10 agosto, 2017

Los pantalones de la discordia ...

Socorrista en la playa de San Lorenzo
Imagem da Net

Das terras de nuestros hermanos chegam-nos noticias fascinantes e deveras rocambolescas, como aquela que nos dá conta de que o Departamento de Resgate da Câmara Municipal de Gijón pediu às mulheres que compõe a equipa de socorristas que fazem a vigilância da praia de S. Lourenço que passassem a usar as calças oficiais do uniforme em vez do normalississimo fato de banho que tem usado desde o inicio do verão a fim de tapar as nádegas que costumam ficar à mostra e acabar com os comentários machistas/sexistas que alguns palermas se lembraram de lançar nas redes sociais. Consta-se ainda que alguns Internautas chegaram mesmo a criar um fórum chamado "Forocoches" no qual partilham algumas imagens e encorajam as pessoas a procurar mais informações sobre as trabalhadoras. Meus amigos considero que este mundo perdeu completamente o juízo. Mas tanto para um lado como para o outro. Primeiro acho simplesmente asqueroso que haja gente que se divirta a invadir, e expor na Internet, de uma forma tão devassa e abusada (e porque não dizer psicopata), a vida das pessoas numa clara e manifesta falta de respeito pelos seus direitos, segurança e liberdade. Em seguida, não acho menos asqueroso que os "eruditos" da câmara de Gijón tenham que pedir às "meninas" para taparem-se porque existe nas redondezas alguns "meninos" que parecem não saber controlar-se. Uma parvoíce desnecessária e inexplicável sobretudo quando atendemos ao facto de haver nesta praia centenas ou milhares de banhistas que fazem Topless diariamente e andam com fatos-de banho-fio-dental tão curtos que quase dá para ver o olho do cu de muitas delas. É verdade que o machismo é uma praga (apenas sintomática de gente triste, ordinária, depravada e mentalmente atrasada) e devia ser banido definitivamente da sociedade mas será errado da minha parte achar que o pior machismo de todos é pedir às mulheres que se tapem a fim de evitar comentários sexistas? E a liberdade delas, será que alguém se importa com isso ou sabe sequer o que isso é?

4 comentários:

  1. Neste caso, os eruditos estão apenas a validar de forma pateta o trabalho dos badalhocos... em vez de os criminalizarem, ainda parece que os ajudam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. S*, foi precisamente essa a conclusão a que cheguei. Com o pretexto de de combater uma ideia esses ditos eruditos acabaram por promovê-la...
      Tudo isto é surreal!

      Eliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."