27 abril, 2011

Para segurar estou cá eu... :)



Já vos contei o quanto adoro "Mexilhões à Marinheira"? :)


Jolie lá de casa (junto à porta do frigorífico) - Chico, dás-me aqui uma ajuda por favor?
Pensador - É para já mor! De que precisas?
Jolie - Segura aqui na prateleira.
Pensador - Com todo o prazer.
Jolie - Hein!? Mas que estás a fazer?
Pensador - Não pediste para segurar-te na prateleira!
Jolie - Ó minha mãe...Queres parar com as tuas brincadeiras? Vais fazer-me deixar cair o mexilhão!
Pensador - Não! nem penses! eu seguro-o mor! eu seguro-o!
Jolie - Chiiiico!!! Ai?! Mas que raio te deu?...Eu não acredito nisto...

3 comentários:

  1. Haja bom humor e a vida tem mais sabor! A mexilhão, claro.

    ResponderEliminar
  2. Dona Laura, para tristezas...já me basta todas aquelas que me rodeiam por este mundo fora.
    Já que a história da vida se occupa tão bem de massacrar os nossos sonhos e a nossa auto-estima, há que tentarmos, dentro da medida do que nos seja possível, trazer bom humor, alegria e felicidade para a vida daqueles que nos são queridos e amamos de verdade.
    Não custa muito e os resultados são sempre mágicos. :)

    Julie D'aiglemont (adoro pronunciar o teu nick), mais do que a simples função em si, acho que o acto de segurar "prateleiras e mexilhões" foi um talento que parece ter nascido comigo e tem-me acompanhado sempre ao longo da vida.
    Incrível como certos dons/habilidades nascem com a gente, sem nunca ser preciso ninguém nos ensinar.
    Dá para acreditar? :))

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."