Seguidores

07 agosto, 2017

Os azares da vida...

Dizem que quem tem sorte ao jogo, tem azar no amor...e eu sou a prova viva de como isso é verdade. Como sou um tipo que tem imensa sorte no campo do amor, no passado tive a grande infelicidade de vir a conhecer o chamado "reverso da medalha". Foi em finais de 2014, numa semana em que havia em jogo um jackpot a rondar os 3,2 milhões de Euros no Totoloto, e o meu "azar ao jogo" traduziu-se da forma que se segue nestas imagens...

Foto de Francisco o Pensador.Foto de Francisco o Pensador.

Mas isso até nem foi nada comparado com aquilo que me aconteceu 2 ou 3 anos antes quando consegui a (inédita?) proeza de acertar nos 6 primeiros números do JOKER e falhar o último que, em vez do 5...tinha jogado o 4...(não guardei fotos porque nessa altura ainda não tinha telemóvel).
Se tivesse acertado nos seis últimos e falhado o primeiro, teria recebido uma pipa de massa e já tinha fugido para o Brasil, mas não, tinha que ser o contrário que não dá direito a receber prémio nenhum. Esta minha mania de ser capaz de fazer sempre o impossível...
O que vale é que, tanto nesse dia como no outro, o sexo com a minha mulher foi maravilhoso o que acaba por atenuar de certa forma estas péssimas recordações. O amor é muito bonito mas está visto que custa bastante caro, mas estando ao lado da minha "chérie" é um preço que eu estou disposto a pagar com todo o gosto. :)

4 comentários:

  1. Ahahahah.

    Pois eu tenho uma chave fixa que uso quer para o totoloto quer para o euromilhões e direi que acertei no 12 e no 30 e nos restantes fiquei exatamente ao lado.

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tu? Bem...espero que também tenhas sorte no amor pelo menos.. :)

      Eliminar
  2. Tem de conformar-se, Pensador...não se pode ter sorte em tudo.
    Ter um amor verdadeiro, é sempre melhor do que ter muito dinheiro. :)
    Olhe, rimou e é verdade, não é poesia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita, já me conformei e nem sequer posso dizer que esteja triste com a minha sorte. Na verdade acho que até sai beneficiado. Sinto-me verdadeiramente amado pela minha mulher e não há dinheiro nenhum no mundo que consiga comprar essa sensação. Na altura, se tivesse ganho os 3,2 milhões de euros, se calhar a esta hora já estaríamos divorciados. O dinheiro é bom para algumas coisas da vida mas no campo do amor ele age como um buraco negro no espaço. Suga tudo e mata tudo à sua volta. Julgamos não precisar de ninguém e quando damos por ela estamos sozinhos...

      Eliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."