11 maio, 2018

Guerra nos prolongamentos...

Eis uma imagem que vale...poucas palavras...e que revela uma constante que foi sintomática durante a época toda de futebol...

 


O Pedro Guerra (Benfica) a falar mais uma vez para o boneco...
O José Pina (Sporting) a braços com umas tremendas dores de cabeça por estar sentado ao seu lado e  ter de ouvir tanta palermice junta...
E o Manuel Serrão a aproveitar o monólogo do Pedro para bater uma linda e merecida soneca...

...sobretudo quando o nível de imbecilidade balofa daquele sujeito é por vezes tão elevado que chega mesmo a paralisar-lhe o cérebro, a ponto de levá-lo ao ridículo de dizer que o campeonato ganho pelo Porto, com todo o mérito, não devia ser homologado, e que os árbitros não quiseram deixar o Benfica ganhar o "Penta" porque estavam sob pressão, quando toda a gente já está mais do que fartinha de saber que há pelo menos 2 anos para cá que o clube encarnado tem sido levado ao colinho por eles. Quem está habituado a viver de favores e só sabe ganhar à conta disso, depois estranha quando os mesmos cessam de acontecer e acaba sempre por dar nesta paródia desconcertante e humilhante de quem nunca soube perder...

Sem comentários:

Enviar um comentário

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."