06 maio, 2018

E pela 28ª vez na sua história...

Resultado de imagem para fc porto
Imagem da Net

...E após 4 inusitados, longos e muito penosos anos de jejum, eis que o Dragão se ergue finalmente, qual Fénix renascida das cinzas, e volta a fazer do Porto o novo Campeão Nacional de Futebol. Faltava apenas um ponto para que tal acontecesse e estava totalmente convencido de que amanhã teria sido o dia da confirmação final, no último jogo da época 2017/2018 disputado em casa contra o Feirense - cuja perspectiva de conquistar o titulo fez com que a lotação do estádio esgotasse completamente apenas numa manhã -, e que, prevejo, irá ser carimbado com muitos golos para que não haja quaisquer dúvidas sobre a justeza do vencedor deste ano, cujo titulo de campeão assenta-lhe na perfeição por ter sido muito bem conquistado e inteiramente merecido. Mas desta forma a festa também se faz e não fiquei menos feliz por ver o meu clube do coração sagrar-se campeão no sofá. Pelo menos agora acabou-se finalmente a palhaçada e fez-se justiça no futebol. O Sporting e o Benfica estavam proibidos de empatar o jogo desta noite em Alvalade sob pena de ver o FC Porto sagrar-se automaticamente campeão, mas a verdade é que os dois clubes não conseguiram fazer melhor do que um empate sem golos apesar do árbitro Carlos Xistra ter feito vista grossa a 2 penaltis escandalosos por marcar a favor dos leões, seguindo também ele uma tendência que vimos tantas vezes ser repetida ao longo de toda a época. Mas porque a verdade desportiva é como o azeite e ele acaba sempre por vir ao de cima, com muita determinação, força, coragem, vontade, união e resiliência, contra tudo e contra todos, com a toda a glória e justiça, o FC Porto volta a ser Campeão Nacional com todo o mérito. E agora que o desígnio nacional do "Penta" ficou irremediavelmente perdido para os lados da Luz, mesmo com a ajuda dos emails, dos vouchers, das missas, dos padres, das toupeiras, da operação lex, e da droga a entrar pela porta 18, talvez seja chegada a hora do Governo, da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e da Liga Portuguesa de Futebol (LPF) começarem a ganhar alguma coragem para darem a cara e fazerem uma limpeza decisiva nos bastidores do futebol português para limpar de uma vez por todas toda esta podridão, poluição e vergonha, que infestam o ambiente e tomaram de assalto o mundo da bola, para que este lindo desporto possa voltar a brilhar e orgulhar-se do papel que ocupa na sociedade. E para que volte a ser possível um pai levar um filho ver um jogo de futebol ao vivo sem que corra o risco de ser espancado ou morto às mãos de uma claque delinquente ilegal. Os últimos 2 anos, que conduziram ao Tri e ao Tetra do Benfica foram particularmente tristes, com muito "colinho" e favorecimento a mostrar-nos claramente que a Mafia não vive só na Itália, mas este ano foi tão degradante e vergonhoso...que cheguei mesmo a pensar seriamente em desistir de ver futebol. Para mim ver um clube conquistar títulos à custa da batota, corrupção, e outra série de ilegalidades, vai contra tudo aquilo que mais amo na vida e todos os valores que defendo. Assim, se o Benfica tivesse conseguido conquistar o almejado "Penta", teria sido simplesmente a maior palhaçada alguma vez assistida no futebol português. Felizmente que isso não aconteceu, e quem ganhou com isso foram os verdadeiros amantes do futebol praticado dentro do campo, e talvez esta época estrondosamente falhada volte a trazer alguma humilde para os lados da Luz, de modo a fazê-los meditar sobre a sua conduta e tudo aquilo que aconteceu este ano, porque por mais amor que se tenha a um clube...há certos princípios morais que devem prevalecer acima de todos e, contrariamente ao que se pensa, os fins nunca podem justificar os meios.

Parabéns para toda a equipa! Parabéns ao clube! Parabéns à SAD portista! Parabéns ao Pinto da Costa e todo o Staff da equipa!...Parabéns ao porteiro, ao roupeiro e ao apanha bolas!...mas sobretudo...muitos parabéns ao nosso grande grande treinador Sérgio Conceição, sem sombra de dúvidas a maior figura deste titulo, porque conseguiu ser campeão num ano em que o clube não investiu quase nada e soube recuperar jogadores que estavam emprestados (Marega, Aboubakar, Sérgio Oliveira) e transformá-los em figuras determinantes para a conquista do titulo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."