12 junho, 2008

Sabia que?

A Lei do Financiamento dos Partidos de 2003, estipula que a subvenção anual pública dada pelo Estado tem por base 1/135 do Salário Mínimo Nacional por cada voto obtido?
Ora...e o que quer isso dizer exactamente?
Isto significa que por cada voto dos eleitores os partidos com assento parlamentar recebem 3,16 euros!
Á primeira vista até parece coisa pouca, não parece?
E se eu vos dissesse que as últimas eleições de 2005 renderam uma subvenção ANUAL de 8,1 milhões de euros para o PS; 5,2 milhões ao PSD; PCP ficou com 1,4 milhões de euros; o CDS/PP com 1,3 milhões e o Bloco de Esquerda com 1,1 milhões???

Assim desta forma a coisa já muda totalmente de figura, não muda?
Já vos parece mais escandaloso, não parece?
Pois, mas é a mais pura das verdades e com ela consegue-se ficar com uma ideia mais clara sobre as reais motivações dos partidos políticos!

Acho tudo isto errado.
Porque razão teremos nós que ser obrigados a manter essa cambada de pançudos?
Os partidos não deveriam ser sustentados pelo erário público!
O contribuinte não deveria pagar o funcionamento das máquinas partidárias!
Isto é um verdadeiro absurdo!
Para exercer a actividade parlamentar os partidos já recebem da Assembleia da Republica todo o apoio financeiro e logístico de que necessitam!.
E isto sem sequer falar nos vencimentos principescos, nas mordomias, secretários particulares (um para cada deputado) e a restante máquina administrativa que os parlamentares recebem para na maioria das vezes nem sequer meterem os pés na assembleia!


Por isso, tenho que dar razão ao Victor. (É um tipo que gosta de dizer umas coisas, por vezes duas...e já por isso gosto dele assim...hehehe)
Temos que começar a votar todos em Branco!
A abstenção não serve para nada!
A abstenção pode apenas querer dizer que o povo preferiu ir à praia do que deslocar-se ás urnas!
Mas o voto em Branco tem muito poder!
O voto em Branco é um voto de protesto, uma arma perigosa que amedronta o poder politico!
Votar em branco é o mesmo que dizer: "Sois todos uma cambada de filhos da P#&%!"

Nas próximas eleições vamos todos votar em branco!
Vamos todos dizer a esses tipos que se eles quiserem continuar a mamar vão ter que passar a mamar no touro porque a vaca está a ficar seca!

6 comentários:

  1. Vá lá. É que já se ia tornando habitual discordar contigo.

    Desta vez concordo contigo PARCIALMENTE. :-))

    Só não concordo totalmente porque não vou votar em branco mas quanto às subvenções dos partidos estou de acordo. Que possam ter direitos de antena nos órgãos de comunicação social em períodos eleitorais graciosamente ainda estou como o outro. Lembraram-se de considerar ilegal o financiamento de empresas e paticulares e agora temos que pagar todos. Eu quero lá saber que uma empresa financie um partido. Na prática os jogos de poder continam a existir. Detesto quando começam com falsos moralismos. Ou será que o legislador é algum inocente?

    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Nisto...meu amigo...nisto tenho de concordar contigo! Se bem que isto levanta outras questões. Se os partidos fossem sustentados por privados não poderiam depois ser acusados de conflito de interesses?! É um caso complicado de resolver, este!

    É que, visto não serem nenhuma empresa, não conseguem obter €€€ para os seus custos....

    É apostarem no merchandising... AHAHAHAH

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Pensador pela referênciazita. Gostaria de deixar só uma pergunta. Não serão já os partidos financiados maioritáriamente pelas empresas?
    Observai os Amorins,Belmiros e outro exemplares da nossa praça, observai senhores o que se passou no CDS...

    ResponderEliminar
  4. Daí a lei que veio limitar o financiamento dos partidos politicos por empresas e particulares.

    ResponderEliminar
  5. Ahahahaha....tens umas piadas muito giras NI...e por isso os nomes inventados que apareceram no CDS.
    Boa Lei,Bom Português a "cumprir", bom advogado a estudar os "buracos".
    Alguém tem dúvidas do dinheiro das construtoras para os partidos e outros que tais.
    Não nos enganemos, o céu em Portugal, não é asim tão azul.

    ResponderEliminar
  6. Ni,Sadeek e Victor.
    Não é o legislador que é inocente, o povo é que é!
    Na prática o que acontece é o seguinte:

    - Os partidos continuam a receber dos privados os financiamentos que recebiam até aqui, com apenas a diferença do cheque passar por debaixo da mesa em vez de passar por cima.

    - Os partidos passaram a receber mais um bônus (E que bônus!!)do próprio estado com a esta lei 19/2003 de financiamento dos partidos.

    Mas o que esta medida tem de bom é que como os valores dependem sempre do valor do ordenado minimo, os governos começaram a nutrir mais interesse em promover a "subida rápida" do seu valor!
    Poderá ser nesse aspecto algo de positivo para a vida dos portugueses.

    Mas o que me dá vontade de rir é que mesmo com esses abonos, os partidos (a excepção do PCP) estão todos com dividas à Banca.(17 milhões segundo se consta)
    E quem deve...terá que fazer favores a quem cobra!

    Por isso sadeek, os conflitos de interesse acabam por se verificar de qualquer maneira..

    Abs

    (Ps: Victor, sobre o CDS, gostei propriamente do donativo atribuido pelo Jacinto Leite Capelo Rego...hehehe)

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."