03/11/2017

Ajoelhou?...agora vai ter que rezar....

Juíza espanhola emite mandado europeu de detenção contra Puigdemont
Imagem da net



Dizem que, quando um barco começa a naufragar os ratos que vem lá dentro são sempre os primeiros a pressentir o perigo e a tentar fugir. Uma atitude desesperada de quem vê a sua vida ameaçada e não deseja ser apanhado mas que se revela completamente inútil porque seja dentro ou fora do barco só existe água à volta e a morte é sempre certa. 
Assim, eis o grande Carlos Puigdemont...o independentista convicto, o homem integro que se dizia carregado de grandes valores sobre liberdade e identidade de um povo...e que também foi o primeiro a dar à sola mal sentiu cair sobre ele alguns pingos de chuva...

Está actualmente na Bélgica e diz que não quer ser preso, coitado...

2 comentários:

  1. Por acaso não concordo nada com os presos políticos. A democracia é uma coisa muito linda...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que sim, mas liberdade também significa responsabilidade. Pode um homem dar-se à liberdade de conspirar contra quem lhe dá sustento e criou o sistema que possibilitou a sua eleição para depois conduzir enganosamente um povo para as malhas da sua desgraça? Tinha que haver uma punição. Somos livres de pensar mas todas as nossas acções acarretam consequências, caso contrário em vez de uma Democracia teríamos uma Anarquia.

      Eliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."