspondência privada, patati patatá e essa treta toda, o advogado dos encarnados, João Correia, bem tinha avisado do alto do seu pedestal que a procissão ainda nem sequer tinha saído do adro e para o país preparar-se para mais surpresas, mas aquilo que ninguém esperava, acho eu, é que a procissão para além de ser tão lenta, majestosa e demorada a sair da igreja, pudesse levar com tantos andores dentro dela (163 para ser mais especifico) a ponto de ser necessário investigar as últimas 5 épocas do Benfica para poder se conhecer a fanfarra, os padres e os bispos responsáveis pelos "milagres", os padrinhos, os deputados e políticos, as toupeiras, as autoridades ocultas da "região" e as marias a rezar o terço no final da procissão. Bem dizia o Francisco J Marques, director de comunicação do FCP, que isto prometia ser uma procissão aos quadradinhos já que, segundo noticias avançadas pelo jornal "Expresso", a Policia Judiciária já estava a monitorizar alguns atletas faz algum tempo e está previsto haver algumas detenções nos próximas dias ou semanas. Não sei se isto também faz parte do espectáculo ou da paródia que todos nós estamos a espera de ver em vez da procissão, mas a julgar por aquilo que aconteceu esta tarde no estádio da Luz entre o Benfica e o Tondela - vitória do Tondela por 3-2 num jogo que colocou a nu a vulgaridade e fragilidades da equipa encarnada quando joga sem o Jonas -, eu diria que o primeiro andor já conseguiu cair antes mesmo de ter saído da igreja...


Foto de Jose Fontes.

The Blogger errors...

Resultado de imagem para blogger
Imagem da Net

Desde que voltei ao mundo da blogosfera já assisti a vários problemas de funcionamento da Blogger. Primeiro foi a lista de "seguidores" que deixou de funcionar e desapareceu misteriosamente do blogue para depois voltar a aparecer miraculosamente alguns dias mais tarde. Depois foi a listagem dos blogues que costumo visitar que também passou a funcionar mal e, de vez em quando, para não ter que dizer constantemente, fazia eclipsar alguns dos blogues mencionados na dita listagem. De uns dias para cá começou a aparecer pequenos quadrados negros no ecrã (4cm x 3cm, mais ou menos) tapavam tanto os textos presentes na página do meu blog como noutros blogues que visitava, e, julgando que pudesse ser um vírus qualquer que tivesse trazido dos anónimos do Shiuuu, fiz um restauro ao sistema do meu computador para uma data muito anterior ao surgimento destes problemas mas no fim acabou por ficar tudo igual. Ontem então, foi mesmo o fim da macacada. Quando entrei na plataforma da Blogger, e apesar de ela estar parametrizada para Português (como sempre esteve), sem que tivesse feito nada agora passou a exibir todas as opções de trabalho em Inglês. Felizmente que percebo bem essa língua e assim não senti problemas de maior mas se uma coisa estiver configurada para Português, porque raio há-de ela trabalhar em Inglês? E se ela se lembrar de aparecer em Chinês, ou Libanês, que raio vou eu fazer? Detesto coisas que trabalham mal ou que ficam fora dos eixos e a Blogger tem estado a portar-se muito mal. O mais estranho é que se estiver a ver o meu blogue e clicar na opção que diz "design" que se encontra naquela faixa estreita no topo da página (por cima do cabeçalho), sou imediatamente direccionado para a plataforma da Blogger com o conteúdo todo exibido em....adivinhem? Português. Milagre...
Isto para dizer que já não consigo perceber nada disto. Não sei se foi trabalho de algum "Hacker", o que seria perfeitamente normal já que todos os dias vejo a indicação de visitas muito estranhas no meu registo de actividade, ou então já começo a acreditar que todos estes erros são propositadamente lançados pela Blogger. Senão vejamos. É sabido que a utilização da plataforma deles é gratuita - fazem isso para atrair pessoas e já por isso nunca paguei nada para ter este blogue a funcionar -, mas também sei que a intenção deles não é fazer benevolato mas sim ganhar dinheiro, e muito de preferência. Ora, como eu ainda não aderi ao Ad-sense nem deixo que façam qualquer tipo de publicidade de produtos no meu espaço, acho que eles fazem estas brincadeiras para incentivar as pessoas a desistir dos serviços deles e procurar serviços mais "fiáveis", já que, para eles, pessoas como eu ocupam apenas "espaço" e gastam recursos valiosos sem dar-lhes qualquer tipo de retorno. Se for essa a razão, apesar de achar lamentável não ficarei de todo espantado por vê-los seguir esse caminho - quem não se iludir também não corre o risco de ficar desiludido -, se for obra de algum Hacker acharei lamentável o facto da segurança da Blogger ser tão fraquinha e tão fácil de contornar, mas se for por outro motivo, fico espantado que ele não tenha sido ainda reportado por ninguém. E se não tiver nada a ver com eles e for apenas impressão minha...então isso só quer dizer que estou senil ou então que fiquei maluco porque já estou a ver quadrados negros imaginários á minha frente...

26/04/2018

O segredo da felicidade...

Imagem relacionada
Imagem da Net

Confesso que nunca fui esse género de pessoa mas depois de ter lido esta noticia no JN, vi subitamente todas as minhas convicções ficarem abaladas. Não sei se a cidade do Porto também está inserida no roteiro das cidades onde é possível pagar o aluguer de um quarto em troca de favores sexuais, mas enquanto proprietário de vários apartamentos espalhados pela baixa do Porto (20 pelo menos), estava a pensar meter também um anúncio nos jornais a fim de publicitá-los e alugá-los a Ucranianas, Francesas, Africanas e Brasileiras muito boazonas em troca de 4 bicos por semana e 3 ou 4 pinocadas por mês. Sei que isso é errado de várias maneiras e que nem sequer devia brincar com este assunto, mas como estou a atravessar a crise dos 40 anos e a moralidade dos homens é sempre afectada pelo irritante defeito de apenas conseguirem pensar com a cabeça de baixo, se conseguir alugar os apartamentos todos...tenho a certeza que vou morrer seco que nem um carapau mas aposto que vou morrer todo consolado e feliz...e se conseguir aguentar pelo menos um mês no meio daquelas bonecas, vai acabar por ficar mais barato do que comprar um carro descapotável para correr atrás do capuchinho vermelho e acabar por comer sempre a avozinha.

E faço votos para que a minha mulher nunca veja este post já agora. :)))

- Com que então tens 20 apartamentos...
- Ó mor, estavas ai?? :(

25/04/2018

E porque hoje se falou tanto em liberdade...


...Como se fosse o Santo Graal da nossa existência e sem terem a menor noção do que ela quererá dizer...que tal a gente escutar a voz de quem goza os créditos de perceber alguma coisa do assunto? Um poema de Miguel Torga, talvez. É que, mesmo sabendo que hoje é o famigerado 25 de Abril e que por vias disso devemos sempre esperar todo os géneros de teatro, a verdade é que já me cansa a alma - mas sobretudo os tímpanos dos ouvidos - de tanto ouvir os nossos governantes e essa costumeira corja de políticos, todos eles falsos como Judas, a falar de liberdade como se ela fosse um valor sagrado indestrutível e indesmentível para eles e um estorvo desnecessário para os outros. Se prezam assim tanto o valor da liberdade, porque estão sempre a maltratá-la, amordaçá-la e a perpetuar no parlamento o coeficiente de Gini que fazem de nós os palhaços da Europa e nos coloca sempre no pódio das desigualdades sociais? Porque continuam a fazer de conta que a liberdade existe se na realidade ela nunca existiu? Não da forma como ela está a ser apresentada perante nós pelo menos. Liberdade é viver, não sobreviver! Liberdade é podermos seguir os nossos sonhos e acreditar na força do nosso mérito e não estudar anos e anos a fio numa universidade para depois irmos parar à caixa de um hipermercado, ou então sermos obrigados a deixar os amigos e a nossa família para trás por termos de emigrar a fim de criar algum valor. De que serve podermos falar o que quisermos se ninguém ouve a nossa voz? De que serve termos a liberdade de poder circular onde quer que seja se não pudermos ir para lado nenhum? De que serve o ensino ser "tendencialmente gratuito" se temos que pagar os manuais, material escolar e as custas todas da educação até completarem os 18 anos e muitas vezes depois disso? De que serve termos um carro se a porra da gasolina está sempre a subir para satisfazer os 63% de impostos que revertem a favor do Estado? De que serve termos um serviço de saúde considerado dos melhores do mundo se continuamos a ver pessoas andarem 30 ou 40 kilometros para conseguir uma consulta médica, outras que chegam a esperar muitas vezes 7 horas para serem atendidos nos serviços de urgências, mais aquelas que acabam por morrer nas intermináveis filas de espera para serem operados? Se tomarmos como referência um pais como a China ou a Correia do Norte, aposto que muita gente diria que somos um povo abençoado e livre, mas se olharmos para o que se passa no resto da Europa, aquela da qual supostamente fazemos parte, já se diria que continuamos a ser um povo escravo, discriminado e maltratado. Um país de nabos à beira-mar plantados que paga tudo aquilo que os outros europeus pagam mas que só recebe uma merda a que muita gente chama de salário, e não há pseudo-socialismos que consigam camuflar essa triste realidade. Dizem que o 25 de Abril trouxe-nos o direito à liberdade, mas eu digo que só nos trouxe a ilusão de sermos livres, e quem discordar...tem toda a liberdade de o fazer porque eu, pelo menos, respeito isso...


Conquista

Livre não sou, que nem a própria vida
Mo consente.
Mas a minha aguerrida
Teimosia
É quebrar dia a dia
Um grilhão da corrente.

Livre não sou, mas quero a liberdade.
Trago-a dentro de mim como um destino.
E vão lá desdizer o sonho do menino
Que se afogou e flutua
Entre nenúfares de serenidade
Depois de ter a lua!

Miguel Torga, in 'Cântico do Homem'

23/04/2018

Massa Esparguete com Camarão

Resultado de imagem para esparguete com camarão tomate
Imagem da Net

Para inaugurar este Blog*, vou revelar-vos uma receita que o pessoal desta casa adora comer e que me foi transmitida há uns anos atrás pela minha amiga Ni. Esta receita sofreu entretanto alguns melhoramentos para torna-la ainda mais gostosa e considero-a a sugestão perfeita para quem quer impressionar a sua namorada com um jantar verdadeiramente romântico.

Ingredientes para 4 pessoas:

500g de espaguete
500g de miolo de camarão
Sal e pimenta branca q.b
1 colher (sopa) de azeite
2 dentes de alho picados
1 cebola picada
Um bocado de salsa picada
100 ml de vinho branco
Uma lata de tomate pelado
1 malagueta seca

Preparação:

- Cozer o esparguete em água temperada com sal até ela ficar "al dente".
- Colocar uma frigideira no fogo com o azeite e a cebola picada e os dentes de alho esmagados.
- Juntar os camarões e temperar com sal, pimenta branca e a malagueta laminada e limpa de sementes.
- Quando os camarões estiverem com uma cor "rosadinha", juntar o vinho branco e o tomate pelado triturado e deixar ferver durante cerca de 5 minutos até o molho reduzir.
- Assim que a massa estiver "al dente" deve ser escorrida e passada por água fria para parar a cozedura.
- Colocar a massa por cima  do molho de camarão (ou vice versa), envolver tudo e polvilhar com salsa picada.

Voilá. Bon Appetit!

(* Post em modo repeat)

22/04/2018

No dia da Terra...

Resultado de imagem para dia da terra

Hoje, por todo o mundo, festeja-se o dia da Terra e este talvez seja o post que as pessoas irão menos gostar de ler de todos aqueles que escrevi. Mas primeiro comecemos pela parte boa e vamos falar deste dia tão singular que desde 1970 tem procurado despertar a consciência dos homens para os problemas ambientais que tem fustigado cada vez mais a saúde ambiental do nosso Planeta. Hoje talvez seja possível encontrar pelo mundo um resquício dessa consciência. Acredito que um pouco por toda a parte, desde a América até a cochinchina, as cadeias televisivas irão fartar-se de noticiar tudo o que de mais belo e bonito está a ser feito neste dia para tornar o planeta mais limpo e mais amigo do ambiente. Com recurso a imagens de todo o tipo, seja de um velhote a plantar uma palmeira no Haiti ou uma turma de crianças a dar as mãos e a fazer uma rodinha à volta de uma árvore algures no Japão, ou até mesmo de um chinês a fazer festinhas na cabeça de um urso panda, seremos imediatamente transportados para um mundo imaginário onde é possível haver paz e amor entre os homens, onde o futuro da humanidade tem um aspecto risonho e a poluição do planeta ficou condenada a tornar-se apenas um mito. Hoje, um pouco por toda a parte, haverá quem apanhe um papel do chão e quem faça a distribuição correcta do lixo no ecoponto. Vidros no contentor verde, pilhas no "pilhão" vermelho, papeis e cartão no azul, metais e embalagens de plástico no amarelo. Wuauu! hoje haverá muita gente orgulhosa de si própria, e sentirá muita pena de não poder fazer isso todos os dias. Tomará que o "Dia da Terra" pudesse ser celebrado todos os dias e talvez assim já fosse possível...

Hoje toda a gente é "Green". Hoje toda a gente é amiga do planeta.

Mas amanhã já é outro dia, e tudo aquilo que hoje consideram importante relembrar, amanhã tudo deixa de ter significado. O ser humano, infelizmente, tem a memória demasiado curta e consegue esquecer à velocidade da luz tudo aquilo que considera de pouco interesse. Toda a gente gosta de ter um planeta verde, com campos verdejantes, céus de azul cristalino e oceanos de azul profundo, mas as pessoas só se lembram de valorizar tudo isso quando um certo dia acordam de  manhã e dão-se conta que deixaram de o ter. Sejamos honestos, ninguém se lembra da camada do ozono, das alterações climatéricas, da subida do nível das águas do mar, do aumento acelerado da temperatura global do planeta ou do filme do Al Gore, a não ser quando uma tempestade violenta lhe aparece à porta e leva o telhado, uma montanha se abate sobre as povoações circundantes através do deslizamento de terras provocado pela chuva insistente ou um tsunami surge sem aviso varrendo tudo à sua passagem, provocando centenas ou milhares de vitimas. Enquanto a tragédia viver na casa alheia ninguém fica preocupado com nada. Ufa, foi mesmo ali ao lado - pensará muita gente enquanto a mídia contabiliza o números de mortos provocados por um deslizamento de terras ocorrido algures nas Filipinas. O mundo estará sempre bem para a parte do mundo que estiver a viver bem. Mas mesmo quando não acontece nada, nada está bem em lado algum, nem nunca estará.

E é neste ponto que eu chego à parte menos divertida deste post. Se não quiserem ficar deprimidos, aconselho-os desde já a parar de ler este texto. Lamento dizer-vos mas seja qual for o esforço do homem, o destino da humanidade será sempre dramático. Pode não ser agora, pode não ser daqui a 100 anos, ou mil, mas um dia irá sê-lo de certeza absoluta e quando esse dia chegar...ninguém lamentará o desaparecimento do Tigre da Sibéria, do Urso Panda, da Onça Pintada, do Tubarão Branco, do Golfinho, da Coruja das Torres ou do Koala, e se encontrar algum deles, será sempre para metê-lo imediatamente na barriga antes que mais alguém apareça. Vejam as coisas desta forma. Comparem o planeta Terra a uma chávena de café e nós somos os pingos de café que estamos a ser introduzidos lenta e docemente dentro dela. Façamos o que fizermos, haverá um dia em que já não haverá espaço e a chávena irá entornar, e nessa altura...a vida do homem será muito dramática. Iremos matar-nos uns aos outros e, para sobrevivermos, poderemos ser forçados a ter que fazer coisas muito desumanas para comer. Não sei se já terá acontecido no passado, mas sei que irá acontecer seguramente no futuro. Assim, acredito muito firmemente que todas estas alterações climatéricas que são resultado de todo o mal que estamos a fazer ao nosso planeta, ao invés de virem a ser a destruição do homem, acabará por ser a salvação da sua presença no mundo. Para uma parte dela e por mais um período de anos pelo menos, porque em todas as carnificinas, genocídios e tragédias humanas relatadas na nossa história, há sempre uma parte que consegue sobreviver ao mais terrível dos apocalipses. Como uma rosa nascida no meio do cimento, para começar tudo de novo...quiçá.

Eu avisei que vocês não iam gostar...

Pensador, o Rei Midas...

Pré-visualizar


Reparei hoje que o Blogue "As receitas do Pensador" que criei propositadamente em Junho de 2017 para partilhar as minhas receitas favoritas com o mundo da blogosfera e revelar também aquilo que mais adoramos comer cá em casa, já não sofre uma actualização a mais de....9 meses. Uma vergonha. Shame on you, Pensador. Não é que não tenha tempo de escrever, ou melhor, também é isso, mas é sobretudo mais uma questão de falta de vontade. Quando criei esse projecto, na altura julgava que ia sentir-me muito mais entusiasmado com ele mas hoje apercebo-me que foi apenas sol de pouca dura ou também conhecido por "tesão do mijo" para aqueles que nunca viram o sol e não sabem ao que ele parece (não estão sempre a dizer que estamos cada vez mais parecidos com os homens das cavernas?). Foi por isso que hoje decidi anunciar ao mundo que tomei uma decisão importante. Isto é, importante para mim porque o resto do mundo deve estar a borrifar-se para isso, mas sempre gostei de sentir-me como uma espécie de "Rei Midas" cujas acções acabam sempre por afectar o mundo de alguma forma sem ser através da sua inusitada capacidade de transformar as coisas em ouro. Para que não haja dúvidas, a única coisa que eu consigo realmente transformar é tudo aquilo que meto para a tripa numa pasta carregada de proteínas que os peixinhos vão também poder degustar mais tarde quando for tudo para ao mar (Porra Francisco, tinhas mesmo que escrever isso??). Mas deixemos os entretantos e passemos logo aos finalmentes. Hoje decidi que vou acabar com o Blogue "As receitas do Pensador" e passar a publicar todas as receitas que gosto de comer neste espaço aqui, ao ritmo que me apetecer e parecer possível. Gradualmente irei voltar a publicar todas as receitas publicadas até hoje, tentando fazê-lo de forma moderada e oportuna, aproveitando aqueles dias em que não tiver nada para vos dizer, e de modo a não fazer este Blogue parecer outro site de culinária. Quando terminar de passar as receitas para este lado, depois poderei eliminar com o outro lado de vez. Acho que desta forma não vou saturar-me tão depressa nem deixar de cumprir a minha missão de tornar este mundo muito melhor para viver, fazendo a sociedade engordar de felicidade em vez de emagrecer...

Podemos aumentar as possibilidades de não morrermos de um cancro se tivermos uma alimentação mais saudável, mas nada reduz as possibilidades de ficarmos engasgados com a dita comida e não haver ninguém por perto que saiba fazer a manobra de heimlich, de sermos atropelados na rua por um carro, de sermos apanhados por uma onda do mar na praia, de morrermos sufocados pelo calor dentro de um prédio em chamas, de sermos sugados por um tornado, de sermos a vitima mais recente de um ataque terrorista, ou de levarmos com um avião ou um helicóptero em cima da cabeça durante a noite se vivermos perto de um aeroporto. Todas as probabilidades que tentamos aumentar acabam por ser anuladas ou reduzidas por outras que tentamos eliminar, e vice versa. É o equilíbrio da vida...

21/04/2018

O dono disto tudo...

Dizem que a verdade é como o azeite e que ele acaba sempre por vir ao de cima...e ultimamente a comunicação social parece estar muito apostada em demonstrar isso. Para servir de bom exemplo, basta analisar a várias manchetes que tem aparecido nos últimos nas capas de jornais idóneos com especial destaque para esta aqui que apresento mais abaixo e que foi publicada pelo jornal "O Jogo" para abrir o dia de hoje...
Lentamente a estrutura do "Polvo encarnado" está a ser desmontada e vai sendo totalmente revelada para a resignação e espanto do público português, que suspira por uma condenação do F.C. Porto mas que acaba sempre por ver-se confrontado com embrulhadas no lado errado, se considerarmos que o ser humano é escravo das suas paixões e a maioria dos adeptos de futebol presentes neste país são afectos ao clube das águias. Mas desta forma vamos conhecendo também o "verdadeiro" extensivo trabalho que está a ser realizado no Sport Lisboa e Benfica pelo seu presidente Luís Filipe Vieira (LFV), e não será nada de estranhar se nos próximos tempos, haja mais detenções, mandatos de captura, novas buscas, condenações judiciais e todo o tipo de revelações de práticas vergonhosas para somar a tudo o que de mau já existe e manchar, mais uma vez, a história daquele clube centenário. Há uns anos atrás, usando o mesmo sentimento de desprezo/ódio que se vê hoje e que a maioria dos benfiquistas alimentam contra o F.C. Porto, a ponto de cegá-los, o Dr João Vale e Azevedo conseguiu levar o Benfica à ruína e quase conseguia fazê-lo desaparecer do mapa, mas pode ser que desta vez o LFV consiga fazer isso...

E estranhamente, a culpa de tudo isso é do F.C. Porto, como sempre...

Imagem retirada daqui
(Ps: Na hora em que escrevi este post, soube que o Benfica voltou a ganhar um jogo ao minuto 92 e tornou-se agora lider provisório da Liga Nós. Coitado. E acha essa equipa que merece ganhar o Penta, se está sempre à procura de milagres e até um Estoril medíocre consegue fazer-lhe frente? Se isso acontecesse (ganhar o Penta) isso seria seguramente a maior palhaçada de sempre alguma vez presenciada no futebol português, porque já não mete apenas dó ver aquela equipa a jogar. De tanto ser protegido pela sorte, agora também já começa a meter nojo...)

20/04/2018

Situações constrangedoras...

Resultado de imagem para estomago a roncar humor
Imagem da Net

E aquele momento em que estamos todos reunidos numa sala pequena, num silêncio quasi absoluto enquanto preenchemos uma ficha de avaliação no âmbito de uma acção de formação de HST (Higiene e Segurança no Trabalho)...e ouvimos o estômago de alguém ali presente roncar com toda a alma, mas cujo primeiro "ronco" pareceu tão esquisito que quase fez lembrar o som de um peido?
É que depois, ficamos todos ali, feito palermas, a olhar de soslaio uns para os outros, à espera de encontrar uma expressão suspeita, com as narinas bem alertas para saber se foi ou não...

19/04/2018

Don´t Worry...Be Happy...

Foto de Francisco o Pensador
Imagem da Net

Onde quer que a gente esteja, mesmo na dor ou na tristeza, há sempre uma surpresa por revelar, um mistério por desvendar, uma alegria para dar, um abraço para partilhar, um coração para amar e um sorriso para ti...

18/04/2018

O Ferrari não faz o homem...(ou a mulher!).

Resultado de imagem para ferrari california
Imagem da Net

Hoje de manhã vi passar à minha frente, quase a passo de caracol, um Ferrari California descapotável novinho em folha tão lindo taão lindo mas taaão lindo...e fiquei de tal modo deslumbrado com ele que nem sequer reparei no personagem que ia a conduzir o carro. Fiquei sem saber se era um homem, uma mulher, o José Castelo Branco, ou até mesmo uma hermafrodita, se bem que, para descobrir a condição desta última espécie que referi, teria que haver circunstâncias bastante esquisitas para alguém que, supostamente, devia limitar-se a conduzir uma viatura. Achei a minha atitude lamentável e confesso que fiquei muito desapontado comigo próprio. Na verdade passei o santo dia a pensar nisso. Que provinciano foste, Francisco. Passou um Ferrari lindo por ti e nem sequer te deu a curiosidade de saber se era o Cristiano Ronaldo? Se fosse, era homem para me atirar sem pensar por cima do carro dele só para poder arrancar-lhe um autografo. Podia aleijar-me um pouco ou até mesmo partir algumas costelas, mas que raio interessa isso? Ia ter os meus 15 minutos de fama e ficaria com uma história para contar aos meus futuros netos e às Marias aos Maneis que iria encontrar no Serviço de Urgência do Hospital. Mas porque sempre tive bons conselhos para dar, apesar de nunca ter a sensatez de segui-los, gostava de alertar todos os bimbalhões deste pais que tiveram a sorte de comprar um Ferrari, ainda que, tecnicamente, ele possa não estar realmente pago. Quando circularem na rua, nunca o façam a menos de 150 Km/hora, mesmo que estejam dentro de localidades. Eventualmente podem sempre arranjar forma de bater contra um poste e ir desta para melhor (são os riscos do oficio..), mas será sempre preferível morrer com um glorioso "Fui tão rápido que ninguém conseguiu ver-me" do que viver no ridículo de ter que dizer "Fui tão devagar e nem assim repararam em mim". 

Aprendam que esta foi de borla. :)

17/04/2018

Hum!...miam....miam!


À primeira vista a cor "esverdeada" que está presente na carne e que pode ser vista na foto em cima, dá a falsa impressão de que estamos a ver carne estragada ou até mesmo podre...mas eu, sagaz como sempre fui e, aparentemente, só eu tenho a capacidade de ser, percebi logo que aquilo só podia ser o tempero da carne. Açafrão, cominhos, alecrim, orégão, manjericão, pimenta e coisas assim...ainda que, visivelmente, alguém esqueceu-se de mencioná-los na etiqueta (aqui só diz carne, tudo muito estranho)...e o cheiro que, apesar da embalagem estar selada, tem um odor putrefacto encantador e não parece ter nada a ver com ervas de Provença...
Já custou 5,53 Euros, depois 3,89 Euros, e agora por uns módicos 1,99 Euros indicados numa etiqueta violeta-fúnebre (do tipo, se me comeres vais morrer pela certa!), quem comprar isto terá a oportunidade de experimentar comida Gourmet ao mais alto nível, e a preço de ginja ainda por cima. É de comer e chorar se houver mais...e também serve para matar o cão da vizinha se alguém precisar que ele deixe de ladrar toda a noite...

15/04/2018

A força do Dragão!

Bem dizia o amigo Trollitas no post mais em baixo:"Quando alguém está cegamente convencido de que vai conseguir enrabar outro, normalmente acaba sempre por ser ele a levar no cu...".
Ao minuto 90 o nosso "patinho feio" Herrera renasceu, cresceu, agigantou-se, metamorfoseou-se de Dragão, respirou fundo, acreditou, encheu o pé, e num remate oportuno e muito bem colocado, cuspiu fogo, libertou toda a sua fúria, deitou o Varela no chão, calou a multidão, apagou a Luz e depenou a águia toda! hehehehe

Hoje ganhou seguramente a melhor equipa. Ganhou aquela que mais tem feito para merecer ser o próximo "Campeão Nacional". Obviamente que isto está muito longe de estar terminado e nós ainda não podemos deitar foguetes nem afirmar que fomos os últimos a rir. Conseguimos recuperar a liderança da Liga Nós com uma vitória épica na casa do adversário mais directo mas o calendário dos 4 jogos que ainda faltam disputar até terminar a época 2017/2018 é claramente muito mais desfavorável para as pretensões do FC Porto quando comparado com o Benfica. Sem sequer falar no desgaste que a equipa da cidade invicta irá ter que sofrer na próxima 4ª feira contra o Sporting num jogo a contar para a 2ª mão das meias de final da Taça de Portugal. Se o FC Porto conseguir sagrar-se campeão nacional de futebol este ano, este será seguramente o campeonato mais competitivo e mais emotivo de sempre, com várias peripécias e surpresas pelo meio, mas até esse dia chegar (se chegar, obviamente), fica-nos pelo menos a satisfação de saber que conseguimos ir até a Catedral da Luz para dar um chapadão de realidade e estragar a alegria daquela gente toda e também ensiná-la a ser doravante um bocadinho mais humilde. Não basta ter fé e pedir constantemente a "Deus" que lhes faça todo o género de milagres, de entre os quais podemos citar o Tetra-campeonato conquistado pelas águias como maior exemplo, se não forem também capazes de demonstrar...que também conseguem ser bons seres humanos. Eu sei que os todos os homens são escravos das suas paixões, mas se a paixão se justifica quando serve para alimentar a nosso alma, não pode de todo servir para justificar todas as asneiras que fazemos na vida. Há que haver também...um pouco mais de bom senso...

Com apenas um golo, hoje ganhou a melhor equipa...e esperemos que também seja a melhor equipa a ser campeã nacional este ano. Sem padres, sem vouchers, e sem toupeiras...

Resultado de imagem para a força do dragão
Imagem da Net

14/04/2018

Haja fé e optimismo!

- Olha uma coisa Pensador...
- Que foi Trollitas?
- Amanhã vais jogar no PLACARD?
- Não sei, tudo depende dos jogos que vai haver.
- Se jogares, aposta com toda a confiança amanhã na vitória do Porto sobre o Benfica porque sinto que ele vai conseguir ganhar o jogo.
- Oxalá isso fosse verdade, mas...o que te leva a dizer isso?
- Não ouvistes o que disse o Luís Filipe Vieira?
- Oh pá, a sério? Ele diz tanta merda...
Se eu fosse de ligar a tudo o que ele diz, estava fodido que me dava logo o sono, mas qual foi a asneira que ele disse desta vez?
- Disse que amanhã vai ser um "Domingo à Benfica".
- A sério? um Domingo à Benfica? Então nesse caso vai ser um jogo roubado com toda a certeza. As toupeiras já devem ter-lhe dito quem ia apitar o jogo e se ficou assim tão confiante é porque talvez seja um daqueles famosos "padres"...
- Isso não sei. Só sei que as declarações dele apenas provam que ele vai perder.
- E como chegastes a essa brilhante conclusão, posso saber?
- Por uma razão muito simples. Conheces aquela história do feitiço que se vira contra o feiticeiro? Pois, se há coisa que eu aprendi ao longo da minha vida é que quando alguém está cegamente convencido de que vai conseguir enrabar outro, normalmente acaba sempre por ser ele a levar no cu...
- Boa pá!


Imagem relacionada
Ó morcão, baza daqui que este lugar é meu!!!

13/04/2018

O conto do vigário...

PV-123.png (302×302)


Bem, ontem apanharam-me num dia bom, formidável mesmo, e a conversa decorreu mais ou menos assim...

- Estou sim, bom dia...tenho o prazer de estar a falar com quem por favor?
- Com quem é que o senhor deseja falar?
- É do número 91XXXXXXX?
- Sim, está correcto, e o senhor é?
- Peço desculpas, não me apresentei. Sou o Arnaldo da empresa "Já-vais-ser-comido, Lda" e tenho boas noticias para si. Pode dizer-me o seu nome?
- Posso Sr Arnaldo da empresa "Isso-pensas-tu, Lda", mas se não sabe o meu nome...como é que sabe se as boas noticias são para mim?
- Hahaha...bem visto caro senhor! (merda, calhou-me um engraçadinho...). Bem, na verdade não sabia, apenas sei que na sua qualidade de proprietário do numero que estou a ligar isso faz de si automaticamente o destinatário das boas noticias.
- Ah! agora percebi...e que boas noticias são essas?
- Tenho o prazer de estar a falar com...?
- Francisco, Francisco o Pensador.
- Bom dia Sr Francisco, tal como já tinha dito represento a empresa "Estás-no-papinho, Lda" e tenho o prazer de lhe anunciar que o senhor acaba de ganhar uma colcha e uma capa de edredom que possuem um valor comercial total de 49,99 Euros.
- Eu?? a sério?? Eh pá, devo ser um tipo mesmo cheio de sorte...e qual é o "mas"?
- O "mas"? não percebi.
- Sim, o "mas" da história. Aquele que surge sempre depois de sabermos que ganhamos um fabuloso prémio de uma empresa que não conhecemos de lado nenhum. Aquele que diz...você ganhou mas...
- Sr Francisco, garanto-lhe que não há "mas" nenhum. O senhor só vai ter que dar-me algumas informações para eu poder preencher a sua ficha e reservar o prémio em seu nome e depois dirigir-se ao Hotel "É-aqui.que-vais-ser-comido" na cidade da Maia para poder levantá-lo.
- Ui? a sério? Só mesmo isso? Só vou ter que dirigir-me ao Hotel "Já-muitos-tentaram-e-ainda-ninguém-conseguiu" e só tenho que levantar o meu prémio sem ter que fazer mais nada?
- Exactamente Sr Francisco.
- Boa! Posso ir lá agora? Vivo a 2 minutos desse hotel e vou trabalhar daqui a uma hora, por isso, consigo dar lá um saltinho num instante e depois sigo para o meu trabalho.
- Calma, calma Sr Francisco, primeiro temos que preencher a sua ficha e combinar algumas coisas. Sabe que isto requer uma certa burocracia...
- Sim, sim...compreendo...que precisa de saber?
- Bem...pode dizer-me o seu nome completo?
- Posso, Francisco "Arrebenta-Cus" Pensador. (Nome falso)
- O Sr é casado?
- Sim, sou.
- Posso saber o nome da sua esposa?
- Sim, Angeline-Jolie-mas-não-é-aquela-do-Brad-Pitt. (Também um nome falso)
- Tem filhos Sr Francisco?
- Sim, 8 filhos. (hahahahahahahahahahahahaha....)
- 8 Filhos Sr Francisco???
- Pois...que quer Sr Arnaldo, cada vez que tentava fazer um...nasciam trigêmeos. Só os últimos é que foram gémeos, e não foram planeados...
- Mas está mesmo a falar a sério?
- Claro que estou! Porque haveria de brincar com isso?
- Bem...Confesso que é muito incomum ver uma família tão numerosa, dou-lhe os meus parabéns Sr Francisco.
- Obrigado Sr Arnaldo, é uma dor de cabeça mas tem valido a pena.
- Bem...Pode dar-me a sua morada completa?
- Claro, 89 Rua do Longe-mas-mesmo-muito-longe-da-minha-casa-e-é-tão longe-que-na-verdade-nem-sei-se-existe.
- Sabe o código postal da sua rua?
- Aquele código com muitos números?
- Sim, esse todo.
- Gostava de dizer-lhe mas nunca fui bom aluno de matemática. Na escola conhecia a tabuada até 5 e pouco mais.
- Não consegue memorizar 5 números?
- Quem eu? Fico com dores de cabeça só de pensar nisso.
- Não faz mal, eu depois procuro.
- Isso, obrigado. (Se o encontrar ofereço-lhe um porquinho...)
- Sabe dizer-me o seu número de contribuinte?
- Mais números??? Está a brincar?
- Não tem o seu cartão de cidadão consigo?
- Eu sei lá dessa porra, a minha mulher é que arruma tudo isso. Eu sou daqueles que perdem tudo.
- Bom, para já não é importante...mas quando for ao hotel com a sua mulher para levantar o seu prémio, pedia-lhe o especial favor de o levar consigo.
- Quando for com a minha mulher? Não posso ir sozinho?
- Bem...tem razão Sr Francisco, não lhe falei ainda sobre essa parte. A nossa empresa está a oferecer estes prémios aliciantes para dar-se a conhecer no mercado e captar a atenção das pessoas. Como tal, quando for levantar o seu prémio, alguns colaboradores lá presentes vão desejar conhecê-los melhor e saber a vossa opinião sincera sobre os nossos produtos para que possamos ter uma ideia mais concisa sobre o nosso real valor no mercado.
- E isso vai demorar muito tempo?
- Bem, Sr Francisco, poderá demorar alguns minutos. Não sei dizer, trinta minutos ou no máximo uma hora. Apenas o tempo suficiente para que o meu colega possa apresentar ao Sr Francisco e a sua esposa alguns produtos disponibilizados pela nossa empresa...
- Apresentar...? Espera ai! Não me diga que vou ter uma daquelas sessões onde a gente tem que se sentar numa mesa e depois um habilidoso qualquer tenta forçar-nos a comprar colchões, purificadores de água, aspiradores e essa treta toda??
- Não Sr Francisco, nós não forçamos as pessoas a comprar nada. Apenas queremos falar consigo e a sua esposa, mais nada.
- De certeza? Olhe que eu sou um tipo muito temperamental. Da última que tentaram fazer-me essa brincadeira, acabei por enervar-me e as coisas correram muito mal.  O tipo foi parar ao hospital, percebe? Não gosto de ser tomado por lorpa! Se isto tem o propósito de fazer-me comprar coisas é melhor dizê-lo já, porque se eu chegar ao hotel e em vez do prémio houver colchões à minha espera...vou partir aquela merda toda!
- Tenha calma Sr Francisco, não é nada daquilo que você pensa. Garanto-lhe que somos uma empresa séria. Era apenas para ter uma conversa informal. Mas o Sr Francisco parece estar um pouco desconfiado sobre as nossas intenções e talvez seja melhor contactá-lo numa outra altura. Numa altura em que talvez esteja menos nervoso...
- Sim, acho que se calhar é realmente melhor fazer isso...(queria comer-me de cebolada mas agora já não lhe cabe um feijão, coitado...) mas então e o meu prémio? Ainda tenho direito a ele?
- Claro, claro...como é óbvio, mas talvez seja preferível contactá-lo daqui mais alguns dias, após o senhor conhecer melhor a razão de existência da nossa empresa e informar-se sobre a forma séria como trabalhamos bla bla blá bla bla blá...através de uns panfletos que vamos tratar de enviar-lhe pelo correio....bla bla blá bla bla blá...
- E depois vocês voltam a contactar-me?
- Sim, sim...Sr Francisco.
- Não vou perder o meu prémio?
- Não, não...Sr Francisco, esteja descansado.
- Bom...nesse caso, vou ficar a aguardar o vosso contacto. E até lá, olhe...muito obrigado por tudo! Você já conseguiu alegrar o meu dia.
- De nada, de nada...Sr Francisco. Adeus.
- Pois....Adeus e Faz Boa Viagem...hahahahaha


Que tristeza. A sério que ainda há gente que consegue cair nesse tipo de emboscada? Este país parece mesmo um "eldorado" para toda sorte de aldrabões e todo o género de cretinices. E eu continuo com esta maldita falta de sorte. Tanto lorpas por este país fora e tinham logo que telefonar para minha casa? Pensei que a sexta-feira 13 fosse só hoje mas já era de prever que comigo ela lembra-se sempre de vir mais adiantada. Um fabuloso prémio disse ele...que só devia mesmo ser suplantado pela "fabulosidade" do prémio que estava no Hotel à minha espera. Um prémio do caraças. O melhor da rifa. Daqueles que fazem chorar qualquer um ao fim do mês. A sorte do individuo é que eu estava num dia bom, porque se fosse noutro dia qualquer tinha-o mandado logo à merda. Já não tenho paciência...

09/04/2018

Os malefícios do sarcasmo...

"O meu maior defeito é ser por vezes tão sarcástico a ponto de levar as pessoas a acharem que são idiotas, e o defeito das pessoas é elas por vezes serem tão idiotas a ponto de levar-me a ser sarcástico." 

(Francisco o Pensador)

Imagem relacionada

Ps: Credo...esta foi mesmo profunda... :)

Piadas machistas...

....que só um Pensador desnaturado e palerma como eu se lembraria de inventar numa hora destas*...

Diz o Trollitas para o Francisco Pensador...

- Francisco, queres vir comigo logo à noite ao Pito da Guia?
- Por mim tudo bem, mas primeiro vou eu e a seguir vais tu!

Resultado de imagem para Pito da guia
Imagem da Net
* Ou às tantas esta piada já foi inventada por muita mais gente antes de mim e já é mais conhecida do que as plásticas da Lili Caneças e nesse caso desaparece o desnaturado e sobra apenas o palerma...

07/04/2018

Bruno de Carvalho, o presidente Kamikaze...

Resultado de imagem para sporting luto
Imagem da Net
Caiu tudo em Alvalade. Foi a anedota noticia desportiva da semana e ela promete ser apenas o preâmbulo de muita coisa ruim que ainda está para acontecer pelos lados da 2ª circular de Lisboa. É oficial, Bruno de Carvalho deve ser o maior cómico que apareceu no mundo do futebol nacional português. Já nem falo do 3º olho que ele diz ter e que o faz ver coisas que, aparentemente, só ele consegue compreender, mas, há determinadas coisas que um presidente de um clube nunca pode dar-se ao luxo de fazer. Agir caprichosamente, ser temperamental e mostrar-se incoerente. E é sobretudo de coerência que se trata, mais concretamente da falta dela, porque ninguém suporta as atitudes de alguém que numa hora defende uma ideia e depois vai rebatê-la no minuto seguinte. Pois foi mesmo isto que aconteceu pelos vistos, já que o BDC conseguiu a proeza de perder toda a confiança e o respeito da sua equipa de futebol à conta disso. Antes da bola começar a rolar no campo do Estádio Vicente Calderón, no jogo que iria colocar frente a frente as equipas do Atlético de Madrid e do Sporting Clube de Portugal, no jogo da 1ª mão a contar para os quartos de final da Liga Europa, o presidente dos leões desceu ao balneário da equipa visitante para dar moral aos jogadores e à equipa técnica antes de vê-los seguirem todos para o relvado e fazê-los sentir o quanto o clube confiava neles e na sua vontade de empenho. "O Sporting confia absolutamente na equipa técnica e nos jogadores e sabe que todos se vão empenhar totalmente nos objectivos que faltam", terá dito Bruno de Carvalho. É sabido que depois disso o jogo não parece ter corrido muito bem para o lado dos leões e o líder leonino ficou de tal modo ressentido com a falta de atitude mostrada por alguns jogadores que acabou por descarregar toda a sua frustração na equipa. Em declarações polémicas, como só ele ganhou a mania de fazê-las, e se calhar também numa tentativa de expiar os seus próprios pecados, lá foi debitando em praça pública os erros cometidos por cada jogador durante o jogo e que, segundo ele, foram mais directamente responsáveis pela derrota da equipa. Matou o Coates, matou o Matieu, matou o Bas Dost, matou o Montero, matou o Fábio Coentrão...e só não matou o Jorge Jesus porque sabia que se o fizesse ele seria logo o primeiro a mandá-lo à merda em directo pela Tv. Obviamente que ninguém gostou desta atitude infantil. "Deste-me um beijo e agora pregaste-me um estalo?" devem ter pensado alguns e com toda a razão. Se horas antes tinha afirmado que confiava totalmente no empenho da equipa, deveria ter confiado que se as coisas correram mal e alguns jogadores cometeram erros...certamente que nenhum jogador deve ter tido a intenção ou o propósito de prejudicar deliberadamente o grupo. Cometemos erros, somos humanos. Dizem.
Mas a parte mais ridícula desta história ainda estava para chegar. Porque só não se sente quem não for filho de boa gente, e para demonstrar que as declarações do presidente desta vez não caíram num saco roto, vários jogadores do plantel leonino partilharam uma mensagem originalmente publicada no Instagram pelo seu capitão da equipa, Rui Patrício, que dava conta do seu desagrado e descontentamento face à postura de BDC, apelando à união e coesão do grupo e que doravante todos os problemas do clube fossem tratados dentro dele, evitando que eles se tornam um motivo de vexame público. Era uma mensagem que espelhava um pedido legitimo mas o "The three eyes man", temperamental como só ele tem a mania de ser, acusou o toque, não gostou, e tratou logo de devolver de imediato o Fábio Coentrão à sua proveniência já que ele era um jogador emprestado pelo Real Madrid - ficando assim sem o contributo de um dos jogadores mais "nucleares" da equipa -, e , por força do mesmo orgulho que o levou a cometer tal asneira, anunciou também que todos os jogadores que tiveram a ousadia de partilhar a mensagem de Rui Patrício nas redes sociais seriam considerados imediatamente suspensos e sujeitos a uma acção disciplinar, o que não seria nada por ai além se não estivesse em causa nada mais nada menos do que...a participação de 19 jogadores. Quando esta revelação surgiu a público, acredito que tenha sido a gargalhada geral tanto para os adversários como para os adeptos do clube verde e branco, no fim de contas nunca nenhum presidente se tinha exposto até agora de uma forma tão ridícula, mas depois do mal feito já não havia mais volta a dar, pois caso contrário o BDC nunca mais teria condições para governar dentro do clube. Como diz a expressão popular: "Ajoelhou, agora vai ter que rezar". Como eu tenho a mania de achar que por detrás de um gesto tão insólito há sempre uma grande possibilidade de haver uma ideia genial, no inicio ainda julguei que o badocha estava armado em jacaré e que tinha encontrado uma forma de levar o treinador Jorge Jesus a querer demitir-se sem pedir indemnizações, que estariam sempre na ordem dos muitos milhões, e confesso que durante a tarde, à semelhança de muita gente, também fiquei na expectativa de saber o que iria suceder na reunião que fora enunciada para esta tarde (15H00) entre a direcção leonina e os seus jogadores. A tenda estava montada. Nela, estava previsto o BDC continuar a fazer o seu espectáculo de circo e uma demonstração clara do seu poder dentro do clube e estava previsto os jogadores se retractarem e assinarem uma nota de culpa, cumprindo os trâmites do processo disciplinar que havia sido instaurado. Mas não houve direito a nem uma coisa nem a outra. Porque, apesar de haver gente muito burra e teimosa neste mundo, há sempre dentro do clube gente com poder suficiente para serenar os ânimos e alertar os burros para os riscos e consequências das suas acções (Jaime Marta Soares), e a reunião, obviamente, acabou por não dar em nada. Ficou tudo em águas de bacalhau. O Bruno de Carvalho voltou a ficar a falar sozinho...e a equipa seguiu directamente para os treinos a fim de preparar o jogo de amanhã frente ao Paços de Ferreira.

Mas agora pergunto eu. Sabemos bem que, apesar da mensagem de paz e união que a direcção leonina vai seguramente tentar passar ao público nas próximas horas, sabemos bem que nunca nada ficará como dantes na relação entre a equipa e o seu presidente, depois deste episódio. Será que havia mesmo necessidade de se criar este imbróglio? Terá sido alguma vergonha o Sporting perder por 2-0 na casa do Atlético de Madrid para os quartos de final de uma Liga Europa? O Bruno de Carvalho pode julgar que tem todas as razões do mundo para achar que a equipa não está a corresponder com aquilo que se pretende ou a revelar todo o potencial que goza ter, mas há uma coisa que ele não pode esquecer nem nunca poderá negar; Esta equipa foi toda escolhida por ele, é a equipa dele, logo, se ela falhar...ele também tem culpas no cartório porque recebeu o seu aval. Além de que essa ideia de estar a difamar, maltratar e prejudicar a imagem de jogadores que representam activos da SAD leonina...não lembraria nem ao burro do presépio quanto mais ao menino jesus.

06/04/2018

Reflexão para o fim de semana...

É sabido que...quando alguém conhecido por ser muito caloteiro e aldrabão decide pagar uma divida,  a noticia acaba por correr sempre o mundo inteiro e não há quem não mostre um ar de espanto, sobretudo se a dita envolver muitos milhões...

Dito isso, parece-me deveras "espantoso" que haja tanta gente "espantada" por ver o Benfica pagar algumas dividas nestas últimas semanas e cortar 97,3 milhões de euros no passivo que tinha...
Será que toda essa gente está a querer fazer do Benfica menos do que é, ou terei sido eu a fazer dele mais do que tem sido, até agora?

É uma boa pergunta, que merece uma boa reflexão, e é pena eu não ser um pensador para saber respondê-la. Apenas acho que, com papas e bolos...deve continuar a ser possível enganar muitos tolos...

Imagem relacionada
Imagem da Net

05/04/2018

Temos Pena, Mário...

Imagem da Net

Em certos sectores de actividade (chamemos-lhe assim), há uma mulher que gosta de se movimentar pelos corredores mais doentios e sombrios da sociedade e que todo o homem conhece por "mulher furacão". Ganhou esse nome porque, quando começa a chupar, consegue levar a carteira, o carro, o barco, a casa, o recheio da conta bancária, enfim, acho que já perceberam...leva tudo o que houver para levar. Essa mulher é de fazer perder a cabeça e alguns homens acabam mesmo por perdê-la, mas não literalmente, felizmente (pelo menos que eu saiba). Que o diga o Mário Pena, o pinga-amor que ficou tão apaixonado por uma delas que acabou por ver os seus bens arrestados e levar com 9 anos de cadeia em cheio nas fuças (toma-lá um beijo amor!). O Pena ficou depenado, coitado, e eu fiquei sem pena nenhuma. Nunca irei perceber o que vai na cabeça de certa gente. Eu sei que o ego de certos homens é tão grande que não consegue caber dentro do Altice Arena, sobretudo quando eles têm uma carteira recheada e julgam-se os donos do mundo, mas dai até achar que aos 60 anos, apesar de ter um corpo acidentado em termos e peso e largura e não ter o charme do George Clooney, tinha predicados suficientes para seduzir uma coelhinha da Playboy que, na altura dos factos, tinha 20 e poucos anos...isso é mesmo obra. Arre que burro. E porque o amor deste contabilista de Famalicão pela stripper Lituana era mesmo grande (quase como daqui até à lua ou da lua até aqui), algo do tipo, amo as tuas nádegas, o teu bumbum, o teu triângulo das bermudas (isto se tiver pêlos, claro, porque se estiver rapado é apenas um pipi de bebé), as tuas melancias enormes e sumarentas, a tua pele doce e macia com sabor a nivea, etc, vai dai lembrou-se de desviar 1,5 milhões de euros dos seus clientes para sustentar os luxos que a amante exigia. Foi dinheiro, foi carros, foi viagens para destinos paradisíacos...minha nossa...o que é que um homem não é capaz de fazer para ter bom sexo (ou até mau, se não conhecer a diferença). No somatório dos crimes, a condenação chegava aos 60 anos, mas como Portugal sempre foi conhecido por ser um país campeão das promoções, reduziram a pena para 9 anos para que pudesse parecer uma pechincha. Agora já não há nada a fazer para a vida deste homem a não tentar reduzir ao máximo o tempo que vai passar no chilindró , enquanto a Erika, coitada, para além do ginásio e da clínica de tabagismo que conseguiu abrir em Gaia à custa do dinheiro do martelão, parece que está a viver à grande e à francesa algures em Miami, na América, onde agora é empresária de moda. Merecidamente, diga-se, porque pelos sacrifícios que ela teve que fazer, por meter um homem daqueles na cama, ela bem que merece ter um final feliz.

04/04/2018

Yupiiiiii!!!!! Oh alegria...oh felicidade...

Devido à minha personalidade capitosa e à minha beleza estonteante, sou tão "amado" por este mundo anónimo da Internet que hoje tomei uma decisão inédita. A partir de agora, sempre que ganhar um seguidor novo naquela coluna ali do lado direito...vou lançar foguetes pela freguesia e abrir uma garrafa de champanhe!
E só pode ser uma garrafa de "Moët & Chandon" ora pois claro, porque nesta casa só se come do bom e só se bebe do melhor, menos nos dias em que a dispensa só tem latas de sardinhas e de salsichas...que é mais ou menos aquilo que acontece por volta de cada fim do mês.

Obrigado Alexandra Almeida, sejas tu quem fores, porque graças a ti já me ri a bom rir quando vi a rolha de cortiça saltar da minha garrafa do champanhe e acertar no rabo do gato da minha vizinha que estava por cima de uma gata lá fora a fazer não sei o quê... :)))

Imagem relacionada
Imagem da Net

03/04/2018

Intuição de Pensador...

Imagem da Net

O que me alegrou ontem à noite, depois de ter visto o meu FC Porto perder no Restelo contra o Belenenses por 2-0, foi ler todos esses comentários eufóricos que muitas benfiquistas deixaram nas redes sociais e nos jornais desportivos "online", a lançar foguetes como se o Penta já estivesse garantido e enfiado no papinho da águia vitória. Costuma-se dizer que quem ri por último ri-se sempre muito melhor e satisfaz-me saber que os adeptos encarnados já julgam que está tudo ganho e que foram eles os últimos a rir.
Chamem-lhe "Intuição de Pensador" se quiserem...mas eu cá acredito com toda a minha alma que este campeonato de futebol ainda vai ter muitas surpresas para revelar...

...e algumas são capazes de me fazer cair da cadeira de tanto rir. :)))

02/04/2018

A nova Páscoa dos homens...

Resultado de imagem para pascoa
Imagem da Net

Se houve quem não tenha reparado, ontem foi domingo de Páscoa e se há coisa que adoro neste dia é que, a cada ano que passa, ele parece-se cada vez mais com o Natal. A única diferença ainda visível a olho nu, pelo menos para já, é que na quadra natalícia temos a loucura dos presentes do Pai Natal, da aletria, das rabanadas, dos sonhos fritos, do arroz-doce, do bolo-rei e da bola-rainha, do Pão-de-ló e do bolo podre, do bacalhau cozido com molho de cebolada, do polvo à lagareiro, do peru recheado, da polarda e do capão, do borrego assado no forno, do camarão salteado, do tronco de Natal, do sortido de bolachas...(e mais outras coisas que infelizmente não consegui comer devido às manifestas limitações estomacais que acompanham a minha condição humana), enquanto que, a Páscoa, é sobretudo a loucura das prendas do padrinho e da madrinha, do ovo de chocolate, das amêndoas francesas, simples ou com recheio de chocolate de leite, dos chocolates de várias marcas, do coelhinho da Páscoa, do folar de ovos, da tarte de amêndoa, da trança enrolada com creme de avelãs, do Pão-de-ló cremoso, das broas de ovos moles, das trufas de chocolate, da regueifa de maçã, do bolo de chocolate e mousse, dos beijos de freira e dos bombons, do bacalhau à Gomes Sá, do cabrito assado com batatas, da perna de borrego assada...(e mais algumas coisas ainda mas eu ainda não consegui recuperar do Natal). Se perguntarmos a alguém (que não seja padre ou até mesmo o Papa) para que serve as festividades do Natal ou da Páscoa, se calhar alguns vão ficar a olhar para nós como se tivessem levado um murro no estômago (nossa...que violência...), enquanto outros são capazes de fazer aquele ar que faria um burro no meio do pasto se lhe fosse perguntado a utilidade do papel higiénico. Para algumas pessoas, que ainda acreditam estar ligadas a essas coisas da religião/tradição, ainda que muito raramente o padre consiga vê-las na missa, a Páscoa é sinónima de flores que são espalhadas pelo chão para receber o "compasso" e da nota de 5 euros que se mete carinhosamente numa envelope para pagar a "bula", com um nome identificativo muito mal escrito para que não seja possível lê-lo e a freguesia o padre nunca saiba que elas não passam de umas "unhas de fome". Porque seja para comer ou para distribuir, é só mesmo isso que importa nos dias de hoje: o dinheiro. Se dissermos que a Páscoa significa "Ressurreição de Cristo" eles gritam "aleluia, aleluia" e dão um beijo na cruz sem sequer se darem ao trabalho de procurar no dicionário o significado de "ressurreição". Fazem isso porque fizeram-no desde sempre e foi para isso que foram educados pelos pais. Não importa saber, aprender ou questionar, importa é fazer e dar continuidade ao circo. Amém. Enfim, para esses, tanto o Natal como a Páscoa já só têm dois significados: Feriado em casa e abastança na mesa. O jejum, o minuto de silêncio às 15H na sexta-feira santa e todos os outros sinais religiosos, isso já é tudo coisa do passado, do tempo em que a trovoada era o sinal de um Deus furioso com os homens, logo, ficarão perdidas nos anais da história e condenadas ao esquecimento. Descansem que não tenciono criticar porque, verdade seja dita, enquanto agnóstico não ligo a questões de ordem religiosa e também só quero encher a mula como os outros (embora, infelizmente, hoje tenho que ser eu a pagar), mas há momentos em que, estranhamente, sinto um certo saudosismo de certas coisas do antigamente. Do tempo em que a Páscoa conseguia reunir toda família, antes de vermos o Facebook pegar de estaca e foder esta merda toda (hoje mete-se um "Like" e já está, a família já foi visitada). Do tempo em que em vez de ficarmos preocupados com aquilo que devemos oferecer ao padrinho ou à madrinha no domingo que antecede a Páscoa - e que hoje já se traduz numa oferta de valor considerável -, bastava irmos todos juntos à missa e à saída deixar o padre benzer um simples raminhos de oliveira que tínhamos roubado ao nosso vizinho e que, com a maior inocência e amor do mundo, ficava coladinho ao nosso peito até que fosse entregue a alguém muito especial. Que saudades desses tempos, em que tudo parecia ser mais simples...e menos enervante para todos...

Uma óptima forma de começar a semana... :)

Quando a Jamala cantou o tema intitulado "1944" em 2016 e ganhou o Festival Eurovisão da Canção 2016 à custa dele, achei-o bastante bonito mas pelos vistos não tinha percebido o alcance desta música porque não fiquei impressionado por ai além. Só que agora, enquanto vagueava pela Net e frequentava aqueles sites duvidosos que só eu conheço e nego-me a revelar, fui tropeçar nesta versão interpretada por Elina Ivaschenko no programa "The voice Kids" realizado na Ucrânia em 2016, e...porra, fiquei arrepiado!...como é possível uma criança de 14 anos conseguir envolver-se tão musical e emocionalmente com esta música que, caso não percebam do assunto, tem um grau de dificuldade terrivelmente elevado. A sério minha gente, fiquei encantado. E vocês? :)

 

01/04/2018

Hoje é o dia das mentiras...

Por isso, já sabem...podem sempre dizer que eu sou lindo, inteligente, simpático e terrivelmente charmoso, porque, para além de parecer verdade, eu hoje estou numa de acreditar em tudo e, na dúvida, guio-me sempre pelo provérbio popular que diz." Com a verdade me enganas"...


Resultado de imagem para pensador charmoso

Os nervos à flor da pele...

Resultado de imagem para mau atendimento
Imagem da Net

Não tinha intenção de falar disso e preferia abordar outro tipo de assunto mas um comentário deixado pela Ni no post em baixo incentivou-me a fazê-lo. Ontem de manhã presenciei uma situação deveras caricata, de tal modo ela pareceu-me ridícula e risível em vários pontos. Fui fazer as compras ao hipermercado aqui da zona - que abstenho-me de dizer o nome para precaver-me de eventuais processos de difamação que possam surgir, bastando apenas dizer que, ainda que seja igual aos outros, é um local conhecido por oferecer preços muito "MINI" - a fim de comprar bananas, arroz, uma lata de leite condensado, azeite e um pacote de pensos higiénicos para a minha mulher (sim, sei que não precisava de ser tão especifico mas achei por bem sê-lo desta vez, só para que saibam que levo as minhas compras muito a sério), e, algures perto da secção do leite, vejo uma mulher a resmungar com o seu companheiro ou marido. A razão dos seus resmungos era o facto, indesmentível e muito habitual naquela superfície comercial, de haver tantos produtos expostos para os quais faltava a respectiva indicação do preço. Temos sempre que andar atrás deles, dizia ela e muito bem. Depois de chamar a atenção da empregada que, coitada, por "distracção" circulava por lá, e confirmar o preço do produto que tencionava comprar, agarrou nele, meteu-o dentro do carrinho e virou costas sem agradecer seja o que for quase como se estivesse com vontade de dizer:"tu é que devias agradecer-me por te obrigar a ser mais competente". Uns minutos mais tarde volto a encontrá-la perto da secção dos congelados, desta vez a refilar com outra menina da loja por uma razão que eu não entendi muito bem mas que parecia estar relacionada com a falta de profissionalismo dos funcionários daquele espaço. Entretanto termino as minhas compras e dirijo-me à caixa de pagamento quando acontece a cena cómica final. Junto do "tapete" da caixa, estava um expositor cheio de ovos de chocolate da Páscoa que, para não variar, não tinha os preços indicados, e quis o destino, zombador como só ele sabe ser, que a dita mulher fosse atraída por eles e corresse imediatamente na sua direcção para tocar/avaliar melhor o produto e decidir se valia a pena comprá-los. Mas quando viu que não havia preços...então ai...saltou-lhe a tampa de vez. A mulher parecia quase possessa. 

Tudo isto porque, quando ficou aborrecida e chamou a atenção da empregada que estava na caixa, primeiro foi ignorada pela mesma, como se ela fosse uma doidivana qualquer que gosta de falar sozinha, mas depois, quando viu que estava a ser ignorada, subiu o tom da voz, exigiu respeito e ameaçou com o livro de reclamações, o que levou a dita empregada a pedir-lhe para falar com mais calma e tocar uma campainha para chamar a sua "chefa", de maneira que fosse ela a resolver aquela situação. Como a "chefa" tardava a chegar, a mulher começou a perder a pouca paciência que tinha já que ela queria prosseguir as suas compras e talvez tivesse muita coisa por fazer em casa, mas como também queria saber o preço dos ovos, perdeu a compostura e começou a debitar alguns comentários desagradáveis. É sempre a mesma merda...já estou farta disto...não sabeis fazer nada em condições....vocês mereciam é que eu pegasse nos ovos e os levasse de borla uma vez que não tem preço indicado...e coisas assim do género. Quando a menina da caixa ouviu da boca da mulher que ela ia levar os ovos de borla, em vez de ficar calada como se recomenda neste tipo de situações ou voltar a apelar à calma, preferiu antes dizer à mulher para ela fazer aquilo que lhe apetecesse, que o problema era apenas dela e que depois isso seria um caso de policia. Fiquei completamente parvo. Parvinho mesmo. Mas entretanto chega a "chefa". Depois de ouvir as queixas da mulher, e em vez de controlar/acalmar a situação, lembrou-se de ser sarcástica com ela e indicou-lhe com o dedo indicador um outro expositor que estava a dois passos dali e que tinha os mesmos ovos de chocolate devidamente identificados com os preços respectivos. Só tinha que abrir os olhos minha senhora....disse ela, para total incredulidade de quem estava a assistir. E pior, quando a mulher argumentou que não era obrigação dela procurar preços, a "Chefa" retorquiu-lhe com um tenebroso "Ó minha senhora, tenha lá paciência", virando em seguida as costas e deixando a mulher a falar sozinha. Obviamente que depois disso a mulher nunca mais se calou e se o estabelecimento não fechasse às 20h, aposto que o espectáculo de circo ia prolongar-se pela noite dentro.

Confesso que fiquei burro com tudo isto. Primeiro com a atitude da mulher que parece apenas interessada em ser respeitada e não parece nada interessada em saber falar com educação e tratar as outras pessoas com respeito. Depois foi a atitude da empregada da caixa que, em vez de matar o problema pela raiz, apelar à calma...com toda a calma...e tratar o cliente com o respeito que merece, como manda o código de boa conduta que ela ter lido algures no contrato que ela assinou com a sua empresa, armou-se em boa portuguesa e tratou logo de mostrar à mulher que estava a cagar-se para a conversa dela (posso ser uma empregada de caixa e ganhar o ordenado mínimo mas tu para mim és merda e eu sou mais importante do que tu) e quando pude dar o "troco", nem hesitou. Foi instintivo (tomá-la que já comestes..).E por fim, a atitude da "chefa" que, de todas, foi aquela que mais me escandalizou. Se a mulher pode ser desculpada pela educação que nunca tive e a empregada pela formação de atendimento ao público que nunca recebeu, o comportamento da "chefa", esse, não tem desculpa possível. Era mais do que sua obrigação acalmar a cliente, conversar com ela, pedir-lhe desculpas ainda que a culpa possa ser dela, servi-la bem e incentivá-la a ter a melhor opinião possível da loja e da  marca que representa. É para isso que ela é paga e é para isso que serve uma "chefa". Mas que fiz ela? Gozou-a e virou-lhe costas. Ou melhor dizendo, humilhou-a...
Mais uma vez ficou provado que o povo português não se presta a servir ninguém. Seja qual for a posição social e profissional que ocupa na sociedade, ele apenas pensa em ser servido, desprezando qualquer atitude/opinião que seja contrária a dele. Fingimos respeitar a liberdade e a opinião de todos mas depois quando chega a hora da verdade agem todos como se fossem ursos. Mas digo-vos uma coisa. Se naquela hora a mulher decidisse assinar o livro de reclamações e me pedisse para ser testemunha dela, aquela empregada mas sobretudo aquela "chefa"...já estariam ambas no olho da rua, mesmo que não sentisse qualquer tipo de empatia ou admiração pelo comportamento da mulher. É uma questão de valores que defendo com toda a minha honra mas sobretudo por uma série de princípios que, naquela situação, foram completamente atropelados e anulados um a um. 

E é também por isso que, naquelas horas, só me apetece ouvir esta música do Mika...