09/05/2018

Haja alegria, disposição e boa música...

Vi ontem a 1ª Semi-Final do Festival Eurovisão da Canção 2018, que este ano se realiza no Altice Arena, em Lisboa, graças à vitória de Portugal conquistada no ano passado pelo nosso mui amado Salvador Sobral, e confesso que fiquei deveras impressionado com aquilo que vi. Não sei se os países participantes ficaram injuriados com a vitória do nosso "baladeiro" português ou se sentiram o seu apelo quando pediu que a música fosse feita com menos fogo de artificio e viesse essencialmente do coração, mas já fazia algum tempo que não via tanta qualidade reunida num único espectáculo. Foi tão abundante que, confesso, pela 1ª vez na minha vida de "Festivaleiro" não consegui eleger uma música preferida. E ainda só vimos a 1ª parte deste certame, vejam lá. Fico curioso de saber que outras surpresas estão a ser reservadas e como vai decorrer a 2ª Semi-Final que vai realizar-se amanhã dia 10 de Maio. Se a 2ª parte for tão boa como a 1ª...tenho a certeza que vou sentir-me encantado e ficarei com grandes expectativas para o que vai suceder na grande final (Sábado 12 de Maio). De um modo geral gostei dos trabalhos todos apresentados pelos 10 finalistas que conseguiram passar ontem para a fase seguinte, com especial destaque para as músicas de Israel, Chipre, Finlândia, e Estonia, das quais, na minha opinião, uma delas irá ser a grande vencedora deste festival, mas confesso que fiquei bastante surpreendido (e porque não dizer decepcionado) de ver a Grécia e a Bielorrússia ficarem para trás. A Bielorrússia ainda consigo compreender porque nos inícios da música o cantor acusou algum nervosismo e desafinou algumas notas, mas a Grécia...simplesmente imperdoável a maldade que lhe fizeram. A sua música para mim era um assombro. Mas lá está, numa outra altura se calhar estes dois teriam passado facilmente mas como este ano houve demasiada qualidade nesta primeira semi-final, acabaram por pagar o preço de serem apenas boas músicas e não acompanharem as apetências dos mais jovens que adoram ver grandes fogos de artifícios em palco. Entre bons, não basta sermos bons, se quisermos brilhar temos que ser excelentes.
Vou publicar em seguida um video que encontrei no You Tube com todas as músicas que participaram nesta 1ª gala, para que possam também decidir se acharam que houve justiça na votação do público...


Os primeiros dez finalistas do Festival Eurovisão da Canção 2018 são:

Áustria
Estónia
Chipre
Lituânia
Israel
República Checa
Bulgária
Albânia
Finlândia
Irlanda

2 comentários:

  1. Bom, os meus gostos devem andar avariados. Não gosto da música de Israel. Mais ainda, só gostei, de facto, de uma música. Precisamente aquela que foi a grande surpresa da noite ao ser apurada. Irlanda.

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Foi uma noite de boa musica, tb gostei muito desta 1ª parte do festival
    Abraço
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."