29 abril, 2018

La justicia machista...

Imagem da Net

Primeiro a humanidade tomou contacto com o "Ménage a Um", por ser a técnica de relaxamento mais difundida no mundo inteiro e também comummente conhecida por "Prazer solitário" ou técnica do "Toca-o-bicho". Depois a Argentina deu a conhecer o "Ménage a Dois", porque seja nas pistas de dança, nas relações amorosas como em tudo o resto na vida sempre foram precisos dois para poder se dançar o Tango. Mais tarde a França sacudiu o mundo com o "Ménage a Três", porque uma vida por vezes ganha mais significado se receber um bocadinho mais de aventura, ousadia, atrevimento e uma pitada de frisson. Mais tarde ainda, foi a vez da América apresentar o seu "Ménage a Quatro", um conceito sexual poligâmico e poliglótico também conhecido por "Poliamor", ou sexo entre pelo menos dois casais, porque toda a palavra que leva o termo "Amor" no final não só corre menos riscos de ser censurável como parecerá também menos condenável. E agora, por fim, na Espanha, país inventor da punheta espanhola e candidato ao prémio Nobel do Forrobodó, ficamos a saber que quando uma manada de 5 jovens delinquentes se lembrar de violar uma mulher indefesa isso já não constitui um crime de violação punível com 20 anos de prisão. Não meus amigos, como agora somos uma sociedade mais informada e evoluída, isso agora passou a ser conhecido por "Ménage a Cinco"...e para alguns juízes muito respeitáveis e amigos da comunidade, também é facilmente confundido com técnicas de prazer e relaxamento...

Agora já percebo porque razão muitas Paellas já começaram a ser servidas com salsichas e o Gaspacho é feito com tomates inteiros bem maduros. Uns verdadeiros tarados estes espanhóis...

Sem comentários:

Enviar um comentário

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."