25 abril, 2008

Foi exactamente há 34 anos...

Que Portugal saiu das trevas profundas pelas mãos de nobres e valorosos soldados cuja reconhecida coragem possibilitou que a população pudesse sentir finalmente o irrebatível gosto da liberdade...


Mas ainda assim...hoje e mais do que nunca, creio que se tornou importante salientar...
Maior do que a importância do velho 25 de Abril, só mesmo a necessidade de haver um novo...

E por aquilo que estou a ver, os nossos governantes estão a começar a sentir a ameaça...

2 comentários:

  1. A liberdade é um exercício diário que implica responsabilidade.

    Recordo-me bem daquela manhã em que olhei para o céu e vi aviões a baixa altitude e que tive a percepção de que voltaria a ver o meu pai.

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Nina, a semelhança do que vejo em ti..vejo também o teu pai como um homem que soube ser digno da sua liberdade..

    Bjs

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."