24 outubro, 2008

Por mais que seja levado(a) a pensar o contrário, durante todo o Post, estou apenas a falar de gravatas...

O Requiem quis mostrar-nos a dele, mas agora, após ganhar muita coragem, lá me decidi também a mostrar a minha...
Ora aqui está ela de fora!!




Então? Que tal? Qual é a melhor, a minha ou a dele?
E qual vos parece maior?? Ou mais comprida???
A minha não vos parece ser muito mais bonita???

Sejam Francos!...hehehehe



9 comentários:

  1. Queres guerra? É isso?

    Não perdes pela demora...dá-me 5 minutos e passa lá pelo tasco...

    ResponderEliminar
  2. ahahahah lindo! uma guerra de gravatas!!!:P:P

    ResponderEliminar
  3. Isto é pergunta só para meninas, certo?! HAHAHAHA

    ResponderEliminar
  4. Não me pronuncio para não ferir susceptibilidades.

    :-)

    ResponderEliminar
  5. ola :)
    do que eles se lembraram...
    as gravatas são mt semelhantes... só varia o tom. são as duas giras :P

    ResponderEliminar
  6. Isto está a ficar interessante. Parece um capítulo da National Geographic!
    Vá lá rapazes, mostrem às meninas quem tem as penas mais bonitas ! lol

    ResponderEliminar
  7. As camisas de botão no colarinho não são para usar com gravata.

    ResponderEliminar
  8. Pois não...mas eu nem quis ir por aí... :)

    ResponderEliminar
  9. Bem, uma vez que já toda a gente conhece o desfecho disto, gostaria de apenas de responder (com a vossa compreensão)a um só comentário.

    Provocação, Pois não. Tens razão!...são para usar com laçarote. Mas também, que queres? Geralmente, aquele que tem a mais comprida também costuma ser o mais burro da zona...hahaha
    (Ps: Sim, ainda estou a falar de gravatas!)
    Sê bem vinda e volta sempre que queiras!
    :-)

    ResponderEliminar

A frase mais estúpida que poderá ser dita aqui é: "Para Pensador pensas pouco..."
A mais inteligente é: "És tão lindo Pensador..."

Pensador vai às compras...

Sabem aquela sensação horrível que temos por vezes quando estamos na fila de um qualquer Hipermercado e estamos a modos que enervados, ...

Para recordar...