20 março, 2011

Pai, nunca me faltes.



"Pai, nunca me faltes"...foi à ouvir essas palavras que quase desfaleci de emoção no abraço forte que partilhei com o meu filhote mais velho, depois de ter lido a carta que ele me ofereceu  no Dia do Pai, e tentava à todo o custo disfarçar as lágrimas que me escorriam pela fronte, para não assustar o terrorista mais novo que nos observava silenciosamente aos pés da cama...sem saber muito bem o que pensar no que estava por ali a acontecer...

"Querido Pai,
Hoje é um dia especial, o teu dia especial e simplesmente te quero demonstrar como é bom, profundo e sincero o meu sentimento por ti.
Tu acompanhaste-me toda a minha vida até agora!
Sempre me deste bons conselhos, conselhos que foram e continuam a ser importantes para o meu desenvolvimento como pessoa mas principalmente porque me demonstram que gostas de mim e te preocupas comigo e com o meu bem estar!

Foste tu que me ensinaste o significado da palavra: "família" que não é só uma palavra mas sim um sentimento de amor, uma união profunda entre todos e espero que quando for adulto que possa ser como tu e te possa recompensar tudo o que fizeste por mim. Quero ser para sempre o teu menino pois terás sempre um lugar no meu coração.

Quando choro tu me consolas, quando rio tu ris comigo, isto, são coisas simples mas muito importantes para mim.

Há demasiada história e palavras que contariam a nossa relação mas eu posso resumi-las todas numa só: "amor" e é isso que sinto por ti.

FELIZ DIA DO PAI....TE AMO!...BEIJINHOS..."

Damn it!...isto é coisa que se faça à um pai?
Anda aqui um homem iludido...de que é forte, de que está sempre preparado para tudo, contra perigos, contra armas e canhões, contra ventos, marés, tempestades, terramotos, tsunamis...e estes bandidos conseguem sempre fintar a gente!




5 comentários:

  1. Estás a ver?

    Quem te conhece sabe quem és (não és tão mau como às vezes fazes questão de dar a entender).

    :)


    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Nina, confesso que fui totalmente apanhado de surpresa.
    Fiquei sem palavras, quase atônico.
    Há momentos simplesmente mágicos para a vida de um pai. :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Estas surpresas são uma das muitas boas razões para se querer ter filhos. :)

    ResponderEliminar
  4. Não sei que idade tem o teu filho, mas adorei o discurso seguro, forte e adulto. :D

    ResponderEliminar
  5. TheWriter, sim..são momentos raros de facto, que pela sua intensidade acabam por servir de tônicos que fortalecem a nossa alma e compensam, de certa forma, as muitas dores de cabeça que eles nos trazem no dia a dia....hehehe
    Não é fácil cuidar de uma familia, sobretudo quando a conjuntura económica/social não nos favorece, mas a gente vai lutando e vamo-nos esforçando para que tudo corra bem. ;)

    S*, Tem 12 anos, é muito distraido, mas também extremamente maduro para a sua idade.
    Desconfio que ele me veja como um homem "Pensador" (Shame on you Pensador, conseguistes enganar o teu filho!), logo, creio que ele teve intenção de me impressionar através deste seu discurso tão "seguro, forte e adulto"....hehehe
    E não há dúvidas que conseguiu! Oh se conseguiu!
    Sinto muito orgulho nele. :)

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."