Seguidores

02 fevereiro, 2009

A matemática do Futebol

No jogo realizado este passado domingo, entre o F.C. Porto e o Belenenses, pasmei quando vi o árbitro Duarte Gomes "forçar" (Propositadamente?) um cartão amarelo ao Fucile, jogador uruguaio da formação portista, para castigar um lance - supostamente - cortado com a mão (Lance esse que terá ajuizado mal como foi provado mais tarde através da imprensa) e originando com que este fosse impedido de disputar o próximo jogo desta prova, contra o Benfica, por acumulação de (5)cartões amarelos já recebidos em jogos da 1ª Liga.

Em seguida, quando o jogo já estava quase no fim, vejo o mesmo Fucile "forçar" também ele, o 2º amarelo, de modo a provocar a sua expulsão imediata da partida e possibilitar que possa jogar contra o Benfica no próximo domingo, já que o jogo de suspensão respectivo irá ser cumprido já nesta próxima 4ª feira contra a formação do Sporting, nas meias-finais da Taça da Liga.

Á partida, tudo indicava que estava a ser presenteado com um "Vai-e-vem" deveras interessante, peculiar Q.B, mas verdadeiramente jubiloso foi ficar a saber no dia seguinte, que este jogador uruguaio já contava com 4 cartões amarelos no início da partida, levou com mais 2 durante o decurso da mesma, será castigado com 1 jogo de suspensão, e.....continua com 4 cartões no cadastro...
Mas que raio de matemática é esta? Em que escola terá estudado esta gente? Na independente como o Sócrates? Terá sido numa escola tutelada pela Maria de Lurdes Rodrigues antes de ela se lembrar que poderia brincar ás ministras?
Desde quando é que 4 + 2 = 4???
Alguém contratou uma encarnação do Picasso para pintar fórmulas de matemática no seio da Liga?

Juro-vos!...cada dia percebo menos disto.

2 comentários:

  1. E eu cada vez mais gosto do nosso futebol... :S

    ABRAÇOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    ResponderEliminar
  2. Também não é para perceber, ahahahahahah

    N.B. - Fizeste-me lembrar aquele jogo da Liga dos Campeões em que só faltou ao Jorge Costa colocar-se de joelhos para o árbitro lhe mostrar o cartão amarelo...

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."