14/03/2018

As coisas nunca acontecem por acaso...

...logo, o silêncio do Governo à volta de todos estes casos vergonhosos que envolvem o futebol português em geral e o Benfica em particular, também não deve ser fruto de um acaso...
No futuro, talvez venha a ser possível descobrir quem tem sido a figura do Governo que tem estado a pôr paninhos quentes e a proteger o Benfica até hoje, pressionando o resto do Governo a não agir. Até porque, como disse e bem o Francisco J. Marques, isto de meter "toupeiras" na Justiça não pode ser conseguido apenas pela mão de Paulo Gonçalves, caso se venha a provar o seu envolvimento. Teve que haver a acção de mais cúmplices na jogada. E quem é que manda na Justiça e conhece bem os seus corredores? o Governo...

“UM SISTEMA COLOSSAL PARA BENEFÍCIO PRÓPRIO E IRREGULAR”

Processo e-Toupeira foi um dos temas centrais em debate no “Universo Porto da Bancada”, do Porto Canal

O processo e-Toupeira foi um dos temas em dicussão na edição desta terça-feira do programa Universo Porto da Bancada. Francisco J. Marques considerou estranho que ninguém do Governo se tenha pronunciado sobre o caso que, defende, coloca em causa um dos pilares da democracia e aproveitou para fazer o retrato daquilo que considera ser o “polvo” do Benfica.

“São vários ramos: uns têm a ver com a arbitragem, outros com a justiça, outros com a Liga ou com a Federação, outros com órgãos de disciplina desportiva. É um sistema colossal para beneficio próprio e irregular”, sublinhou o Diretor de Informação e de Comunicação do FC Porto.

Outro dos pontos debatidos foi o antijogo que marcou o Paços de Ferreira-FC Porto​, do passado domingo para a Liga NOS. “É um problema cultural do futebol português. A FIFA tem o objetivo de há longos anos que se chegue à hora de jogo de tempo útil num jogo de futbol, em Portugal a média é de 49 minutos”, observou.

Informação e video retirados daqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."