22 outubro, 2008

Ai meu Deus que aflição!!!

Já há muito que não falava desta mulher.
Manuela Ferreira Leite sofreu a sua primeira grande derrota enquanto líder do maior partido de oposição de Portugal, vulgo PSD (Outras se seguirão, naturalmente...), conquistando um resultado considerado por muitos como "medíocre", nas recentes eleições realizadas nos Açores (Ganhas pelo PS com 20% de diferença sobre o PSD, mas que também viu mais uma vez, a abstenção sair como a grande vencedora da noite!), criando desse modo, uma antevisão mais concreta do que poderá vir a acontecer também em 2009, quando forem realizadas as próximas legislativas para a Assembleia da República.

Perante este cenário, Manuela Ferreira Leite tentou reagir com naturalidade mas não conseguiu disfarçar a sua tristeza.
A sua liderança, por aquilo que me dá a perceber, está cada vez mais a ser posta em causa e poderá mesmo ter ficado ferida de morte dentro do seio desse Partido, após a conquista destes péssimos resultados.
Creio que nesta altura, ela beneficiará do facto de já ser muito tarde para novas mudanças, caso contrário já teria sido retirada há muito da sua função.

A minha opinião já é conhecida por todos. Manuela não tem perfil para poder ser considerada uma alternativa credível ao poder.
Ainda não há muito tempo, perante as criticas que lhe foram dirigidas e num gesto pouco entendido pelos analistas, declarou em Bruxelas à agência Lusa de que o "Partido é uma equipa e não deve falar apenas o presidente".

Pergunto, é esta a mulher que se diz capaz de conduzir os destinos do nosso querido Portugal??
É esta a alternativa mais sonante para a função de 1º Ministro?
Francamente... as eleições ainda nem sequer estão à porta e esta mulher já anda a implorar ajuda aos restantes membros do seu partido? Do partido que dirige!?

Como não tem ideias próprias (A não ser os 7% de inflação que nos deixou quando foi ministra das finanças), nem opiniões relevantes que possam ser aproveitadas pela humanidade, ou ainda, arrisco-me também a dizer que poderá ter algum medo de deixar escapar outra cagada como aquela da " Família servir apenas para procriar", que fez rir Portugal inteiro e afundou-a no ridículo...anda agora a pedir ajuda aos outros. Sinceramente não sei o que esta mulher pensa valer, ou fazer!, mas o que é certo é que nunca vi uma líder partidária, com as responsabilidades que lhe são inerentes, implorar ajuda a outros componentes do seu partido, no sentido de falarem um pouco mais em vez dela.

Ela até nem pensa mal, a táctica já é antiga e bem conhecida por todos. Desta forma...quando os outros começarem a dizer asneiras, já ninguém irá reparar tanto nas cagadas dela!
Além de lhe conceder algumas possibilidades de ganhar algum protagonismo, aquando tiver que meter ordem nas tropas, e poder ficar com alguns bodes expiatórios para matar quando for preciso desviar as atenções. Ou por outras palavras, ter carne para canhão!
Só que por ser uma táctica já velha e gasta, de tantas vezes que foi utilizada, já ninguém cai nessa...
Se pretende sobreviver, Manuela vai ter mesmo que inventar outra!

4 comentários:

  1. Tem que ser uma alternativa sonante ? (de preferência gritante como Sócrates?) lol

    ResponderEliminar
  2. Tinta, A Manuela nem que metesse sinos à volta da cabeça dela conseguia ser sonante!
    Olha...já nem peço tanto.
    Já me contento se for apenas uma alternativa. Mas que seja carago!
    Bjs

    Ni, Eu ainda não virei Gay para poder dizer isso...
    :-)
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Mal eleita pelo PSD. Pouca garra.
    Tem de ser homem de preferência e corrupto. lol

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."